Como pode ser identificado o Nistagmo

O nistagmo é um reflexo fisiológico responsável pela estabilização da imagem. No entanto, existem várias causas que podem fazer com que este se torne patológico.

Como pode ser identificado o Nistagmo
Este problema provoca movimentos involuntários dos olhos.

nistagmo é uma doença oftalmológica que se caracteriza por oscilações involuntárias e repetidas do globo ocular. Estas oscilações podem ocorrer de maneira horizontal (de um lado para o outro), vertical (de cima para baixo, ou vice-versa) ou circular (movimentos circulares). Este problema tem impacto na visão do indivíduo afetado, uma vez que debilita a sua capacidade de focar as imagens.

Em situações normais, este é um reflexo fisiológico que tem como objetivo a estabilização da imagem. No entanto, pode tornar-se um problema patológico que tem na sua origem diversas causas.

O que é o nistagmo?


nistagmo

O nistagmo consiste em oscilações involuntárias, rítmicas e repetidas de um ou ambos os olhos. Estes movimentos podem ocorrer no sentido horizontal, vertical ou circular podendo tornar difícil a focalização das imagens, principalmente ao longe.

Como reflexo fisiológico, este fenómeno ocorre durante a rotação da cabeça, para estabilização da imagem. Por outras palavras, a cabeça roda, mas os olhos não. Este reflexo fisiológico divide-se em duas fases: lenta e rápida. A fase lenta compensa a rotação da cabeça enquanto que a fase rápida tem o objetivo de reposicionar o movimento do olho, mantendo-o centrado na órbita.

Este reflexo torna-se patológico quando os movimentos oculares ocorrem mesmo quando a cabeça está parada.

No nistagmo patológico, são produzidos movimentos lentos para o lado direito e rápidos para a esquerda, na consequência de uma irritação do labirinto esquerdo. Por outro lado, se ocorrer uma alteração do labirinto direito os movimentos ocorrem no sentido inverso.

Este problema é facilmente percebido pelas outras pessoas, enquanto que, em casos ligeiros, dificilmente são sentidos pelo próprio.

Quais são as suas causas do nistagmo?


deficiencia em vitamina B12

O nistagmo fisiológico é simplesmente o processo que faz o ajuste dos olhos para a visão. No entanto, quando se torna patológico pode prejudicar a fixação e a eficácia da visão, principalmente na visão ao longe.

No caso de origens patológicas, os olhos movimentam-se em primeiro lugar na direção do lado afetado (fase lenta), fazendo de seguida uma rápida correção para o lado contrário (fase rápida).

Esta doença ocular pode ter várias causas:

  • Uso de certos medicamentos;
  • Consumo excessivo de álcool;
  • Deficiência de vitamina B12;
  • Traumatismos cranianos;
  • Labirintites;
  • Maculopatias;
  • Albinismo;
  • Patologias neurológicas.

Também existe a forma congénita da doença. Esta forma geralmente é ligeira e não é perceptível pelo próprio. Pode ter como origem um defeito ocular ou uma alteração da comunicação entre o olho e o cérebro.

Como é feito o diagnóstico do nistagmo?


exame medico oftalmologico

O nistagmo é facilmente perceptível através da observação. Contudo, pode ser feita a investigação clínica através da chamada prova calórica. Neste exame médico é irrigado um dos meatos auditivos com água quente ou fria. A variação de temperatura provoca a estimulação do nervo vestíbulo-coclear, produzindo os movimentos oculares involuntários.

Também podem ser utilizados métodos não invasivos para estimular o nistagmo, como a utilização de cadeiras específicas que giram e balançam.

Para investigar as causas deste problema também pode ser necessária a realização de ressonância magnética ou tomografia computarizada.

Como se trata o nistagmo?


aplicacao de lentes de contacto

A maior parte dos casos de nistagmo congénito não tem tratamento possível. No entanto, várias medidas podem ser tomadas para melhorar a visão dos indivíduos afetados. Segundo a orientação do médico, podem ser utilizados vários métodos: oclusão alternada dos olhos, utilização de prismas, substituição dos óculos por lentes de contacto ou através da utilização de medicamentos.

O tratamento do nistagmo adquirido é feito de acordo com o problema que está na sua origem. Se a sua causa é a administração de determinados medicamentos ou infeções, o problema normalmente desaparece assim que a sua causa cessa.

Nos casos em que existe maior gravidade, pode ser realizado tratamento cirúrgico com o objetivo de melhorar a eficácia visual do indivíduo.

Veja também:

Isabel Silva Isabel Silva

Isabel Silva é enfermeira por paixão, licenciada pela Escola Superior de Enfermagem do Porto. Sempre quis seguir a área da saúde e acredita que a informação é uma ferramenta essencial para a saúde da população, e que cabe aos profissionais de saúde transmiti-la de forma relevante e fidedigna para que cada indivíduo seja capaz de tomar decisões importantes relativamente à sua saúde e ao seu bem-estar.