Quando tomar proteína?

Quando tomar proteína?

Saiba reconhecer as ocasiões mais importantes

Saber quando tomar proteína é fundamental para o seu treino. Conheça os momentos ideais para o fazer.

Cada vez mais é comum encontrar atletas a questionarem-se sobre quando tomar proteína.

O mundo desportivo parece incentivar a suplementação deste macronutriente como forma de aumentar o rendimento desportivo, mas é necessário identificar os casos em que uma ingestão superior de proteína é fundamental.

Descubra aqui se, na sua situação, é aconselhável ingerir uma quantidade superior de proteína e quais as melhores alturas do dia para o fazer.

As proteínas são macronutrientes com várias funções essenciais para o organismo, tais como a construção celular, a manutenção do músculo esquelético e sistema imunitário e a regeneração de tecidos, entre outras.

Posto isto, todos nós necessitamos de ingerir proteína e podemos fazê-lo através do consumo de alimentos como carne, peixe, ovos, leite e leguminosas, entre outros.


Quando tomar proteína - Necessidades do desportista


Proteína desportiste
Tudo para manter a forma
Tenha acesso às melhores dicas de nutrição! Receba já conteúdo exclusivo!


Grande parte da proteína armazenada no nosso corpo está localizada nos músculos, levando à conclusão que tomar proteína de forma correta é uma questão de extrema importância quando se é desportista.

Quando se fala no termo “desportista”, não é referente a quem joga futebol à sexta-feira à noite com os amigos ou faz caminhadas com as amigas ao domingo de manhã.

Não que este tipo exercício físico tenha menos valor que os restantes, mas porque não exige cuidados nutricionais adicionais.

Contudo, também não é refirente apenas a atletas profissionais.

Cientificamente falando, “desportista” é aquele que pratica exercício físico de forma regular, com objetivos definidos e que procura otimizar ao máximo a sua performance desportiva.

► Veja aqui a importância da proteina na performance desportiva

 

Quando tomar proteína - O momento certo do dia


Em primeiro lugar, o consumo de proteína deve ser regular ao longo do dia, estando presente em todas as refeições realizadas. Tendo em conta que o aconselhável é comer de 3 em 3 horas, então as fontes de proteína devem ser ingeridas aquando destas refeições.

Contudo, há dois momentos do dia em que tomar proteína é de extrema importância: antes e após o treino.
 

Quando tomar proteína - Antes do treino:

 
  • Disponibilização de aminoácidos após o exercício

Quando se toma proteína antes do treino, é possível criar uma acumulação de aminoácidos (moléculas que compõem as proteínas), que estarão com maior biodisponibilidade após e durante o treino, para serem utilizadas pelo músculo.
 
  • Queimar gordura de forma mais rápida

A proteína aumenta o gasto energético de repouso, que representa a energia necessária para o organismo desempenhar funções em momentos de inatividade, no dia após o treino. Deste modo, se há um maior gasto de energia, significa que o metabolismo está acelerado, que, por sua vez, cria um maior consumo das reservas de gordura.

 

Quando tomar proteína - Depois do treino:

 
  • Hipertrofia

Se o objetivo for a hipertrofia, ou seja, o aumento do volume dos músculos decorrente de estímulos gerados pelo exercício físico, quando tomar a proteína é um fator importante, sendo que a altura ideal é imediatamente após o exercício, para um melhor aproveitamento do macronutriente.
 
  • Recuperação muscular

Sendo que o exercício físico pode ser considerado como uma agressão para o organismo humano, é importante que a recuperação seja o mais completa possível. Deste modo, é essencial a toma de proteína após o treino para potenciar a síntese proteica e, consequentemente, a regeneração celular.

 
► Saiba mais sobre quando tomar proteína.


Concluindo, os estudos realizados levam a crer que é benéfico tomar proteína quando terminamos o exercício físico e antes de o iniciarmos, para um aumento e regeneração maior da massa muscular. Contudo, estas vantagens são apenas maiores se a proteína for tomada imediatamente antes e após o treino e não a horas distantes do mesmo.

Não se esqueça: a proteína não deve ser apenas tomada 2 vezes por dia, mas sim compartida ao longo de todas as refeições diárias. As quantidades irão depender das necessidades nutricionais de cada atleta e da intensidade do seu treino.

É importante relembrar que esta toma controlada e aumentada é apenas aplicável a desportistas de grande desgaste físico e com intensidades intensas de treino.


Saiba as melhores dicas para ficar em forma !

Veja também: