Quais são os estados de consciência do bebé?

Os estados de consciência do bebé são a forma dos recém-nascidos comunicarem. Saiba como interpretar cada um.

Quais são os estados de consciência do bebé?
Respeite cada um para evitar estados de irritação e choro

Os estados de consciência do bebé nada mais são do que aquilo a que podemos chamar a linguagem dos recém-nascidos.

Como não falam, é através dos estados de consciência do bebé que percebemos se estão mais ou menos disponíveis para interagir com o que os rodeia. 

Há momentos em que os bebés estão muito despertos e ativos, noutros estão mais sonolentos e noutros um pouco irritados.

Estas variações vão acontecer com frequência mas, normalmente, seguem um padrão.

Pais disponíveis e atentos ao seu bebé, facilmente vão conseguir descodificar estes estados, conseguindo adaptar-se às necessidades do bebé e, assim, evitar ansiedade para a criança e para os pais. 
 

6 Estados de consciência do bebé


1. Sono profundo

sono profundo
Este é o estado mais importante para o crescimento do bebé, por isso, é muito importante que o seu descanso seja respeitado.

Neste estado, o bebé tem os olhos bem fechados e está muito quieto, sem mexer. É possível que tenha alguns sobressaltos durante o sono, no entanto, não vai acordar bem deve ser perturbado.
 
 


2. Sono superficial

Neste estado de sono superficial, o bebé está mais vulnerável ao mundo que o rodeia, num sono mais leve e pode ser facilmente acordado.

Novidades Vertbaudet
Aproveite os melhores preços em roupas para pré-mamãs, bebés e crianças, brinquedos, puericultura e muito mais! Espreite já esta oportunidade.
Vai notar o bebé a mexer-se ou a espreguiçar-se com frequência, pode franzir o rosto, sorrir, mamar na língua ou mexer na boca e os olhos mexem mesmo com as pálpebras fechadas.

Quando está muito cansado ou estimulado o bebé foge para este estado.
 
 


3. Estado de sonolência

estado de sonolencia
Quando o bebé acorda ou está a adormecer, passa por um estado de sonolência, em que boceja e move as pernas e os braços. Pode abrir e fechar os olhos e voltar, de forma alternada, ao sono superficial.

Se estimulado, desperta, no entanto, será difícil que se mantenha desperto ainda que procurem a sua atenção.
 
 


4. Estado de alerta tranquilo

Pouco depois de nascer, nos primeiros dias no mundo, o bebé está alerta apenas por períodos curtos.

É preciso saber reconhecer o estado de alerta tranquilo porque é o momento em que o seu bebé está mais disponível para interagir.

Neste estado, o bebé está calmo, acordado e com um olhar atento. Será fácil conseguir a sua atenção.
 
 


5. Estado de alerta irritado

É um dos estados de consciência do bebé ao qual não quer chegar, por isso, é tão importante respeitar os anteriores. Ao fazê-lo, é mais difícil que o bebé chegue ao estado de alerta irritado, que antecede o choro.

Se o bebé for muito estimulado, é possível que entre um estado de irritação com movimentos descoordenados e desajeitados.

Deve procurar acalmar e confortar o bebé (os pais também devem tentar manter-se tranquilos), levando-o para uma zona mais sossegada.
 
 


6. Choro

choro bebe
À medida que vai conhecendo o seu bebé, também se torna mais fácil perceber o que cada choro quer dizer.

No entanto, decifrar o choro do seu bebé não diz apenas respeito à intuição, é importante conhecer os tipos de choro possíveis, saber como responder a cada um deles mas também como os evitar.

Novidades Vertbaudet: roupinhas pré-mamã, bebé e criança aos melhores preços. Veja tudo aqui!

 

Veja também:

Ler mais