Doença de Raynaud: causas, sintomas e tratamento

A doença de Raynaud é uma desordem rara que afeta as artérias. Existem dois tipos principais de Raynaud: primário e secundário. Descubra tudo sobre esta doença que no fundo consiste num estreitamento dos vasos sanguíneos.

Doença de Raynaud: causas, sintomas e tratamento
Conheça as características desta doença rara.

A doença de Raynaud é marcada por breves episódios de vasoespasmo, que consiste num estreitamento dos vasos sanguíneos.

O vasoespasmo das artérias reduz o fluxo sanguíneo, sendo os dedos das mãos e dos pés geralmente as extremidades mais afetadas. Cerca de 40% das pessoas que têm a doença, vêm afetados os dedos dos pés, podendo também afetar, ainda que raramente, o nariz, orelhas, mamilos e lábios.

Os números da prevalência da doença de Raynaud em Portugal não são conhecidos. No entanto, foi publicado um estudo em 2011 que relata que no Grande Porto a prevalência variou entre 1,7% e 4,5%.

TIPOS, SINTOMAS E CAUSAS DA DOENÇA DE RAYNAUD


doenca de raynaud

No Raynaud primário, a causa não é conhecida. No entanto, é mais comum e tende a ser menos severo do que Raynaud secundário.

Por outro lado, o Raynaud secundário é causado por uma doença, condição ou outro fator subjacente. Esse tipo de Raynaud é muitas vezes chamado de fenómeno de Raynaud.

Para quem sofre desta doença, vários fatores podem causar o que designam por ataques de raynaud, como temperaturas frias ou o stress. Durante o ataque, pouco ou nenhum sangue flui para as partes do corpo afetadas.

Como resultado, a pele torna-se inicialmente pálida (cianose) ou com manchas vermelhas que podem, posteriormente, tornar-se azuladas por um curto período de tempo.

À medida que o fluxo sanguíneo retorna, as áreas afetadas podem ficar vermelhas e com a sensação de latejar ou de formigueiro, chegando mesmo a provocar dor.

Em ambos os tipos da doença de Raynaud, mudanças suaves ou breves na temperatura podem mesmo causar este tipo de ataques. Por exemplo, tirar algo do congelador ou estar exposto a temperaturas abaixo de 15 graus pode fazer com que os dedos se tornem azuis.

Causas da doença Raynaud

stress no trabalho

A doença resulta do aumento da atividade do sistema nervoso simpático que potencia a reatividade vascular digital, que pode ser desencadeada por fatores como:

  • Frio;
  • Stress;
  • Lesões nas mãos e nos pés;
  • Exposição a determinados produtos químicos;
  • Medicamentos que reduzem as artérias ou afetam a pressão arterial (como exemplos temos os bloqueadores-beta, que diminuem a pressão arterial e as pílulas anticoncepcionais, que afetam o fluxo sanguíneo).

As causas possíveis do fenómeno de Raynaud (secundário) são:

 

TRATAMENTO DA DOENÇA DE RAYNAUD


A doença de Raynaud primária e secundária não tem cura. No entanto, os tratamentos podem reduzir o número e a gravidade dos ataques de Raynaud. Os tratamentos incluem mudanças no estilo de vida, medicamentos e, ainda que raramente, cirurgia.

Se tiver a doença e desenvolver feridas nos dedos das mãos, dedos dos pés ou outras partes do seu corpo, consulte o médico imediatamente. O tratamento oportuno pode ajudar a evitar danos permanentes nessas áreas.

Mudanças de estilo de vida

luvas quentes para as maos

As mudanças de estilo de vida podem ajudar a evitar episódios que podem desencadear um ataque de Raynaud. Exemplos de tais fatores desencadeantes incluem temperaturas frias, stress emocional, fatores de trabalho ou recreacionais e contacto com determinados produtos químicos ou medicamentos.

Para se proteger das temperaturas frias:

  • Use um chapéu, luvas, cachecol, casaco com punhos apertados, meias e calçado quentes durante o tempo frio;
  • Tenha consigo aquecedores de mãos e pés. Podem ser pequenas embalagens em gel que se colocam no microondas, existindo também alguns que funcionam a bateria para que tenha disponível a qualquer momento;
  • Aqueça o carro antes de conduzir num clima frio;
  • Use luvas quando tirar comida do frigorífico ou congelador.

Para evitar o stress:

  • Tente evitar coisas que o deixem chateado ou stressado. A atividade física ajuda, ouvir música ou focar-se em algo que lhe traga tranquilidade também é positivo. Algumas pessoas também optam por aprender yoga, tai chi ou meditação.

Medicamentos e cirurgia

medicacao variada

Se as mudanças de estilo de vida não foram suficientes para controlar a doença de Raynaud, poderá ser necessário recorrer a medicamentos ou cirurgia. Os medicamentos são usados ​​para melhorar o fluxo sanguíneo para os dedos das mãos e dos pés.

Cremes que auxiliem a circulação sanguínea e suplementos à base de ginkgo biloba também são benéficos.

Raramente, a doença pode provocar o desenvolvimento de feridas na pele ou gangrena (morte de um tecido por falta de irrigação sanguínea). Se isso acontecer, podem ser necessários antibióticos ou cirurgia para remover o tecido danificado. Em casos muito graves, o dedo afetado pode mesmo precisar de ser amputado.

Veja também:

Cátia Rocha Cátia Rocha

Cátia Rocha é farmacêutica. Como apaixonada pela profissão, acredita na importância da educação para a saúde e num papel interventivo dos profissionais de modo a transmitir conhecimentos que considera importantes e fundamentais para o bem-estar da população. É Mestre em Ciências Farmacêuticas pelo Instituto Superior de Ciências da Saúde do Norte e exerce atualmente o cargo de farmacêutica na Farmácia Agra.