Equipamentos de crossfit essenciais

Equipamentos de crossfit essenciais

Conheça melhor os mais importantes.

Escolhermos dez equipamentos de crossfit fundamentais para um treino completo, intenso e possível de adequar a cada atleta.

O crossfit tem vindo a crescer e prova disso são as várias boxes que se foram espalhando pelo país nos últimos anos.

Trabalhando várias vertentes que passam pela força, pela agilidade e pela resistência muscular, o crossfit é um treino completo de alta intensidade.

Para que possa experimentar um treino destes, escolhemos dez equipamentos de crossfit muito importantes para esta modalidade.
 

10 EQUIPAMENTOS DE CROSSFIT


Há alguns equipamentos de crossfit que são fundamentais para um treino completo, exigente e onde consegue trabalhar todo o corpo. Selecionámos alguns que pode conhecer aqui:


1. KETTLEBELL

kettlebell
Os kettlebells são aquelas bolas de ferro com uma pega que de certeza absoluta já viu em alguma zona do ginásio, nem que seja no espaço de crossfit. E porquê?
Pronto para malhar pesado?
Obtenha um plano de exercícios para atingir os seus objectivos! Saiba tudo aqui !

Porque são excelentes para treinar pela variedade de exercícios que permitem fazer, para além de que existem com diversos pesos e, portanto, podem ser usadas por todos – desde iniciantes a atletas mais experientes.

São essencialmente usados para fazer treino funcional ou seja, um treino que recruta grandes grupos musculares de forma a queimar mais gordura e conseguir uma maior definição muscular. Pode experimentar vários exercícios com este que é um dos melhores equipamentos de crossfit: desde agachamentos a lunges, passando por swings.

 


2. FITAS STRAP TRAINING

São uma opção imperdível por serem tão fáceis de transportar e montar, tornando possível treinar em qualquer lugar e não criarem desculpas como não ter nenhum ginásio perto ou vontade de ir até ele.

Com este equipamento, o treino centra-se essencialmente no peso do corpo e a quantidade de exercícios que permite fazer é bastante completa. Desde exercícios para a parte superior do corpo como remadas e flexões, exercícios para o core como pranchas ou crunches e até, exercícios para a parte inferior como agachamentos.

 
 

3. CORDA NAVAL

corda naval
Não falamos aqui da corda tradicional, embora também essa tenha também vários benefícios e diferentes utilidades. Aqui falamos da chamada corda naval, uma corda com pelo menos nove metros de comprimento de cerca de cinco centímetros de diâmetro. Pesada portanto, pode ser a base de um treino funcional onde a monotonia não entra. Os exercícios a fazer são variados, mas são sempre bons treinos para queimar gordura, acelerar o metabolismo, melhorar a coordenação e aumentar a força.

Trabalha tantos pernas como braços e até o core com exercícios como fazer ondular as cordas simultaneamente ou bater as cordas ao mesmo tempo que vai fazendo lunges.
 
 


4. ViPR

É um excelente equipamento de crossfit por conseguir combinar um treino de força com um treino funcional. Mas o que são? Os ViPR são cilindros de borracha com pegas e com pesos que variam e podem ser adequados às capacidades e objetivos de cada um.

Com este material pode fazer desde agachamentos segurando o ViPR com os braços esticados acima da cabeça, pode fazer lunges com rotação do tronco, pode fazer press de ombros ou pode até fazer peso morto (deadlifts).

 


5. WALL BALL T

wall ball t
Também conhecidas como bolas medicinais, são daqueles equipamentos de crossfit muito amados por uns e totalmente temidos por outros. São bolas de borracha com pesos variáveis, mas sempre ideais para exercícios de alta intensidade. Pode optar por usar estas bolas para vários exercícios diferentes e com diferentes níveis de dificuldade:
  • Agachamento elevando a bola acima da cabeça de cada vez que regressar à posição de pé (pode optar por manter sempre a bola segura à frente do peito para uma opção mais fácil)
  • Lunge com rotação do tronco: dê um passo grande à frente dobrando a perna de trás de forma a fazer um ângulo de 90 graus e, com os braços esticados à frente do corpo, faça a rotação do corpo girando a bola no sentido da perna da frente (repetir o mesmo número de vezes para as duas pernas)
  • Prancha dinâmica: na posição de prancha mas com as mãos em cima da bola, elevar ligeiramente um pé, depois o outro e assim sucessivamente durante, no mínimo, 30 segundos.  
 


6. BOX PLIOMÉTRICA

Para quem gosta mesmo de treinar, este pode ser um equipamento de crossfit capaz de elevar o treino a outro nível. Esqueça os agachamentos e os lunges tradicionais porque aqui sim, vai obrigar as pernas a esforçarem-se verdadeiramente.

Desde agachamentos com saltos para a caixa a ponte de glúteos, passando pelos burpees e até pelos “simples” saltos por cima da caixa para um lado e para o outro rapidamente, as opções são realmente várias.

Mas se prefere treinar a zona superior do corpo, também pode fazê-lo de forma dinâmica e nada monótona.

Entre flexões, mountain climbers com os pés em cima da caixa e as mãos no chão, fundos e até mesmo crunches, não há qualquer pretexto para ficar parado.
 
 


7. ARGOLAS

argolas
Este é um dos equipamentos de crossfit mais indicados para treinar os membros superiores do corpo, mas é também uma boa forma de treinar e fortalecer o core. Devido à instabilidade que a estrutura do aparelho proporciona, para conseguir realizar exercícios aqui é realmente necessário ter um grande controlo do corpo e também uma zona abdominal muito fortalecida.

Pode fazer exercícios como elevação das pernas, mantendo sempre os braços e o tronco esticados, pode fazer fundos, elevações e pode até usar este aparelho como uma alternativa ao TRX.
 
 


8. BARRAS

Além das argolas, este é também um dos bons equipamentos de crossfit para treinar a estabilidade, a postura, a força abdominal e, claro, a zona superior do corpo. Associado a este treino, e de forma a fortalecer sempre o core, deve ter outros exercícios incluídos.

Pendurada na barra e mantendo sempre o abdominal e os glúteos contraídos, pode fazer elevações das pernas. Pode também fazer elevações de braços, pode fazer elevações de trícepes e pode até optar por brincar um bocadinho com este equipamento e alterar completamente a posição em que está.

Experimente pendurar-se pelas pernas e fazer crunches!
 
 


9. CORDA

corda
Saltar à corda é uma excelente forma de treinar sem ser necessário recorrer a exercícios muito elaborados nem a quaisquer materiais além deste. É um treino excelente por melhorar várias vertentes, desde a coordenação ao equilíbrio, passando pela resistência cardiorrespiratória.

E, claro, traz também vários benefícios a nível da queima de gordura.

Só precisa de acrescentar intensidade ao treino que está a fazer, por exemplo aumentando fortemente a velocidade, e vai conseguir criar um bom treino.
 
 


10. PNEU

Para terminar não podíamos deixar de lembrar aquele que é, provavelmente, um dos equipamentos de crossfit com um ar mais aterrorizador. Pesado, enorme e com ar de ser impossível de movimentar, o pneu é um excelente componente para um treino dinâmico e divertido.

Tanto pode optar por fazer corridas e ir empurrando o pneu, como pode optar por ir para dentro do pneu e caminhar com ele, como pode ainda até fazer deadlifts muito diferentes do tradicional. Só precisa de arriscar!


Receba aqui um plano com exercícios para malhar e ficar em forma !

 

Veja também: