Fitoterapia: a cura pelas plantas

A fitoterapia, também conhecida pela terapia das plantas, surgiu há milhares de anos atrás na China. Saiba mais sobre a fitoterapia neste artigo.

Fitoterapia: a cura pelas plantas
Saiba mais sobre esta terapia e as plantas medicinais

Tal como indica o seu nome, a fitoterapia baseia-se no tratamento de doenças através de plantas medicinais.

Surgiu cerca do ano 3000 a.C., quando o imperador Cho-Chin-Kei descreveu as propriedades terapêuticas do ginseng e da cânfora.


Objetivos da fitoterapia


barriga lisa
Os principais objetivos deste método que vem sendo utilizado há milhares de anos são a prevenção, o tratamento e a cura de diversas doenças. Para cada problema de saúde que nos possa surgir, há um tipo de planta medicinal que pode ser usada no seu tratamento ou cura.

Há plantas medicinais que também são usadas com finalidades estéticas, como é o caso do chá verde, que é diurético e ajuda a eliminar a barriga ou o chá de alecrim para a calvície. 


Benefícios da fitoterapia


A fitoterapia trata os mais variados tipos de doenças através da aplicação e manipulação de plantas e de flores de diversas espécies. 

Plano de Saúde Grátis
Cuide da sua saúde. Obtenha consultas de clínica geral, medicina dentária e especialidade médicas gratuitas.Peça aqui o seu plano grátis.
Apesar deste método oferecer muitas vantagens, deve ter-se sempre em conta que o que distingue um veneno de um remédio é a dose em que é tomado ou aplicado, pelo que deve haver sempre muito cuidado para evitar cair no exagero. 

Um dos maiores benefícios deste método, se não o maior benefício, é a forma natural com que a fitoterapia é utilizada para manipular as plantas.

Para além disso, quando aplicada de forma cuidada e, contrariamente ao tratamento com fármacos que utilizam produtos químicos, a fitoterapia oferece um risco inferior de dependência e também menor risco de efeitos secundários. 


Como usar a fitoterapia


fitoterapia como usar
À semelhança do que acontece com várias outras terapias, também com a fitoterapia deve ser consultado um terapeuta com formação e experiência na área.

É importante que antes de aconselhar qualquer planta medicinal ou tratamento, o terapeuta conheça o quadro clínico do paciente, para que possa cuidadosamente decidir pelo tratamento ou plantas medicinais a aplicar.

Portanto, se tem um problema de saúde e quer experimentar a tratamento e a cura pela fitoterapia, lembre-se que deve consultar um terapeuta da área.

Tenha também em conta que a prevenção é o melhor para evitar problemas de saúde, pelo que deve também consultar um terapeuta, ainda que não se sinta doente.


Desvantagens da fitoterapia


gravidez
Como em tudo, o exagero não leva a bons resultados. O mesmo acontece na fitoterapia, pelo que ao optar por tratamentos com plantas medicinais deve sempre seguir à risca as indicações do seu terapeuta.

Há algumas desvantagens na fitoterapia que deve também ter em conta. O simples facto de poder usar as plantas naturalmente e em tratamentos caseiros, pode acabar por trazer algumas desvantagens.

Em casos de gravidez, pessoas hipertensas ou com maior facilidade em desenvolver alergias, pode haver alguns riscos caso não consulte um terapeuta previamente.

Para além disso, a simples toma de um chá de for feita em grandes quantidades e de forma regular, por exemplo 3 vezes ao dia, pode provocar problemas de irritação do estômago. Mais uma vez, é importante seguir as indicações de um terapeuta com conhecimentos na área.

Cuide da sua saúde. Consiga aqui consultas de clínica geral, medicina dentária e especialidade médica gratuitas!

 

Veja também:

Ler mais