Miopia tem cura: será realmente verdade?

Apesar da sua prevalência será que a miopia tem cura? Este é um defeito visual que limita a qualidade de vida e é importante perceber as opções que existem.

Miopia tem cura: será realmente verdade?
A miopia é um dos defeitos visuais mais frequentes.

Visão turva quando se olha para objetos distantes, necessidade de semicerrar os olhos para tornar os objetos mais nítidos, dores de cabeça causadas pela fadiga ocular, dificuldade em conduzir, especialmente à noite. De facto, a qualidade de vida das pessoas pode encontrar-se bastante comprometida. Mas será que a miopia tem cura?

Como surge a miopia?


miopia tem cura e homem a fazer teste oftalmologico

Antes de perceber se a miopia tem cura é importante perceber o mecanismo que leva a este defeito visual.

Plano de Saúde Grátis
Cuide da sua saúde. Obtenha consultas de clínica geral, medicina dentária e especialidade médicas gratuitas.Peça aqui o seu plano grátis.

Geralmente a miopia ocorre, pois, o globo ocular encontra-se demasiado longo ou a córnea (parte anterior e transparente do globo ocular) apresenta uma curvatura assimétrica. Estes defeitos irão causar um erro refratário, em que a luz é focada à frente da retina e não sobre esta (a retina é a estrutura responsável pela transformação do estímulo luminoso num estímulo nervoso).

Normalmente, a miopia surge em crianças que se encontram na idade escolar. Como o olho continua a crescer durante a infância, geralmente progride até cerca dos 20 anos de idade. No entanto, a miopia também se pode desenvolver em adultos devido ao stress visual ou a condições de saúde, como a diabetes.

Miopia: opções de tratamento


cirurgia ocular

Na realidade não se pode afirmar que a miopia tem cura. No entanto existem meios que permitem corrigir a miopia. Quando o seu diagnóstico é corretamente realizado e existe um bom acompanhamento, é possível melhorar a qualidade de vida destas pessoas com estes meios corretivos.

Estas opções corretivas passam pelo uso de óculos, lentes de contato ou, quando a pessoa se encontra elegível para, cirurgia refrativa. Para a maioria das pessoas com miopia, os óculos são a principal escolha para a correção. A sua utilização depende do grau da miopia. Determinadas pessoas só precisam usar os óculos para determinadas atividades, como ler e conduzir, enquanto outras pessoas precisam de utilizá-los sempre.

Outras pessoas preferem as lentes de contato, pois oferecem uma visão mais clara e um campo de visão mais amplo do que os óculos. No entanto, uma vez que as lentes de contato são usadas diretamente nos olhos, é necessário redobrar os cuidados para proteger a saúde dos olhos. E uma vez que a miopia esteja estabilizada, normalmente depois dos 20 anos, a cirurgia refrativa é uma boa opção para corrigir este defeito.

Os tipos mais comuns de cirurgia refrativa são a cirurgia LASIK e a cirurgia PRK. Ambas são guiadas por laser e têm como finalidade mudar a forma da córnea, de modo a permitir uma melhor focagem da luz na retina.

A cirurgia LASIK é a técnica mais utilizada. É um procedimento relativamente rápido e indolor, que exige apenas a aplicação de uma anestesia tópica sob a forma de gotas. Também pode ser realizada quando miopia e astigmatismo existem em conjunto. Mas a cirurgia acarreta sempre alguns riscos, portanto cada caso deve ser avaliado minuciosamente de forma a escolher-se o melhor método de correção e, assim, garantir a segurança necessária para a realização do procedimento. Alguns critérios deverão estar reunidos:

  • Ausência de doenças que impeçam a cirurgia;
  • Miopia estabilizada e idade superior a 20 anos;
  • Retina sem danos estruturais;
  • Não exceder as 8 dioptrias (forma de medir o grau da miopia);
  • Pressão intra-ocular estabilizada;
  • Córnea deverá possuir a espessura necessária para a realização do procedimento.

Nos casos em que existe um elevado grau de miopia ou quando as córneas são muito finas para a realização de cirurgia com laser, outro procedimento pode ser adotado. Pequenas lentes com a correção ótica desejada para os seus olhos podem ser implantadas pelo cirurgião.

Considerações finais


Apesar de não se poder dizer que a miopia tem cura, nos casos que reúnam as condições necessárias, a cirurgia pode representar a melhor opção para restituir a qualidade de vida das pessoas com miopia altamente avançada. Nestes casos um acompanhamento específico é essencial para assegurar a eficácia do procedimento.

Apesar de a miopia não ter cura, deverá igualmente ter em atenção alguns aspetos para prevenir o seu avanço:

  • Fazer exames com regularidade;
  • Controlar a tensão arterial e os níveis de açúcar no sangue;
  • Proteger os olhos do sol;
  • Não fumar;
  • Manter uma alimentação saudável;
  • Assegurar-se que utiliza os óculos adequados para o seu caso.

Cuide da sua saúde. Consiga aqui consultas de clínica geral, medicina dentária e especialidade médica gratuitas!

Veja também:

Ler mais
Ana Vicente Ana Vicente

Ana Vicente é fisioterapeuta, instrutora de pilates clínico e pós graduada em terapia assistida por animais no papel. Na realidade é apaixonada por pessoas, animais, palavras e pelas maravilhas da natureza. Motivada a deixar uma marca positiva no seu mundo e no dos outros, compromete-se a contribuir para o conhecimento e bem-estar das pessoas.