Estrias Vermelhas: causas, prevenção e tratamento

As estrias vermelhas têm um aspeto linear e geralmente ficam paralelas, podendo variar em termos de comprimento. Habitualmente surgem na região da barriga, braços, coxas e nádegas e as mulheres são mais suscetíveis. A boa notícia é que existem tratamentos eficazes que prometem suavizar e até eliminar as estrias vermelhas.

Powered by: BodyScience
Estrias Vermelhas: causas, prevenção e tratamento
Conheça a diferença entre estrias vermelhas e brancas e a melhor fase para as eliminar.

As estrias vermelhas são mais novas, mais recentes, possuem um fluxo de sangue maior na região e ainda não se romperam todas as camadas da pele. Já as estrias brancas estão no estadio seguinte, ou seja, resultam de estrias vermelhas que vão clareando ao longo do tempo. Ao tocar nas estrias com os dedos, poderá sentir-se uma leve saliência ou recuo na pele.

Estas estrias geralmente aparecem durante ou após a gravidez ou após uma mudança súbita de peso. Os locais mais comuns são a barriga, os braços, as coxas e nádegas.

COMO SE FORMAM AS ESTRIAS VERMELHAS?


estrias vermelhas

O processo inicial da formação das estrias ocorre com a degeneração das fibras elásticas da pele. As fibras de colagénio e elastina rompem-se com a tensão na pele causada por ganho de peso, gestação, genética e musculação. A epiderme, camada superficial da pele, fica mais fina e forma as pequenas depressões.

No início, a estria é avermelhada devido a uma reação inflamatória local. Nesta fase, os vasos sanguíneos ocupam o local afetado. Após 6 meses a 1 ano da formação da estria, ocorre cicatrização da mesma, adquirindo a cor branca.

>> Saiba mais sobre estrias. Pergunte diretamente aos especialistas, aqui.

COMO ELIMINAR AS ESTRIAS VERMELHAS?


Radiofrequencia Tripolar Cronus

Para conseguir bons resultados, é fundamental que o tratamento seja feito quando surgem as primeiras marcas, ou seja, as estrias vermelhas.

Mesmo com a dificuldade inerente de recuperar a pele danificada, as estrias vermelhas são mais fáceis de serem eliminadas que as estrias esbranquiçadas, porém para ambos os casos existem tratamentos revolucionários eficazes que melhoram muito o aspeto da pele, dissimulando, quase na totalidade, as estrias.

O sistema de Radiofrequência Tripolar Cronus é um método recente, inovador e não invasivo. A sua tripla ação garante-lhe uma eficácia surpreendente no tratamentos das estrias vermelhas, que permite alterar a cor, a largura e a profundidade, deixando-as invisíveis.

>> Marque já a sua consulta de avaliação gratuita! 

PREVENÇÃO E TRATAMENTO DAS ESTRIAS VERMELHAS?


hidratacao profunda da pele

O ideal é começar a tratar as estrias assim que perceber que elas surgirem, com a certeza de que quanto mais cedo iniciar o tratamento melhor serão os resultados obtidos.

No entanto, na prevenção é que está o ganho e, assim, o ideal é fortalecer a pele e assim protegê-la contra as estrias vermelhas.

Dicas de Prevenção e Cuidados:

  • Usar um bom creme hidratante diariamente (principalmente nas áreas da barriga, braços e pernas);
  • Beber bastante água, ajuda muito na hidratação da pele;
  • Evite emagrecer e engordar num curto espaço de tempo;
  • Evite tomar banho com a água muito quente;
  • Na altura do banho dê preferência aos sabonetes líquidos e hidratantes.

 

ESTRIAS VERMELHAS NA ADOLESCÊNCIA


estrias na adolescencia

Na adolescência, ocorrem frequentemente picos de crescimento. Sendo esta uma das causas das estrias, é natural que as marcas surjam nesta fase da vida. No caso das raparigas, podem aparecer logo a partir dos 9 anos, já nos rapazes, é habitual que aconteça apenas pelos 11 anos.

As dicas de prevenção são transversais às indicadas para os outros grupos etários, a prática regular de exercício físico e hidratação pela aplicação de cremes hidratantes e pela ingestão adequada de água.

Quando surgem estrias vermelhas na adolescência, é importante que não sejam ignoradas por duas razões: primeiro porque podem ser um duro golpe na autoestima de qualquer adolescente e, segundo, porque quanto mais cedo as tratar, maior é a probabilidade de as eliminar.

Veja também:

Ler mais
Cátia Rocha Cátia Rocha

Cátia Rocha é farmacêutica. Como apaixonada pela profissão, acredita na importância da educação para a saúde e num papel interventivo dos profissionais de modo a transmitir conhecimentos que considera importantes e fundamentais para o bem-estar da população. É Mestre em Ciências Farmacêuticas pelo Instituto Superior de Ciências da Saúde do Norte e exerce atualmente o cargo de farmacêutica na Farmácia Agra.