Flacidez? Saiba como se pode livrar deste inestético problema

O mais conhecido é o "músculo do adeus", mas a flacidez teima em marcar presença em muitas partes do corpo, nomeadamente, zona abdominal, coxas, glúteos ou braços. Resulta da perda de fibras de sustentação da pele, colagénio e elastina, que vão enfraquecendo com o passar do tempo devido ao envelhecimento. Saiba como evitar.

Powered by: BodyScience
Flacidez? Saiba como se pode livrar deste inestético problema
Conheça alguns tratamentos estéticos e dicas para o dia-a-dia.

São vários os sinais de flacidez na pele: perda de tonalidade e elasticidade, secura e sensibilidade. Muitas vezes isso é também visível pela existência de linhas mais profundas nomeadamente no rosto, o que pode resultar numa baixa autoestima, que pode ser melhorada com alguns tratamentos e dicas simples para o dia a dia.

Geralmente é a partir dos 25 anos que começa a diminuir a produção de colagénio e elastina na pele, sendo este um processo lento e progressivo, mas natural no ser humano e cuja intensidade varia de pessoa para pessoa.

Além do próprio envelhecimento natural, estas são as principais causas do aparecimento da flacidez:

  • Obesidade;
  • Gravidez;
  • Variações rápidas de peso;
  • Má alimentação;
  • Exposição excessiva ao sol;
  • Herança genética;
  • Sedentarismo.

Existem diferentes tipos de flacidez?


flacidez abdominal

Existem dois tipos de flacidez: muscular e cutânea.

A flacidez muscular é normalmente mais fácil de tratar e resulta da falta de exercício físico, da ingestão de gorduras em excesso, de erros de postura e fatores genéticos.

A flacidez cutânea está diretamente ligada com a perda de colagénio e elastina e está associada a diversos fatores como a idade, o tabagismo, exposição ao sol, peso e fatores genéticos.

10 dicas de como combater a flacidez da pele


Sem dúvida que os hábitos saudáveis são os principais aliados na prevenção da flacidez. Mas há várias dicas que pode facilmente seguir no dia a dia para evitar este e outros problemas.

1. Evitar a exposição ao sol em excesso

uso de protetor solar

Dado que os raios ultravioletas danificam a epiderme e a derme, a camada mais profunda da pele, onde se encontra o colágenio, deve sempre evitar a exposição prolongada ao sol e usar protetor solar adequado ao seu tom de pele.

2. Fazer musculação

exercicios de musculacao

O treino de musculação ajuda a fortalecer e tonificar a musculatura, evitando o enfraquecimento das fibras musculares e da pele, especialmente em zonas mais críticas, como o abdómen, parte interna da coxa, glúteos e a parte interna dos braços.

3. Ter uma alimentação cuidada

alimentacao saudavel com salada

“Somos o que comemos” e isso reflete-se em todas as áreas da nossa vida, como saúde em geral, bem-estar, aparência e qualidade do sono. Como tal, privilegie os seguintes alimentos: verduras, frutas, legumes e proteínas magras.

4. Praticar exercícios cardiovasculares

caminhada no mato

Além da musculação, é importante que treine o aparelho cardiovascular, como a caminhada, a corrida, a bicicleta e a natação. Tudo isto ajudará a fortalecer o sistema cardiorrespiratório e a melhorar sua circulação, garantindo o envio de nutrientes importantes para a saúde da pele.

5. Comer gelatina vegetal

gelatina vegetal

Além de diminuir a vontade de comer alimentos menos saudáveis, a gelatina vegetal tem a vantagem de oferecer uma boa quantidade de colágenio, proteína que ajuda a combater a flacidez da pele.

6. Deixe de fumar

deixar de fumar

Mesmo que seja apenas fumador social, a cada cigarro que fuma é um corte de oxigénio que está a fazer na sua pele. Além de que, as substâncias químicas do cigarro também têm o poder de alterar a estrutura do colágenio e elastina.

7. Manter o peso estável

peso corporal estavel

Para evitar a flacidez causada pelo rápido e acentuado emagrecimento, evite perder peso de forma drástica. O ideal são as perdas graduais, que irão permitir que a pele volte ao normal aos poucos.

8. Fazer massagens

massagem contra a flacidez

Quem não gosta de uma boa massagem relaxante? Pois saiba que além de ajudar a afastar o stress, esse hábito também pode contribuir para combater a flacidez da pele, principalmente tratando-se de drenagem linfática e massagem modeladora.

9. Beber água

beber agua fresca

Cerca de 65% do corpo humano é composto por água e este fator está diretamente relacionado com a elasticidade da pele. Uma pele hidratada possui uma boa elasticidade, sendo capaz de voltar à sua forma normal durante, por exemplo, a perda de peso.

10. Não tome banho com água muito quente

banho de chuveiro

Até pode saber bem, mas a água excessivamente quente desidrata a pele, contribuindo para o aparecimento do aspecto flácido. Já banhos com água mais fria são os ideais para ajudar a tonificar e hidratar a pele, tornando-a macia e saudável.

Tratamentos para a flacidez


As Clínicas BodyScience dispõem das mais recentes tecnologias para tratar este problema. BodyshapeRadiofrequência Tripolar Cronus ou Powershape são alguns dos tratamentos que ajudam a ter uma silhueta mais firme e tonificada e que ajudam a tratar os diferentes tipos de flacidez.

Veja também:

Farmacêutica Cátia Rocha Farmacêutica Cátia Rocha

Cátia Rocha é farmacêutica. Como apaixonada pela profissão, acredita na importância da educação para a saúde e num papel interventivo dos profissionais de modo a transmitir conhecimentos que considera importantes e fundamentais para o bem-estar da população. É Mestre em Ciências Farmacêuticas pelo Instituto Superior de Ciências da Saúde do Norte e exerce atualmente o cargo de farmacêutica na Farmácia Agra.