Dor no joelho: como surge e como aliviar?

Dor no joelho ou gonalgia é um problema comum que afeta pessoas de todas as idades. Nos idosos está associada ao desgaste da articulação, nos jovens sobretudo a lesões traumáticas.

Dor no joelho: como surge e como aliviar?
Uma condição dolorosa e incapacitante que poderá diminuir a sua qualidade de vida.

A dor no joelho pode surgir do comprometimento das diversas estruturas que compõem a articulação do joelho: ossos (fémur, tíbia, perónio, rótula), ligamentos, cartilagem, meniscos (estruturas responsáveis por absorver os choques) e músculos.

É, normalmente, acompanhada por restrição física e o tratamento depende da causa subjacente. O exame físico é fundamental para estabelecer o diagnóstico correto e, assim, delinear o tratamento mais adequado para cada caso.

Porque a dor pode ser difícil de descrever, saiba que existe um Código Visual da Dor, que facilita a comunicação com o seu médico. Encontra esta ferramenta no site dor.com.pt, uma plataforma com informação sobre dor e dicas de exercícios e alimentação.

Dor no joelho: sintomas


dor no joelho sintomas

A localização e intensidade da dor no joelho pode variar de acordo com a estrutura envolvida. Por exemplo, na presença de um processo inflamatório, todo o joelho pode estar inchado e doloroso enquanto que, no caso de um menisco rasgado ou fratura, os sintomas podem concentrar-se num local específico.

Outros sinais e sintomas podem acompanhar a dor no joelho:

  • Dificuldade a caminhar devido à instabilidade no joelho;
  • Devido ao desconforto pode ter necessidade de coxear;
  • Dificuldade em descidas ou subidas, geralmente devido a danos nos ligamentos;
  • Bloqueio do joelho – incapacidade de dobrar;
  • Joelho vermelho e inchado;
  • Incapacidade de estender o joelho;
  • Deslocamento do peso corporal para a outra perna.

 

Dor no joelho: causas


dor no joelho causas

As causas de dor no joelho podem ser divididas em três categorias: lesões traumáticas, doenças sistémicas (entende-se por doença sistémica uma doença que pode afetar diversas partes do organismo) e condições relacionadas com o sobreuso do joelho.

Lesões traumáticas

Fraturas, rutura de ligamentos, lesão nos meniscos ou luxação (deslocamento de um dos ossos na articulação), são exemplos de consequências de lesões traumáticas. São lesões geralmente bastante incapacitantes que exigem atenção médica imediata.

Saiba mais sobre dor traumática na plataforma dor.com.pt.

DOenças sistémicas que podem afetar o joelho

A artrite reumatoide é uma doença autoimune (desordem do sistema imunológico) capaz de afetar qualquer articulação do corpo humano. Pode causar dor e incapacidade severa, bem como inflamação do joelho.

A artrite séptica (artrite infeciosa) é outro exemplo de doença que pode acometer o joelho. A articulação do joelho é sujeita a infeção, o que provoca dor, inchaço e febre. É uma condição que requer antibióticos e tratamentos de drenagem o mais rápido possível.

CONDIÇÕES relacionadas com o sobreuso do joelho

A osteoartrite resulta do desgaste da cartilagem da articulação devido ao uso e idade.

Já a tendinite rotuliana é uma inflamação dos tendões que ligam a rótula ao osso da perna. É uma condição crónica observada em indivíduos que repetem frequentemente o mesmo movimento durante o exercício – como corredores e ciclistas.

Existe também a síndrome rotuliana, que é causada por degeneração ou stress sob a rótula, onde se encontra com o osso da coxa – o fémur.

Na plataforma dor.com.pt encontra mais informação sobre a dor crónica.

Dor no joelho: quem se encontra em maior risco?


dor no joelho e grupos de risco

A articulação do joelho apresenta uma anatomia complexa e é frequentemente usada ao longo do dia. Qualquer alteração ao nível do movimento na articulação (como por exemplo, a diferença no comprimento da perna ou a mudança na forma de andar devido a dor nas costas) pode levar a alterações do seu alinhamento e, consequentemente, originar lesões e dor no joelho.

O excesso de peso também é um dos principais fatores de risco para a dor no joelho, devido ao stress que é imposto na articulação. O desgaste da cartilagem ocorre mais rapidamente intensificando o processo de osteoartrite.

O uso excessivo do joelho durante movimentos repetidos, como em determinados desportos/exercícios ou condições de trabalho (estar sobre os joelhos durante longos períodos de tempo), é igualmente um fator importante para a origem da dor no joelho.

Dor no joelho: quais são os tratamentos disponíveis?


dor nos joelhos e tratamentos

Os tratamentos para a dor no joelho são variados e dependem da causa que a origina, bem como do seu estado evolutivo.

Medicação

Os medicamentos estão associados ao tratamento de uma condição médica subjacente, ou para alívio da dor.

Medicamentos injetados diretamente no joelho podem ajudar em determinadas situações. As duas injeções mais comuns são os corticosteroides e os lubrificantes sendo que os corticosteroides ajudam nos processos inflamatórios do joelho. Os lubrificantes, semelhantes ao líquido já existente na articulação do joelho, ajudam a melhorar o movimento e a aliviar a dor.

Fisioterapia

O fisioterapeuta poderá intervir através de uma grande variedade de tratamentos, mas o principal objetivo, uma vez que a sua condição esteja estabilizada, será fortalecer os músculos ao redor do joelho para aumentar a sua estabilidade e prevenir futuras recorrências.
Realizar uma reeducação da postura é igualmente fundamental, para que o corpo se torne mais harmonioso e equilibrado.

Cirurgia

As operações ao joelho variam desde a cirurgia artroscópica até à reposição total do joelho. A cirurgia artroscópica é um procedimento cirúrgico muito comum que permite ao médico observar o interior da articulação através de pequenos orifícios e uma câmara de fibra ótica. O cirurgião pode reparar muitas das lesões e remover pequenos pedaços de osso solto ou cartilagem.

Já na substituição parcial do joelho o cirurgião substitui as partes danificadas do joelho com peças de plástico e metal. Na substituição total, todo o joelho é substituído por uma articulação artificial (prótese). Por se tratar de uma substituição total, a recuperação é mais longa.

Outras terapias

A acupuntura está associada ao alívio da dor no joelho, especialmente em doentes com osteoartrite.

Dor no joelho: existe algo que possa fazer para aliviar?


dor no joelho e alivio da dor

Existem algumas estratégias que pode aplicar para atenuar a dor no joelho.

  • Descansar o joelho e fazer uma pausa nas atividades que usualmente envolvem esta articulação poderá ser necessário.
  • Aplicar gelo durante cerca de dez minutos ajuda a diminuir a inflamação e, consequentemente, a dor no joelho.
  • Uma banda de compressão pode ajudar a prevenir o inchaço e ajudar a manter o alinhamento do joelho. Não deverá encontrar-se muito apertada e deve ser removida durante a noite.
  • Elevar a perna é outra das estratégias utilizadas, pois ajuda a diminuir o inchaço e a repousar o joelho.

Conheça mais dicas para aliviar a dor na plataforma dor.com.pt.

Veja também:

Ler mais
Ana Vicente Ana Vicente

Ana Vicente é fisioterapeuta, instrutora de pilates clínico e pós graduada em terapia assistida por animais no papel. Na realidade é apaixonada por pessoas, animais, palavras e pelas maravilhas da natureza. Motivada a deixar uma marca positiva no seu mundo e no dos outros, compromete-se a contribuir para o conhecimento e bem-estar das pessoas.