Psicoterapia: uma aliada para manter a saúde mental

A psicoterapia refere-se a uma variedade de tratamentos que podem ajudar com problemas de saúde mental, desafios emocionais e alguns distúrbios psiquiátricos.

Psicoterapia: uma aliada para manter a saúde mental
Costuma sentir-se demasiado sobrecarregado ao lidar com os seus problemas? Perceba como esta terapia o pode ajudar.

A psicoterapia está a tornar-se uma terapia cada vez mais aceite pelos portugueses. Clinicamente falando, a psicoterapia é uma forma de intervenção entre um psicoterapeuta treinado e o seu cliente, de forma a ajudá-lo a ultrapassar determinados problemas da vida. Não se deixe alarmar pelo termo médico, pois na realidade as sessões passam essencialmente por conversas com o seu terapeuta, onde poderá aprender mais sobre a sua condição e emoções, sentimentos, pensamentos e comportamentos.

A psicoterapia irá transmitir-lhe estratégias para o ajudar a aumentar o controlo da sua vida, bem como a responder de forma adequada aos desafios que surgirão no futuro.

Psicoterapia: benéfica para quem?


psicoterapia benefica para quem

A psicoterapia pode ser útil na intervenção de vários problemas de saúde mental, incluindo:

Plano de Saúde Grátis
Cuide da sua saúde. Obtenha consultas de clínica geral, medicina dentária e especialidade médicas gratuitas.Peça aqui o seu plano grátis.

  • Transtornos de ansiedade, como transtorno-obsessivo-compulsivo, fobias, ataques de pânico ou distúrbio de stress pós-traumático;
  • Transtornos de humor, como depressão ou transtorno bipolar;
  • Adições, como alcoolismo, dependência de drogas ou jogo compulsivo;
  • Distúrbios alimentares, como anorexia ou bulimia;
  • Distúrbios de personalidade, como transtorno de personalidade limítrofe (também conhecido como transtorno de personalidade emocionalmente instável, em que a pessoa assume um padrão de comportamento marcado pela impulsividade e instabilidade emotiva) ou transtorno de personalidade dependente;
  • Esquizofrenia ou outros distúrbios que causam distanciamento da realidade (distúrbios psicóticos).

Nem todos os que beneficiam da psicoterapia são diagnosticados com uma doença mental. A psicoterapia pode ajudar numa série de fatores de stress e conflitos que surgem na vida de qualquer pessoa. Pode ajudá-lo, por exemplo, a:

  • Resolver conflitos com o seu parceiro ou outra pessoa;
  • Aliviar a ansiedade ou stress devido ao trabalho ou outras situações da vida;
  • Lidar com grandes mudanças na vida, como o divórcio, a morte de algum ente querido, perda de um emprego, etc;
  • Aprender a gerir reações nocivas, como a raiva, o comportamento passivo-agressivo, etc;
  • Aprender a aceitar um problema de saúde física, como diabetes, cancro, etc;
  • Recuperar de uma situação de abuso físico ou sexual;
  • Lidar com problemas sexuais, sejam eles de origem física ou psicológica;
  • Dormir melhor.

 

Psicoterapia: o que esperar de uma sessão?


sessao de psicoterapia

Antes de começar as suas sessões certifique-se de que encontra um profissional compatível com as suas necessidades. Certifique-se de que o terapeuta escolhido atende aos requisitos de formação e licenciamento para o exercício da sua função. Obtenha referências através de um médico, do seu plano de saúde, um amigo ou outra fonte de confiança.

Antes da sua primeira sessão pense nas questões que gostaria de trabalhar. Certamente irá analisar este aspeto com o seu terapeuta, mas uma reflexão prévia acerca deste assunto poderá fornecer um bom ponto de partida. Deverá igualmente ter em conta o investimento monetário que será necessário realizar. Se tem um plano ou seguro de saúde perceba como é feita a cobertura das sessões. A realidade é que a psicoterapia exige mais um investimento mensal, contudo esteja consciente dos efeitos positivos que as mudanças terão em todas as dimensões da sua vida.

A primeira sessão

A maior parte das pessoas não se sente confortável ao falar da sua história pessoal com um “estranho”, por isso é normal que na primeira sessão se sinta mais nervoso ou receoso. Afinal está prestes a entrar numa viagem de autodescoberta, que nem sempre é fácil. Mas em vez de combater esses sentimentos é melhor aceitá-los como parte do processo, e isso ajudará a iniciar o processo psicoterapêutico de mudança pelo qual anseia.

As sessões duram em média 50 minutos, mas é expectável que a primeira seja um pouco mais longa. Será nesta primeira sessão que irá contar a sua história, o motivo da sua visita e delinear os objetivos da terapia.

Se o terapeuta acreditar que a medicação pode ser apropriada, ele irá recomendar-lhe que visite um psiquiatra, pois este é o único profissional que pode prescrever-lhe a medicação mais adequada para o seu caso.

Durante a psicoterapia

Fazer psicoterapia também exigirá de si em termos de tempo e disponibilidade mental. O seu terapeuta irá encorajá-lo a falar dos seus pensamentos, sentimentos e sobre o que o perturba. Não se preocupe se inicialmente tem dificuldade em fazê-lo. Com o tempo, e ajuda do terapeuta, ganhará mais confiança e conforto.

Tenha em conta que ao explorar sentimentos e experiências dolorosas, ao reconhecer a existência de problemas há muito negados, ao envolver-se em intensas discussões emocionais, pode despoletar reações como choro, tristeza, ou até mesmo uma explosão de raiva. Algumas pessoas poderão até sentir-se exaustas fisicamente depois de uma sessão. O seu terapeuta estará lá igualmente para o ajudar a lidar com essas emoções e reações.

Também poderá ter que realizar determinados “trabalhos de casa” – atividades ou práticas que se baseiam no que aprendeu durante as sessões. Ao longo do tempo falar sobre as suas preocupações pode ajudar a melhorar o seu humor, mudar a maneira como pensa e se sente, bem como a melhorar a capacidade de lidar com problemas.

É fundamental que perceba que a eficácia da terapia está intimamente ligada ao seu esforço e ao seu desejo de mudança. A psicoterapia, ao contrário de um tratamento médico em que assume um papel passivo, exige uma participação ativa da sua parte em todo o processo.

Cuide da sua saúde. Consiga aqui consultas de clínica geral, medicina dentária e especialidade médica gratuitas!

Veja também:

Ler mais
Ana Vicente Ana Vicente

Ana Vicente é fisioterapeuta, instrutora de pilates clínico e pós graduada em terapia assistida por animais no papel. Na realidade é apaixonada por pessoas, animais, palavras e pelas maravilhas da natureza. Motivada a deixar uma marca positiva no seu mundo e no dos outros, compromete-se a contribuir para o conhecimento e bem-estar das pessoas.