Periodontite: causas, sintomas, tratamento e prevenção

A prolongada exposição dos tecidos que suportam o dente à placa bacteriana podem provocar a periodontite. Saiba tudo aqui!

Periodontite: causas, sintomas, tratamento e prevenção
Sabia que a periodontite provoca a queda das peças dentárias? Leia o artigo e saiba como se prevenir!

A periodontite é a inflamação e infecção  de todos os tecidos que suportam o dente (gengivas, ligamento e osso alveolar). Esta doença ocorre, normalmente, após a presença agravada de uma gengivite.

A periodontite é uma doença comum, porém perfeitamente possível de ser prevenida.

Causas da periodontite


gengivite e periodontite

A principal causa para o desenvolvimento da periodontite é a gengivite.

Plano de Saúde Grátis
Cuide da sua saúde. Obtenha consultas de clínica geral, medicina dentária e especialidade médicas gratuitas.Peça aqui o seu plano grátis.

Esta começa somente pela inflamação das gengivas que vão começando a reter mais placa bacteriana, pois a inflamação gengival dificulta a escovagem dentária devido à dor provocada e ao edema.

Esta acumulação de placa bacteriana, juntamente com a inflamação gengival, vai afectando e progredindo para os restantes tecidos, infeccionando-os e provocando assim a mobilidade dentária.

A periodontite é a principal causa de perda de dentes nos adultos, sendo que a sua prevalência nas crianças é quase nula.

Outras causas possíveis:

  • Predisposição genética;
  • Maus hábitos de higiene oral;
  • Tabaco;
  • Diabetes;
  • Idade avançada;
  • Diminuição da imunidade, como ocorre em doenças com leucemia, HIV, após sessões de quimioterapia;
  • Desnutrição;
  • Medicamentos;
  • Alterações hormonais relacionadas com a gravidez ou a menopausa;
  • Abuso de substâncias, como álcool e drogas;
  • Problemas dentários estruturais;
  • Problemas com a forma como os dentes se encaixam ao morder.

Sintomas da periodontite


mau hálito e periodontite
Conheça agora os sintomas da periodontite para, caso se identifique, recorrer à ajuda de um profissional.

  • Mau hálito;
  • Gengivas avermelhadas e com aspecto brilhante;
  • Gengivas que sangram com facilidade (principalmente durante a escovagem);
  • Gengivas sensíveis ao toque;
  • Gengivas com edema;
  • Mobilidade dentária;
  • Perda de dentes.

Tratamento da periodontite


 e periodontite

Os principais objectivos do tratamento da periodontite são: reduzir a inflamação, eliminar os bolsas (se houver) e tratar as causas subjacentes.

Superfícies ásperas dos dentes ou aparelhos dentários devem ser corrigidos caso exista suspeita de que estejam a facilitar a ocorrência da periodontite.

O seu médico dentista é que poderá avaliar o grau e o melhor tratamento a realizar em cada caso podendo ser:

  • Destartarização dentária (limpeza dentária);
  • Raspagem e alisamento radicular para evitar acumulação entre a superfície do dente e os tecidos;
  • Medicamentos tópicos à base de clorohexidina;
  • Medicamentos sistémicos: estes são indicados sempre pelo seu médico dentista. De forma alguma se auto-medique ou vá em contra ao que lhe foi diagnosticado e medicado.

Prevenção da periodontite


escovar os dentes e periodontite
Para prevenir o aparecimento desta inflamação, deve seguir as seguintes indicações:

  • Idas regulares ao seu médico dentista;
  • Destartarização dentária de acordo com a regularidade recomendada pelo seu dentista;
  • Use uma escova macia e a substitua pelo menos a cada três meses;
  • Escove os dentes no mínimo três vezes por dia sendo o ideal a seguir a cada refeição;
  • Usar o fio dentário diariamente;
  • Colutório oral (elixir) á base de clorohexidina para ajudar a reduzir a placa bacteriana entre os dentes.

Complicações possíveis


Após a cessação do tratamento dentário e devido a uma má higiene oral, podem surgir várias complicações, nomeadamente:

  • Infecção ou abcesso do tecido mole (celulite facial);
  • Infecção dos maxilares (osteomielite);
  • Reaparecimento da periodontite;
  • Abscesso dentário;
  • Perda do dente;
  • Rompimento ou movimento dos dentes.

Nota Importante


Todos os tratamentos efectuados serão de curto espaço de tempo mas de maneira alguma acabe com os cuidados dentários, estes sim terão de ser acompanhados para sempre!

Cuide da sua saúde. Consiga aqui consultas de clínica geral, medicina dentária e especialidade médica gratuitas!

Veja também:

Catarina Mota Catarina Mota

Catarina Mota é Mestre em Medicina Dentária pelo Instituto Superior de Ciências da Saúde do Norte, tendo ainda frequentado a Universidad Ciencias Medicas de Villa Clara em Cuba. Apaixonada pela profissão, dedica-se, sobretudo, às áreas de Ortodontia, Cirurgia Oral e Reabilitação Oral. Atualmente, a par da gerência da Clínica Médica e Dentária Dra. Catarina Mota, desempenha também funções no grupo Labmed Saúde.