Legionella: tudo o que precisa de saber

A legionella é uma bactéria que pode causar graves problemas de saúde, principalmente a nível respiratório. A "doença dos legionários", como é conhecida, é uma infeção causada por águas contaminadas.

Legionella: tudo o que precisa de saber
Saiba o essencial sobre esta bactéria.

Descoberta nos anos 70, a bactéria Legionella é um parasita unicelular em natureza e um invasor oportunista das células susceptíveis de absorver e englobar partículas orgânicas e inorgânicas do ser humano.

A também conhecida como “Doença do Legionário” por ter sido identificada em idosos que tinham frequentado uma conferência de veteranos de guerra, não é um problema tão raro quanto possa parecer e tem causado, desde a sua descoberta, pequenas epidemias tanto na Europa como na América do Norte.

Em que consiste a legionella?


Consiste numa infecção pulmonar semelhante à pneumonia, mas que não se transmite pelo contacto com pessoas contaminadas pela bactéria.

Plano de Saúde Grátis
Cuide da sua saúde. Obtenha consultas de clínica geral, medicina dentária e especialidade médicas gratuitas.Peça aqui o seu plano grátis.

A legionella é absorvida pelas vias respiratórias e provoca uma infecção pulmonar bastante forte e perigosa, sendo que a gravidade da situação depende em grande parte da capacidade da bactéria crescer nos glóbulos brancos do individuo.

A legionella tem como temperaturas ótimas de crescimento entre 22º e 45º, apesar de já ter sido encontrada em locais onde a temperatura era de 60º.

As pessoas mais afetadas são as que têm idade superior a 50 anos, e especialmente homens, fumadores ou portadores de doenças crónicas debilitantes.

As doenças crónicas ou que impliquem tomar medicação com corticóides são igualmente mais suscetíveis de desenvolver esta infecção.

Como se transmite a legionella?


chuveiro em legionella

Esta doença é transmitida através da água e não através do contacto com pessoas infectadas.

Os investigadores associam a ocorrência da doença do legionário com a colonização do sistema de canalização de água pela bactéria legionella, uma vez que as epidemias mais conhecidas que ocorreram foram em hospitais e hotéis, em que o parasita foi detetado precisamente em locais com sedimentos dos reservatórios de água quente, chuveiros, torneiras e ar condicionado.

A infecção por legionella não é contagiosa nem é transmitida de pessoa para pessoa. Por esse motivo não são necessárias quaisquer precauções especiais quando em contacto com os indivíduos infectados.

Principais sintomas da legionella


dores de cabeca e legionella

O tempo de incubação da doença varia entre dois a dez dias e os primeiros sintomas, geralmente, aparecem cerca de 5 ou 6 dias.

A infecção pode causar:

  • Tosse, que pode ser um dos primeiros sinais da infecção pulmonar
  • Calafrios e cansaço
  • Dificuldades respiratórias
  • Dores musculares
  • Dores no peito e falta de ar
  • Dores de cabeça
  • Febre alta, muitas das vezes superior a 39º
  • Sintomas gastrointestinais, como diarreia, vómitos e desconforto

A pneumonia surge na forma aguda, normalmente, e pode levar a uma insuficiência pulmonar e consequentemente à morte.

Tratamento da infecção


antibióticos e legionella

O tratamento desta doença faz-se com recurso a antibióticos. É utilizada a via oral para casos mais leves e a via endovenosa para casos mais graves, que envolvem internamento muitas das vezes. 

 Controlo e prevenção da legionella


 O diagnóstico precoce e a deteção da origem da infecção são medidas necessárias para o controlo da doença, assim como a descontaminação da fonte de transmissão associada.

É fundamental que haja uma limpeza, desinfecção e manutenção dos equipamentos contaminados com a bactéria.

Além destes cuidados, existem outras recomendações que podem ajudar a controlar problemas mais graves:

  • Enquanto que não houver identificação da fonte do problema, devem ser evitados duches, jacuzzis e banheiras de hidromassagens;
  • As torneiras dos chuveiros devem ser desinfectadas com recurso a lixívia, pelo menos, uma vez por semana, como medida de precaução;
  • No que diz respeito aos termo-acumuladores, a água deve estar regulada para temperaturas acima dos 75º.

Ainda assim, a água da rede publica pode continuar a ser consumida, à partida, sem resultar em problemas para a saúde.

Esta doença foi reconhecida como doença transmissível de declaração obrigatória em 1999. Desde então, há notícias de surtos de legionella no país, sendo o mais recente do presente ano.

Cuide da sua saúde. Consiga aqui consultas de clínica geral, medicina dentária e especialidade médica gratuitas!

Veja também:

Ler mais