Farinha de banana: benefícios, receitas e onde comprar

A farinha de banana é cada vez mais utilizada e é fácil perceber-se porquê. Se ainda não conhece este alimento, continue a ler! Saiba tudo connosco.

Farinha de banana: benefícios, receitas e onde comprar
Descubra a farinha de banana e todos os benefícios associados ao seu consumo.

A banana é um alimento muito completo, barato e fácil de ser encontrado.

Como é praticamente impossível comer essa fruta verde, uma alternativa interessante é fazer a farinha de banana.

Descubra mais sobre esta nova farinha!

Porque utilizar a banana verde?


A banana, quando verde, pode ter entre 55 e 93% do seu amido na forma resistente, um tipo de hidratos de carbono mais saudável para o organismo e responsável pela maior parte dos benefícios da farinha de banana.

Benefícios da utilização da banana verde:

  • Amido resistente apenas digerido no intestino – não é convertido em glicose (açúcar);
  • Menos frutose (açúcar da fruta) que a banana madura;
  • Isenta de gordura;
  • Menos calórica que a banana madura;
  • Mais fibras que a banana madura;
  • Menos hidratos de carbono que a banana madura.

Benefícios da farinha de banana


A farinha de banana, apesar do processamento, mantém os principais nutrientes e características nutricionais da banana verde.

Aqui, tem a sua composição nutricional, por 100g:

Troque uma caipirinha por uma ida ao ginásio
Treine no Solinca por apenas 3,99€ por semana e volte a ficar em forma. Aproveite já!

  • Energia: 346 Kcal;
  • Lípidos: 0g;
  • Hidratos de carbono: 81.5g, dos quais 73.6g são açúcares;
  • Fibra: 7.7g;
  • Proteínas: 4g;
  • Sal: 0.05g.

1. Prolonga a saciedade

saciedade e farinha de banana

A banana verde e a sua farinha são ricas no amido resistente, componente que retarda a digestão e ajuda a controlar a fome e a prolongar a sensação de saciedade.

A digestão do amido resistente presente na farinha de banana dá-se no intestino. Na verdade, o processo não é propriamente uma digestão, mas sim uma fermentação.

Essa fermentação é feita pelas bactérias que existem no intestino, e quando estas atuam sobre o amido resistente, liberam várias substâncias que são benéficas para o intestino e o corpo em geral.

2. Diminui o risco de diabetes

A insulina é a hormona que transporta o açúcar da corrente sanguínea para as células, onde este pode ser utilizado como fonte de energia. Portanto, quanto mais hidratos de carbono e açúcar forem ingeridos, maior a produção dessa substância no organismo.

Quando existe, com frequência, uma grande produção de insulina no corpo, fruto de uma ingestão exagerada de hidratos de carbono e açúcares, o organismo torna-se resistente à insulina e surge a diabetes.

Adicionalmente, a presença de insulina em grande quantidade aumenta o armazenamento de gordura no corpo, resultando assim num ganho de peso.

O amido resistente ajuda a evitar o excesso de produção de insulina pelo pâncreas, já que sua digestão não resulta na libertação de glicose na corrente sanguínea (quanto menos glicose for liberada durante o processo de digestão, menos insulina será produzida pelo pâncreas e menos risco de diabetes, lembra-se?).

Por ser capaz de evitar os picos glicémicos e o aumento dos níveis de insulina, a farinha de banana pode ser considerada um alimento que ajuda a diminuir o risco de diabetes.

3. Favorece o funcionamento gastrointestinal

funcionamento intestinal e farinha de banana

O amido resistente também tem algumas semelhanças com as fibras, visto que não é digerido no estômago, mas apenas no intestino.

Assim, o amido resistente atua no processo fermentativo no intestino, através da ação das bactérias probióticas da flora intestinal.

Este processo ajuda o desenvolvimento das bactérias benéficas, em detrimento dos microorganismos com efeitos negativos para nossa saúde.

Como resultado, existe uma melhor absorção de nutrientes essenciais, o que dá ao corpo tudo que necessita para funcionar corretamente.

4. Evita a obstipação

Este efeito positivo no intestino provém da sinergia de atuação entre o amido resistente e as fibras.

A presença destes dois componentes da farinha de banana gera um aumento do bolo fecal e uma facilitação da sua saída, contribuindo assim para um melhor trânsito intestinal.

5. Reforça a imunidade

reforço da imunidade

É no intestino que são produzidas cerca de 60% das imunoglobinas, as células de defesa do nosso corpo. Deste modo, quando o intestino funciona bem, o corpo está mais protegido.

Estudos demostraram também que o consumo de farinha de banana pode levar à produção de ácidos gordos de cadeia curta no intestino. Quando estes estão em falta, é mais fácil para as bactérias nocivas da microbiota intestinal deslocarem-se para a corrente sanguínea, aumentando a probabilidade de infeções.

Deste modo, a farinha de banana ajuda a reforçar a imunidade pois, ao melhorar o funcionamento do intestino, esta farinha otimiza as defesas naturais do organismo, evitando o surgimento de doenças.

6. Combate a tristeza e depressão

Devido à presença de potássio, fibras, minerais, vitaminas B1, B6 e betacaroteno, é possível dizer que a farinha de banana pode ajudar no combate contra a depressão.

A vitamina B6, por exemplo, promove a síntese da serotonina, hormona responsável pela sensação de bem-estar.

7. Diminui o colesterol

redução do colesterol e farinha de banana

Assim como o envio da glicose para a corrente sanguínea se torna mais lento com a ingestão de farinha de banana, o mesmo acontece com o colesterol.

A presença de fibras e de ácidos gordos de cadeia curta, leva a que haja uma diminuição da absorção do colesterol LDL (o colesterol “mau”), sendo que este se une ao bolo fecal e é eliminado do corpo em conjunto com este.

Excesso de colesterol LDL leva à acumulação de placas de gordura nas artérias, entupindo-as e levando a aterosclerose. Este processo aumenta a probabilidade de enfarte de miocárdio ou AVC, se o bloqueio ocorrer perto do coração ou cérebro, respetivamente.

Quantidade recomendada de farinha de banana diariamente


A quantidade diária de farinha de banana aconselhada é de até duas colheres de sopa por dia, o que equivale a 30g aproximadamente.

Onde comprar farinha de banana


A farinha de banana verde pode ser encontrada em supermercados, lojas de produtos naturais ou mesmo comprada em lojas online. Porém, procure sempre comprar marcas e locais de confiança.

Nas lojas Celeiro, a farinha de banana da Iswari custa 4,72€ por uma embalagem de 125g.

Como fazer a farinha de banana em casa?


Como as farinhas prontas podem conter conservantes e corantes, a farinha de banana também pode ser feita em casa.

Aqui estão os passos:

  1. Escalde as bananas verdes com casca em água a ferver, durante dois minutos;
  2. Tire-as da água, descasque-as, dispense a casca e corte as bananas em tiras;
  3. Coloque essas tiras numa forma antiaderente, dispostas lado a lado;
  4. Leve ao forno com uma temperatura baixa e deixe torrar até ficarem endurecidas e quebradiças, mas sem ter um aspeto de queimado;
  5. Coloque as tiras no processador até ter uma farinha e passe por uma peneira fina;
  6. Guarde a farinha num local seco e arejado até 1 ou 2 semanas.

Riscos e contra-indicações


Não existe contra-indicações ao consumo da farinha de banana, a não ser que tenha alergia a algum componente da banana.

Se optar por um produto industrializado veja o rótulo para garantir que não contém corantes ou outros aditivos alimentares.

Não se esqueça que a ingestão de farinha de banana em excesso ou sem a ingestão de bastante água pode levar a gases e obstipação. Beba muita água.

Como consumir a farinha de banana


batido com farinha de banana

O ideal é consumir a farinha em conjunto com outros alimentos. Esta pode ser misturada com sumos, sopas, laticínios ou batidos e adicionada à massa de bolos, bolachas ou panquecas.

2 Receitas com farinha de banana


1. Bolo de banana verde

bolo de banana verde em farinha de banana

– Ingredientes –

  • 1 chávena de bebida de amêndoa
  • 1/2 chávena de óleo de girassol
  • 1 colher de sopa de sementes de linhaça
  • 1 colher de sopa de vinagre branco ou de maçã
  • 4 colheres de sopa de chocolate em pó magro
  • 1 chávena de açúcar mascavado
  • 1 chávena de farinha de banana verde
  • 1 colher de sopa de fermento em pó

– Modo de preparação –

  1. No liquidificador, misture o leite vegetal com o óleo, o vinagre, as sementes de linhaça e o chocolate em pó.
  2. Acrescente o açúcar mascavado e a farinha de banana verde e envolva bem.
  3. Adicione e misture o fermento em pó.
  4. Leve ao forno durante cerca de 30 minutos numa temperatura médio-baixa (pré-aquecido).

2. Tarte Salgada com Farinha de Banana Verde

tarte salgada de farinha de banana verde

– Ingredientes –

  • 5 ovos grandes
  • 2/3 de chávena de óleo
  • 3 chávenas de leite
  • 3 colheres de sopa de queijo ralado
  • 2 chávenas de farinha de trigo
  • 1 chávena de farinha de banana
  • Sal e pimenta a gosto
  • 1 e 1/2 colher de sopa de fermento em pó

– Modo de preparação –

  1. No liquidificador, coloque os ovos, o óleo, o leite e o queijo ralado
  2. Misture bem até ficar tudo homogéneo.
  3. Adicione a farinha de trigo e a farinha de banana aos poucos, enquanto liga e desliga o liquidificador até acrescentar as farinhas por completo
  4. Acrescente o fermento e envolva a massa.
  5. Coloque metade da massa numa assadeira untada e adicione um recheio à sua escolha (legumes, frango, camarão,…) e cubra com a outra metade da massa.
  6. Leve ao forno pré-aquecido a 180º, durante 40 minutos.
  7. Se quiser, pode polvilhar o topo da tarde com sementes de chia, linhaça, ou outra.
  8. Sirva fria ou quente.

Troque uma saída à noite por uma ida ao ginásio. Inscreva-se já no Solinca por apenas 3,99€ por semana!

Veja também:

Ler mais