Para que serve o índice de massa corporal?

Para que serve o índice de massa corporal?

Obtenha aqui as suas respostas.

Medida reconhecida internacionalmente, o índice de massa corporal ajuda-o a descobrir se o seu peso se adequa à sua altura.

O índice de massa corporal, vulgarmente conhecido por IMC, é uma medida usada para classificar o peso dos indivíduos.

Esse peso pode ser classificado em baixo peso, peso normal, excesso de peso ou obesidade, tendo em conta o peso e a altura do indivíduo. 

Vários fatores contribuem para um Índice de Massa Corporal elevado. Alguns desses fatores podem estar relacionados com questões genéticas, metabólicas, um desequilíbrio do balanço energético, stress, ansiedade ou depressão.

Porém, regra geral, um IMC elevado deve-se a uma vida sedentária e a uma alimentação pouco saudável com a ingestão de calorias em excesso.
 

CÁLCULO DO ÍNDICE DE MASSA CORPORAL


O índice de massa corporal determina-se dividindo o peso, em quilogramas, pela altura, em metros, ao quadrado. 

EXEMPLOS:
Tudo para manter a forma
Tenha acesso às melhores dicas de nutrição! Receba já conteúdo exclusivo!


1. Indivíduo XX 

80kg e 1,70m de altura

IMC = 80 / 1,702 = 27,7kg/m2

 


2. Indivíduo YY

54kg e 1,62m de altura

IMC = 54 / 1,622 = 20,6kg/m2
 
 


3. Indivíduo ZZ

67kg e 1,92m de altura

IMC = 68 / 1,62= 18,2kg/m2
 
Terminado! Fórmula aplicada, resultados obtidos e agora? O que significam estes valores? Como pode interpretá-los e saber se estes indivíduos estão com baixo, normal ou excesso de peso?
 

CLASSIFICAÇÃO


A Organização Mundial de Saúde (OMS) considera um índice de massa corporal abaixo de 18,5 como baixo peso, indicador de desnutrição, algum distúrbio alimentar ou outros problemas de saúde.

Já um IMC igual ou superior a 30 é considerado obesidade.

Tabela 1 - Classificação do índice de massa corporal.
 
CLASSIFICAÇÃO IMC (KG/M2) RISCO DE COMORBILIDADES
Baixo peso  < 18,5 Baixo (mas risco aumentado de outros problemas)
Normoponderal 18,5 - 24,9 Médio
Excesso de peso 25,0 - 29,9 Aumentado
Obesidade grau I 30,0 - 34,9 Moderado
Obesidade grau II 35,0 - 39,9 Grave
Obesidade grau III > 40 Muito grave
 














Tendo em conta a tabela acima, vamos então classificar os indivíduo XX, YY e ZZ:

Indivíduo XX, IMC 27,7kg/m2, classicificado como excesso de peso.
Indivíduo YY, IMC 20,6kg/m2, classicificado como normoponderal.
Indivíduo ZZ, IMC 18,2kg/m2, classicificado como baixo peso.

Convém saber que existe uma tabela de IMC diferente para os adultos com idade superior a 65 anos.

Para determinar o índice de massa corporal das crianças e adolescentes, a fórmula é a mesma, porém esse resultado é depois analisado em função da idade e género do indivíduo, sendo necessário corresponder esse valor ao percentil.
 

LIMITAÇÕES


Em certos casos, nomeadamente em atletas, indivíduos com ascite e edemas, o índice de massa corporal não é uma determinação fiável, pois não permite distinguir a causa do excesso de peso, nem a quantidade de massa gorda nem a massa muscular no organismo.
 

Exemplo:

Um atleta com 80kg que tenha 10% de massa adiposa ou um indivíduo sedentário com 80kg e 29% de massa gorda, ambos com a mesmo altura, 1,70m.

Segundo o IMC, ambos terão excesso de peso. Contudo, o atleta tem bastante massa muscular e pouca massa gorda, o que não acontece com o indivíduo sedentário que tem mais 19% de gordura que o atleta, e consequentemente massa muscular inferior.

Assim sendo, é incorreto afirmar que o atleta tem excesso de peso, enquanto tal classificação é realmente visível no indivíduo sedentário.

A idade e o género são também fatores determinantes na composição corporal de um indivíduo, contudo estes valores não entram na fórmula.

 

COMO DETERMINAR A COMPOSIÇÃO CORPORAL


balanca

Para perceber de que forma está distribuído o nosso peso, a nossa composição corporal, existe o método de bioimpedância, um aparelho semelhante a uma balança.

Para além do peso, fornece valores como a percentagem de massa gorda, a quantidade de massa musuclar, gordura visceral, densidade óssea, percentagem de água no organismo, IMC, entre outros.

Este é um sistema de medição mais utilizado em ginásios, em que o IMC é facilmente posto de lado, tendo em conta as limitações que acarreta para indivíduos que tem uma atividade física ativa ou muito ativa.



Dica: De qualquer das formas, não esquecer que para qualquer objetivo de aumento ou diminuição do seu IMC deve procurar um profissional de saúde especializado. Um nutricionista ajudá-lo-à a atingir a sua meta! Até lá fique aqui a saber como obter o IMC ideal

Saiba as melhores dicas para ficar em forma !

 

Veja também: