Os 7 alimentos mais bizarros

Os 7 alimentos mais bizarros

Provavelmente nunca imaginou que pudessem ser servidos, mas são!

Algumas destas “iguarias” podem ser bizarras para si, mas em alguns locais do mundo são verdadeiros manjares. 
 

Antes de começarmos fica aqui um aviso importante: este texto não é para os “fracos de estômago”.

Da próxima que vez vir alguém comer algo que não aprecia, pense duas vezes antes de dizer “não sei como consegues comer isso!”. Lá porque não aprecia, não significa que não seja do agrado de outros. Basta ver pela lista de alimentos bem bizarros que lhe apresentamos já de seguida, alguns dos quais certamente nem fazia ideia que se comiam.

Consulta Gratuita de Nutrição
Faça a sua consulta gratuita de nutrição. Fale já com a nutricionista online!

7 Alimentos bizarros
 

1. Sannakji 


É Sannakji é um prato típico da cozinha coreana, composto pelo Nakji que é – nada mais, nada menos – que um pequeno polvo. Por norma são servidos os polvos inteiros ou partidos em pequenos pedaços (neste caso são servidos rapidamente aos clientes), temperado com óleo e sementes de sésamo. O grande atrativo deste prato é que os tentáculos ainda se mexem na hora de comer (sim, leu bem, os tentáculos do polvo estão a contorcer-se no seu prato). Uma dica muito importante é que os tentáculos devem ser muito bem mastigados, para evitar que as ventosas (ainda ativas) se colem na língua ou garganta de quem se está a deliciar com esta iguaria. 
 

2. Costela de Adão



A Costela de Adão é uma planta ornamental que muitos certamente conhecerão, mas o que poucos sabem é que esta planta produz um fruto (com o mesmo nome) e com um sabor que se assemelha a uma mistura entre banana e ananás. Bizarro sim, mas nem parece muito mau, pois não?
 

3. Haggis


De forma simples (e resumida), este prato escocês é uma espécie de salsicha. A particularidade é feita com o coração, fígado e pulmão de ovelha, misturado com cebola, farinha de aveia, especiarias e carne. Esta mistura é colocada no estômago da ovelha e depois cozinhada. Um pouco por toda a europa existem outros pratos que se assemelham ao Haggis.
 

4. Ouriços-do-mar




Aqui está uma iguaria consumida um pouco por todo o mundo. Há quem os coma crus (em sushi, existem mesmo restaurantes especializados), com molhos ou diretamente do mar. Mas atenção: necessita de um utensilio adequado para conseguir abrir os ouriços-do-mar e retirar a parte comestível, sem se picar.
 

5. Ostras Rocky Mountain


Não se deixe enganar pelo nome, porque de ostras este alimento não tem nada. As Ostras Rocky Mountain são oriundas dos Estados Unidos da América (EUA) e consistem em testículos de touro fritos.
 

6. Fugu



Uma iguaria da cozinha japonesa que talvez conheça por outro nome: peixe-balão. A parte curiosa é que se trata de um peixe altamente venenoso (e mortal), com exceção de uma pequena parte. A sua preparação deve ser feita com o peixe ainda vivo para retirar todas as partes que possuem a toxina venenosa e evitar a contaminação do restante (e consequente envenenamento do comensal). E então, arriscava?
 

7. Larva Witchetty


Desta feita, o petisco chega da Austrália. Trata-se de uma larva de borboleta (isso mesmo!), que pode ser comida crua ou cozinhada. Um prato que não será para todos! 

 

Veja também: