Exercícios para peito

Exercícios para peito

Uma boa opção de exercícios para peito

O tradicional banco de supino está sempre ocupado? Veja as nossas sugestões de exercícios para peito!

Existem imensos blogs, informação espalhada em revistas desportivas, online e em manuais de exercícios para peito que se traduzem em belíssimos resultados. Porém, a tendência vai sempre para o clássico supino plano. Está errado? Claro que não.

Porém, os bancos de supino estão constantemente ocupados, em alguns ginásios parece, inclusive, que toda a gente se lembrou de treinar peito no mesmo dia.

Para que não se sinta desmotivado com o ter que esperar pela sua vez de treinar, deixamos-lhe algumas opções de exercícios de peito que o permitem treinar seguido, sem pausas demasiado grandes nem ter que alternar com alguém: pode variar bastante mesmo dentro destas opções.


5 Exercícios para peito que pode executar


1. Flexões pliométricas

Aumente a estabilidade do peitoral com este exercício para peito. É um dos exercícios para peito mais exigentes no que concerne à estabilização da musculatura, para além de servir como um maravilhoso aquecimento e pré-fadiga do peitoral e das articulações dos punhos, cotovelos e ombros. 
Pronto para malhar pesado?
Obtenha um plano de exercícios para atingir os seus objectivos! Saiba tudo aqui !

 
  • Utilize apoios pequenos para a execução deste exercício ou aumente a intensidade das flexões mediante a utilização de apoios instáveis para as mãos como bolas, bosus, plataformas de instabilidade ou pequenos bancos de suporte. 
 


2. Aberturas

aberturas
Este exercício para peito é perfeito, uma vez que aposta no peitoral maior em toda a extensão.
 
  • Deite-se no banco, com os pés apoiados no chão (ou os joelhos elevados, caso a sua lombar fique desapoiada). 
  • Mantenha os halteres na linha do peito e desça até à linha do ombro, mas sem a ultrapassar.
  • Atenção à rotação do ombro. Reduza ligeiramente, de forma a permitir uma pequena flexão do cotovelo no final do movimento. 
 


3. Aberturas no banco declinado

A execução é exatamente igual às aberturas, com a diferença do banco e da incidência no peitoral (feixes inferiores). Durante a execução deste exercício, a tendência é descansar em cima – o que não devemos fazer! Não queremos deixar de ter o peito em contração, pelo que o que devemos fazer é não deixar os halteres baterem um no outro. 

 


4. Supino inclinado com barra

supino inclinado com barra
Pode optar pelo movimento do supino num banco inclinado para trabalho do peitoral menor – superior. Normalmente há mais bancos disponíveis para este efeito do que para supino! Pode até aproveitar o banco das aberturas, inclinando-o.
 
  • Mantenha a barra no alinhamento da linha média do peito e execute o movimento de “press”, empurrando a barra. 
  • Evite a extensão total dos cotovelos, bem como deixar os cotovelos descerem abaixo da linha dos ombros. Não queremos que o peitoral deixe de estar em contração, qualquer que seja o exercício para o peito.  
 


5. Supino com halteres em dropset

Ainda aproveitando o mesmo banco, pode optar pela clássica posição de supino, ou mesmo aproveitar uma barra, ainda que tenha que ser com muito menos carga do que o supino tradicional. Aconselhamos o uso de halteres para que possa fazer a dropset corretamente, uma vez que inicia com halteres mais pesados e vai passando para halteres menos pesados com o aumento do cansaço, até à fadiga.&nbs;

Receba aqui um plano com exercícios para malhar e ficar em forma !


Veja também: