Como introduzir a granola na sua alimentação sem engordar?

Como introduzir a granola na sua alimentação sem engordar?

Saiba como tirar todo o partido deste alimento.

Apesar de ter benefícios para a saúde a granola deve ser consumida com moderação. Descubra porquê e que quantidades deve ingerir deste alimento.
 

Se lhe disserem que a granola tem vários benefícios para a saúde, pode acreditar porque é verdade. É que nos últimos tempos a procura por certos alimentos tem aumentado, como é o caso das bagas Goji, as sementes de chia ou linhaça e a granola, por exemplo. Tudo porque são alimentos que além de nutritivos, são também benéficos para o organismo. 

No caso específico da granola, falamos de um alimento que, por ser rico em fibras, não só melhora o funcionamento intestinal e combate a prisão de ventre, mas também – por ser rico em antioxidantes – ajuda a prevenir doenças cardiovasculares, por exemplo. Mas atenção! A granola deve ser consumida com moderação se não quiser engordar.

O que é a granola? 


Consulta Gratuita de Nutrição
Perca peso de forma saudável e não o volte a ganhar! Fale já com a nutricionista online!
Nada mais, nada menos que uma mistura de cereais, que pode incluir – por exemplo – aveia, trigo, flocos de arroz, frutos secos e/ou sementes oleaginosas, entre outros.

Atualmente no mercado pode encontrar já inúmeras variações de granola, algumas das quais pode conter mel ou açúcar mascavado, o que eleva o seu valor energético.

Do ponto de vista nutricional, a granola é rica em hidratos de carbono, fibras, gorduras polinsaturadas, vitaminas A, do complexo B (B1, B2, B6, B9 e B12) e C e minerais, como o ferro, cálcio e zinco.


Afinal a granola engorda ou não? 


Pode engordar, se não for consumida com moderação. A verdade é que apesar dos seus benefícios, a granola tem um elevado valor calórico dada a sua composição em hidratos de carbono e gordura.

Este valor pode ser maior ou menor dependendo dos ingredientes que a compõem. Por exemplo, granola que inclua chocolate, mel ou açúcar mascavado não será a melhor opção para quem quer perder peso.

Daí que seja importante que – se está decidido a incluir a granola na sua alimentação – que preste muita atenção à composição da que escolher, olhando para o rótulo. As opções mais saudáveis são obviamente aquelas que têm menor quantidade de açúcar e, por sua vez, um menor teor de calorias.

Outra sugestão é que escolha uma granola com sementes oleaginosas, como amêndoas, avelãs, nozes, pinhão ou sementes de girassol, por exemplo. Ou com frutas desidratas que lhe confere um sabor adocicado.

Se quer tirar todo o partido da granola, sem engordar, deve também ter cuidado com as quantidades diárias que ingere. Se abusar da dose pode aumentar a gordura corporal e ganhar alguns quilinhos.


Qual a dose recomendada? 


Para um valor energético total de 2000 kcal por dia, o ideal é o consumo de até duas colheres de sopa por dia. Não deve ultrapassar esta quantidade visto que tem uma contribuição calórica bastante elevada.

Se com açucares adicionados, a granola pode ter uma carga glicémica elevada. No entanto, pode aproveitar para juntar à sua granola outros cereais ou sementes com uma carga glicémica mais baixa, como a aveia ou as sementes de chia, por exemplo.


Atenção! 

Por ter glúten e conter um teor considerável de açúcar não deve ser consumida por celíacos e diabéticos.


Receita de granola caseira



A melhor opção? Fazer em casa a sua própria granola em casa. Desta forma garante que só adiciona os ingredientes naturais, os que mais gosta, e adiciona (ou não) o açúcar que quiser. Fique com a nossa sugestão:

- Ingredientes -
 
  • 500 g de flocos de aveia
  • 1/2 chávena de amêndoas laminadas
  • 1 chávena de miolo de noz
  • 1/4 chávena de sementes de sésamo
  • 1/4 chávena de sementes de linhaça
  • 1 chávena de arroz tufado
  • 1 chávena de côco ralado
  • 1/2 chávena de bagas de goji
  • 1/2 chávena de uvas paças
  • 1/4 chávena de mel

- Preparação -

Pré-aqueça o forno a 200º. Numa taça grande, misture os flocos de aveia, as amêndoas, o miolo das nozes, as sementes de sésamo e linhaça, o arroz tufado, e o côco ralado. De seguida, aqueça o mel ligeiramente e junte na taça, envolvendo bem todos os ingredientes.

Deite o preparado para um tabuleiro e distribua homogéneamente pelo mesmo. Leve ao forno durante 45 minutos, remexendo a cada 10 para que toda a granola fique estaladiça e dourada. No final, retire do forno, deixe arrefecer e acrescente as bagas de goji e as uvas passas. Está pronta a consumir.

Nota: reserve a granola dentro de um frasco hermético.
 


Veja também: