4 Tratamentos não invasivos para eliminar gordura corporal

4 Tratamentos não invasivos para eliminar gordura corporal

Saiba como se livrar do persistente e inestético "pneu"

Os tratamentos estéticos unem o melhor de dois mundos no que diz respeito à eliminação de gordura corporal e alguns conseguem mesmo eliminar tudo aquilo que está a mais. Conheça os mais eficazes!

Já tentou todas as formas e mais algumas para se livrar daquelas persistentes gorduras localizadas, mas sem sucesso? Há situações em que nem dieta, nem exercício físico, conseguem ajudá-la a livrar-se da gordura corporal que a atormenta.

Devido ao tempo de recuperação e cicatrizes, nem sempre a cirurgia plástica é a alternativa, por isso, a melhor opção passa por tratamentos estéticos. Estes unem o melhor dos dois mundos, apresentando rapidez de resultados sem qualquer tipo de procedimento invasivo. 

Está na hora de dizer adeus às gordurinhas em excesso! Estes são os métodos mais credíveis e eficazes no que toca a perder gordura localizada.

Eliminar a gordura corporal de vez

1. Criopólise

Tome nota:
O IMC é uma forma simples e eficaz de perceber se o seu peso é o ideal. Faça o teste agora.

A Cripólise é um tratamento estético, não invasivo, extremamente eficaz na redução de gordura corporal localizada. Os resultados são visíveis logo após a primeira sessão.

O aparelho é colocado na superfície da pele, em zonas específicas, congelando as células de gordura a temperaturas negativas, fazendo com que estas morram. Os resíduos celulares são posteriormente metabolizados e eliminados pelo organismo, diminuindo a gordura corporal e remodelando o corpo. 

Devem fazer-se apenas uma ou duas sessões deste tratamento. 


2. Lipoaspiração não invasiva 

A lipoaspiração não invasiva é, tal como já mencionamos em artigos anteriores, a pior inimiga das gorduras localizadas que se instalam nos sítios errados. Vulgarmente denominada por cavitação, a lipoaspiração não invasiva é um dos mais eficazes tratamentos para eliminar gordura corporal.

aqui lhe explicamos em que consiste a cavitação, bem como quais os riscos de optar por ofertas de cavitação low cost, por isso analise bem antes de tomar uma decisão em relação a este tratamento. 

Para além de não invasivo, este tratamento é completamente indolor e, ainda que as diferenças sejam visíveis após a primeira sessão, requer cerca de 6 sessões, pelo menos. 
 


3. Radiofrequência

Utilizada, normalmente, após tratamentos de lipoaspiração não invasiva, para a obtenção de maior firmeza na pele, a Radiofrequência atua de forma diferente da cavitação, mas com o mesmo objetivo: a eliminação de gordura corporal.

O aparelho de radiofrequência gera energia, sob a forma de calor que, ao chegar à célula de gordura, aumenta o metabolismo e reduz o seu tamanho.  

Este procedimento dura entre 45 minutos a uma hora e meia e, após três sessões, promete reduções de 3,5 a 6,3cm. 


4. Velashape

Recentemente, surgiu um método que promete acabar com celulite, flacidez, bem como gordura localizada: o velashape.

Este tratamento junta radiofrequência bipolar, que emite ondas de luz infravermelha, em conjunto com um mecanismo de sucção a vácuo, bem como de um rolamento mecânico, que a vai ajudar a reduzir os problemas que tanto incomodam o sexo feminino. 

São aconselhadas 12 sessões para completar o tratamento, de uma a duas por semana. Após o término desse número de sessões, poderá ser feita uma manutenção mensal e, após isso, trimestral.

 

Veja também: