Óleo de coco para cozinhar: como usar?

Óleo de coco para cozinhar: como usar?

Descubra mais sobre o óleo de coco e as suas possíveis aplicações.

É um óleo vegetal polémico que não reúne consenso na comunidade científica. Ainda assim, saiba de que maneiras pode usar óleo de coco para cozinhar. 
 

O óleo de coco tem ganho popularidade nos últimos tempos. Contudo, existe bastante polémica e pouco consenso relativamente aos possíveis benefícios do óleo de coco para cozinhar e na alimentação. 

É um óleo de origem vegetal extraído do coco e pode ser refinado, feito a partir do coco seco, ou extravirgem, obtido com o fruto fresco.

É rico em vitaminas (do complexo B, vitamina E e vitamina K) e minerais (como o ferro, potássio, magnésio ou zinco).
 

Óleo de coco: bom ou mau?


Esta é uma questão pertinente considerando o teor elevado de gorduras saturadas deste óleo (mais de 85%), ou seja, aquele tipo de gorduras que são frequentemente associadas ao aumento do colesterol e de doenças cardiovasculares. 
Tudo para manter a forma
Tenha acesso às melhores dicas de nutrição! Receba já conteúdo exclusivo!

Um dos argumentos utilizados a favor deste óleo passa pelo facto de possuir ácidos gordos de cadeia média (8-12 carbonos) na sua composição, que são um tipo de ácidos gordos que parecem ter efeitos interessantes na questão da gestão do peso corporal. Contudo, a presença deste composto representa apenas entre 11-20% da composição deste óleo. 

A evidência científica que sustenta os benefícios do óleo de coco é reduzida e pouco consistente, sendo, deste modo, necessário a realização de mais estudos em humanos, nomeadamente no que diz respeito à saúde cardiovascular, composição corporal e perfil lipídico.

Apesar do pouco consenso no que diz respeito à utilização do óleo de coco para cozinhar, este óleo possui outros benefícios que vão além da alimentação, sendo amplamente usado no mundo da cosmética e com várias aplicações, nomeadamente a nível da pele e cabelo. Pode ver alguns dos benefícios associados ao óleo de coco aqui.



Tipos de óleo de coco


É importante saber que pode comprar óleo de coco extravirgem ou refinado. O primeiro tem um aroma e sabor a coco mais pronunciado, ideal para apreciadores de coco. O refinado não possui um sabor tão característico e aguenta temperaturas mais elevadas sem perder as propriedades do que a versão extravirgem.

Pode utilizar o óleo de coco de diversas formas, em substituição de outras fontes de gordura (grande parte das receitas podem ser adaptadas, basta substituir a fonte de gordura original da receita por óleo de coco).

 

Óleo de coco para cozinhar – 4 possíveis utilizações


salteado de frango
Se chegou ao ponto em que já considerou todos os pros e contras do óleo de coco e decidiu incorporá-lo na sua alimentação, certamente agora quer saber como o pode fazer.



1. Refogados, grelhados e salteados

Em vez do azeite em refogados, grelhados e salteados - experimente, por exemplo, fazer um salteado de tirinhas de frango com mistura de legumes e acompanhar com um arroz branco. Fica delicioso e dá um toque diferente a uma refeição super simples.
 

2. Sobremesas

Em substituição da manteiga em receitas de sobremesas e pastelaria por óleo de coco: há quem faça a substituição de 1:1, ou seja, utilize as mesmas quantidades de óleo de coco que utilizaria de manteiga. Contudo, há quem defenda que é apenas necessário utilizar apenas 75% da quantidade que seria necessário de manteiga quando se opta por óleo de coco.
 

3. Lanches

Utilize para dar um gosto suave a coco a refeições leves como iogurtes, sumos ou batidos. Mais, se é fã de granola e costuma fazê-la em casa, pode ainda optar por utilizar o óleo de coco na sua receita caseira (em vez de azeite ou óleo, ou mesmo em vez do mel considerando o sabor ligeiramente doce que tem!
 

4. Saladas

Use-o na finalização de pratos quentes de peixe ou carne ou como tempero de saladas.
 

Estas são algumas das possíveis utilizações possíveis do óleo de coco para cozinhar. Contudo, tenha sempre atenção a que está a utilizar uma gordura e que, como todas as outras, deve ser usada com moderação - tente não ultrapassar uma colher média de sopa por dia.

Nota: também, que a ingestão de óleo de coco em excesso podem levar ao aumento do colesterol, a sintomas do foro gastrointestinal, como diarreia e ainda ao aumento de peso.

Saiba as melhores dicas para ficar em forma !

 

Veja também: