Dieta para secar: segredos e cuidados a ter!

Dieta para secar: segredos e cuidados a ter!

Os melhores truques e os piores inimigos de uma dieta para secar

A dieta para secar está na moda, mas nem sempre é realizada da melhor forma. Venha descobrir as melhores dicas para seguir esta dieta e os erros a evitar!

Efetivamente, cada vez mais pessoas procuram a dieta para secar ideal, por forma a possuir um corpo definido e livre de gorduras.
 
Por forma a eliminar a gordura extra, essencialmente a localizada na zona abdominal, é necessário efetuar algumas mudanças na sua alimentação, não sendo isto uma tarefa fácil e muito menos rápida.
 
Existem muitas dietas que são capazes de fazê-lo perder muito peso num curto espaço de tempo. Pode parecer maravilhoso, no entanto, emagrecer muito rapidamente pode acabar por se tornar num problema a longo prazo, principalmente se não seguir um plano alimentar adequado depois de terminar a sua dieta.

Tudo para manter a forma
Tenha acesso às melhores dicas de nutrição! Receba já conteúdo exclusivo!

É normal que existam momentos em que queira uma boa dieta para secar, contudo é importante que tenha cuidado e que não a encare como a solução fácil.

Para emagrecer, mantendo o seu corpo bonito, forte e saudável, é importante praticar exercício físico regularmente e ter uma alimentação equilibrada, ou seja, que ofereça todos os nutrientes que o seu corpo necessita para funcionar de forma adequada. A melhor forma de o fazer é contactando um profissional de nutrição que poderá fazer-lhe um plano alimentar de acordo com as suas necessidades.

Aqui poderá encontrar algumas dicas e pequenos truques que pode adotar desde já e que certamente terão um grande impacto no seu metabolismo.



Dicas e truques para secar


1. Intestino saudável e regular


Ter um intestino regular é uma das questões mais importantes para a manutenção do peso e necessário para cumprir uma dieta para secar. 

Efetivamente, a obstipação está relacionada com o inchaço, cansaço, abdómen dilatado e até mau humor.
De forma a evitar estes efeitos, procure incluir leguminosas, alimentos integrais, quinoa, chia, linhaça, frutas e verduras no seu dia alimentar visto que estas são fontes de fibras, que auxiliam os movimentos intestinais. Adicionalmente, as fibras presentes nestes alimentos também diminuem a absorção de gordura pelo organismo e aumentam a saciedade, fator bastante importante numa dieta restritiva.

No caso dos alimentos integrais, estes são importantes visto que são constituídos por um maior número de fibras, minerais e vitaminas que os refinados. Quando existe um excesso de açúcar no sangue, este é armazenado sob a forma de gordura no corpo.
 
 


2. Proteínas

Não existem dúvidas de que a proteína é um macronutriente essencial para uma boa manutenção do seu peso e funcionamento do seu corpo.
Quando o objetivo é especificamente seguir uma dieta para secar, então aí a proteína pode ser a sua melhor amiga.

Uma ingestão adequada de proteína é essencial visto que aumenta a saciedade, impedindo-o de abusar de outros tipos de alimentos que poderiam contribuir mais para um aumento de peso.

Adicionalmente, e visto que, numa dieta para secar, terá que ter uma alimentação mais restritiva, se mantiver as doses de proteína dentro do recomendado, o seu corpo vai utilizar massa gorda como fonte de energia, e mantendo assim a massa magra intacta e levando a que emagreça sem flacidez associada.

Contudo, nem todas as fontes de proteína são iguais. Devem evitar as carnes vermelhas, não só devido ao seu teor de gordura saturada, mas também porque estas contribuem para um intestino obstipado, flatulência e inchaço abdominal.
 
 


3. Alimentos com efeito diurético 

abacaxi
Uma dieta rica em alimentos diuréticos ajuda a eliminar as toxinas, aumentando o volume de urina ou o número de micções.

Deste modo, deve aumentar o consumo de alimentos com efeito diurético, como a salsa, os coentros, o limão, a cebola, o abacaxi, a melancia, e chás.
 
 


4. Alimentos termogénicos

Os alimentos termogénicos, como a canela, o gengibre e a pimenta, têm como objetivo a acelerar o metabolismo e a temperatura corporal interna. 

Através da aceleração do metabolismo, estes alimentos aumentam o gasto energético, que, por conseguinte, levam a uma maior a perda de peso.

A canela ajuda também a diminuir o apetite por doces e um bom truque para controlar a vontade de ingerir este género de alimentos é acrescentá-la às bebidas onde normalmente acrescentaria açúcar.

A pimenta, por sua vez, é muito utilizada para auxiliar na diminuição de sal, visto que mascara a sua falta.
 
 


5. Hábitos do seu dia-a-dia

Apesar do essencial de uma dieta para secar ser a modificação da sua alimentação, é essencial, acima de tudo, estar pronto para mudar os seus hábitos!
 
 


6. Coma várias vezes ao dia

Já deve certamente ter ouvido que deve comer pouco e várias vezes ao dia. Efetivamente, a melhor opção é realizar refeições com quantidades mais pequenas e com uma frequência média de a cada 3 horas.

Desta forma, evitará chegar às refeições com fome e conseguirá controlar melhor as porções que ingere.
 
 


7. Beba bastante água

hidratacao
Uma boa hidratação é essencial para o funcionamento correto do corpo humano.

Contudo, nem toda a gente está bem esclarecida quanto à quantidade de água que é aconselhada.

Deve sempre beber água suficiente por forma a que a sua urina não possua cheiro ou cor. Deste modo, quanto mais transparente e semelhante a água for a sua urina, mais hidratado está.
 
 


8. Relaxe e liberte-se do stress

O stress em excesso  aumenta a liberação do cortisol, hormona responsável pela acumulação de gordura no abdómen. Para além disso, uma grande maioria das pessoas tem tendência em ingerir mais alimentos e mais energéticos em momentos de stress.

Tente adotar técnicas de relaxamento e invista em alimentos com efeito calmante, como as verduras, frutas e chás brancos.

 


9. Pratique exercício físico

Finalmente, uma dieta para secar deve ser sempre acompanhada de exercício físico.
Procure levantar-se do sofá e mexer-se, por forma a acelerar o seu metabolismo, aumentar o seu gasto energético e atingir o peso que tanto anseia.

Torne o exercício físico parte da sua rotina diária e verá que depois vai estranhar os dias em que não o tiver.
 
 


10. Os inimigos

A fome emocional é sempre inimiga de um regime alimentar mais restrito, principalmente no caso de uma dieta para secar.

Pão, massas e bolachas feitos com farinha branca, fritos, doces e bebidas alcoólicas, são alimentos que são ricos em gorduras, açúcares, que causam sensação de enfartamento e viciam. 
 
Segundo várias pesquisas, as mulheres costumam  desistir da dieta após oito dias. O principal motivo está ligado à relação das emoções com a comida, visto que, quando somos bebés, o alimento, geralmente vindo do peito da mãe, traz aconchego e segurança.

Procure, nos momentos em que sente mais instável a nível emocional, não se vingar ou procurar consolo nos alimentos. Saia de casa, vá ter com amigos ou pratique desporto… Esses sim serão o seu melhor refúgio!
 
 
Saiba as melhores dicas para ficar em forma !

 

Veja também: