Ponto G: tudo o que precisa de saber

Ponto G: tudo o que precisa de saber

Onde está, como alcançar e as melhores posições sexuais

O ponto G pode aumentar o prazer sexual feminino e vamos dar-lhe todas as dicas para deixar a sua parceira ainda mais satisfeita.

O ponto G é caracterizado como uma zona erógena da vagina que, quando estimulada, pode conduzir a elevados níveis de excitação sexual, com intensos orgasmos e uma potencial ejaculação feminina.

Localiza-se acima da parte frontal da parede vaginal, entre a abertura vaginal e o canal da uretra, sendo que é uma área sensitiva da genitália feminina.

Este ponto de Gräfenberg, em referência ao ginecologista alemão Ernst Gräfenberg que o identificou, é uma área rugosa e fácil de reconhecer ao toque.

Proteja a sua saúde!
Receba conteúdos exclusivos e habilite-se a um check-up completo. Registe-se já!

O problema é que como ele não é constantemente estimulado, este ponto torna-se menos sensível com o passar do tempo, e somente o ato sexual poderá não ser suficiente para estimular adequadamente a região.

Por isso muitas mulheres dizem ter atingido o orgasmo apenas com a estimulação externa do clitóris e até “esquecem” que o ponto G existe.


Como encontrar o ponto G


ponto g
O ponto G, como qualquer área de prazer do corpo, deve ser encontrado primeiramente pela própria mulher.


1. Para a mulher

  • Deverá introduzir o dedo dentro da vagina e palpar a região da parede da frente, cerca de três centímetros dentro da vagina, onde encontrará uma região rugosa.
  • ​​Quanto à posição, é mais confortável que o faça enquanto deitada, mas pode ser em pé e até mesmo durante o banho.
 


2. Para o parceiro(a)

  • Pode estimular o ponto G através do toque: se a mulher estiver de barriga para cima é mais fácil.
  • Com a palma da mão para cima, basta introduzir o dedo indicador na vagina cerca de três centímetros para dentro.
  • A região é na parede vaginal de cima e sugere-se um movimento do dedo naquela específica área rugosa.
  • Nesse momento, a mulher poderá não ter tanto prazer devido caso o ponto G nunca tenha sido estimulado antes.


Aprender a estimular o ponto G


Após ter encontrado o ponto G, a mulher deve estimulá-lo periodicamente, com a periodicidade com que se sentir mais à vontade para explorar o seu próprio corpo.

Poderá fazê-lo com os dedos, utilizando vibradores, capas para dedos, géis térmicos ou outros acessórios que poderá encontrar em sex shops. 


1. Dedos

O mesmo dedo que usou para encontrar o ponto G, pode ser usado para estimulá-lo. Para isso é só fazer movimentos circulares.

Tenha cuidado com as unhas, para não criar nenhuma ferida e, para isso, há proteções próprias para os dedos, protegendo, assim, esta delicada zona. 
 
 


2. Vibradores

Há vibradores de todos os tipos, formas e tamanhos, sendo que o mais indicado para estimular o ponto G é o tipo bullet ou cápsula vibratória, por ser mais pequeno e curvado. 
 
 


3. Capas para dedos

Ao se tocar, tanto a mulher como o parceiro ou a parceira podem utilizar as capas para dedos que são capas de plástico tipo latex com várias texturas, facilmente encontradas em sex shops.
 
 


4. Gel térmico

O gel térmico, que aquece ou refresca, pode ser usado tanto sozinha como na relação sexual. O prazer obtido pela mudança de temperatura irá beneficiar o casal.
 

Ponto G: as melhores posições sexuais para estimular


posicoes


1. A posição mais clássica de todas, o missionário, não é tão aborrecida como parece, e quase sempre proporciona um orgasmo porque a forma como o pénis penetra na vagina permite a estimulação do ponto G, além de proporcionar o contato através de beijos e carícias em várias partes do corpo. 

 

2. A profunda, ou posição T, é uma das grandes melhores para estimular o ponto G, novamente devido à inclinação da penetração. Embora este movimento requeira que o homem tenha braços fortes e não permita beijos ou o tato, merece ser experimentada pois os resultados são realmente surpreendentes.

 

3. Habitualmente, os homens adoram a posição Doggystyle. E, na verdade, esta posição permite a fricção com a parede frontal vaginal permitindo, assim, estimular o ponto G.
 
 


4. Uma das posições menos praticadas mas de mais prazer para ambos é o Elefante, parecida com Doggystyle, mas ela deita-se de costas e com as pernas abertas elevando um pouco a zona pélvica enquanto ele a penetra por trás, estimulando o ponto G e roçando o clitóris com os movimentos do seu pénis.

Nesta posição, há a garantia de orgasmo para ela… E para ele também. 


Dicas


Se a sua parceira não conseguir alcançar o orgasmo facilmente, não se esqueça dos preliminares e de estimular o clitóris enquanto experimenta diferentes posições para alcançar o ponto G.

Lembre-se que a exploração, procura e comunicação é a chave de uma relação sexual bem sucedidade e prazerosa, por isso não tema em experimentar novas coisas.

Atreva-se!

Se a saúde é uma prioridade para si, clique aqui.

 

Veja também:

Artigos em destaque