Meditação: alcance a sua paz interior

Meditação: alcance a sua paz interior

As vantagens e as dicas para começar.

Qualquer pessoa pode praticar meditação e os benefícios que esta prática trazem para a sua vida estão provados pela ciência. Saiba como começar.

A meditação é uma excelente forma de acalmar e encontrar o equilíbrio perfeito entre o corpo e  a mente. Nos dias agitados que vivemos, com excesso de trabalho, uma vida apressada e muito stress em cima dos ombros, é cada vez mais importante, parar alguns minutos para alinhar os pensamentos, esvaziar a mente e serenar. 


12 Vantagens da meditação na sua vida


 

1. Conhecimento

A meditação é uma ferramenta poderosa para promover uma mudança na sua vida, no encontro da sua verdadeira identidade e do conhecimento de si mesmo.

 

2. Foco

A meditação ajuda-o a focar, promove a concentração, a suaviza a mente, tranquiliza e reduz as preocupações.

 

3. Compreensão

Melhora a sua compreensão para acontecimentos no mundo que o rodeia, alheios ou não à sua vontade. Assim como, ajuda a compreender as suas próprias atitudes.

 

4. Confiança 

A meditação dá confiança e afasta o medo, a preguiça e a tristeza. Afasta a inveja, o ódio e o orgulho da sua vida.

 

5. Outras vantagens 

Além das vantagens acima, vários estudos científicos asseguram que a meditação:
 
Proteja a sua saúde!
Receba conteúdos exclusivos e habilite-se a um check-up completo. Registe-se já!
   

9 Dicas infalíveis para começar a meditar 


 

1. A melhor hora 

A melhor hora para meditar é pela manhã, o mais cedo possível, quando a casa estiver tranquila, para facilitar o processo. No entanto, para começar, encontre o horário que melhor se adequa às suas rotinas. Deve fazê-lo sempre no mesmo horário.

 

2. O local certo

É fundamental que defina um local para fazer a sua meditação diária. Deve ser um local confortável, onde possa estar em silêncio, sem interrupções e distrações. A meditação deve ser feita sempre no mesmo local, de preferência a meia-luz ou com vela e pode incluir incenso. 

 

3. A ajuda de um mantra

Começar a meditar é bastante difícil, especialmente, para quem está a começar sozinho. O cérebro perde-se com os problemas do dia a dia, os minutos parecem não querer passar e a sua mente acaba por fugir. Um manta vai ajudar a acalmar a agitação da sua mente (há muitas gravações online).

 

4. Sem expectativas

O melhor para ultrapassar o ponto anterior é encarar a meditação sem expectativas. Quanto menos se preocupar com o que vai acontecer, se vai ser capaz, se vai conseguir alcançar resultados, se vai notar diferenças, tanto melhor!

 

5. Sem esforço

Encare a meditação como se fosse deitar-se para ir dormir. Quanto menos se esforçar em meditar, melhores resultados vai conseguir. O truque passa para relaxar e deixar fluir. Se acabar por se distrair da meditação, não faz mal, recomece e continue.

 

6. Atenção na respiração

A respiração é essencial na meditação, até porque nos ajuda a focar. Deve ser lenta, profunda e deve demorar o mesmo tempo a inspirar que a expirar. Ou seja, inspira e conta 2, 3, 4 até que todo o ar entre, expira e conta 2, 3, 4 até que todo o ar saia. Este vídeo dá uma ajuda.


 

7. O tempo ideal

Não vale a pena começar já com grandes períodos de meditação porque dificilmente vai conseguir manter-se concentrado. É um objetivo muito ambicioso que o pode levar a desistir. A meditação deve demorar entre 20 a 40 minutos mas comece com 5 minutos e vá aumentando progressivamente.

 

8. Postura

A meditação pode, na verdade, ser feita em qualquer lugar e em qualquer posição, porém, é recomendada uma posição em que as costas estão retas para que a energia interior flua com mais facilidade pelos canais do seu corpo. A posição de lótus ajuda a encontrar o equilíbrio certo para a meditação. 


 

9. Um grande  sorriso

Por fim, sorria. O sorriso acalma, traz energia positiva, felicidade e ajuda a meditar.
 



Veja também: