Cuidados alimentares na quimioterapia: o que deve saber

Os cuidados alimentares na quimioterapia passam por cuidados extra com a higiene dos alimentos e por evitar ou tomar atenção a determinados produtos.

Cuidados alimentares na quimioterapia: o que deve saber
Saiba quais as recomendações a seguir durante este tratamento oncológico.

Não existem recomendações específicas sobre cuidados alimentares na quimioterapia.

O recomendado nesta situação passa essencialmente por manter uma ingestão alimentar o mais equilibrada possível.

O objetivo principal é atingir as necessidades nutricionais de cada um e a garantir que o organismo está bem nutrido, para que nem o tratamento nem a sua recuperação sejam comprometidos.

Sistema imunitário e segurança alimentar


Apesar de não haver alimentos específicos que se devam aconselhar, existem alguns cuidados alimentares, nomeadamente a nível da segurança e higiene alimentar, que são importantes numa etapa em que o sistema imunitário está comprometido.

Estes cuidados alimentares na quimioterapia têm como objetivo ajudar a reduzir o risco de contrair infeções provenientes da alimentação durante um período em que se está em risco de neutropenia.

O que são os Glóbulos brancos

Importa explicar que os glóbulos brancos são células presentes no sangue que ajudam o corpo a combater possíveis infeções, incluindo aquelas possivelmente provenientes de bactérias presentes em alimentos do dia-a-dia.

Troque uma caipirinha por uma ida ao ginásio
Treine no Solinca por apenas 3,99€ por semana e volte a ficar em forma. Aproveite já!

A doença oncológica e o respetivo tratamento podem provocar uma supressão no sistema imunitário, ou seja, um momento em que os glóbulos brancos no organismo são reduzidos, e a isto dá-se o nome de neutropenia.

Nem toda a gente que faz quimioterapia fica neutropénico mas estes cuidados alimentares na quimioterapia – que são basicamente recomendações de segurança e higiene alimentar – são importantes para toda a gente que faz este tratamento, uma vez que “mais vale prevenir do que remediar”.

Tal significa também que deve consultar o seu médico, enfermeiro ou outro profissional de saúde porque pode precisar de seguir regras mais específicas, consoante o diagnóstico, plano de tratamento e estado clínico.

Cuidados a ter durante a quimioterapia


Atente em baixo nas dicas de higiene e segurança alimentar. Note ainda que os cuidados alimentares na quimioterapia devem ser cumpridos durante o decurso do tratamento.

1. Higiene das mãos

higiene das mãos e cuidados alimentares na quimioterapia

Lavar as mãos cuidadosamente com água e sabão antes de preparar ou comer algum alimento e após idas à casa de banho e convívio com animais de estimação.

2. Limpeza da cozinha

limpeza da cozinha e cuidados alimentares na quimioterapia

  • Limpar o balcão e outras superfícies da cozinha antes de preparar alimentos. Importante ainda manter as áreas de armazenamento de alimentos, o fogão e o micro-ondas limpos, tanto por dentro como por fora;
  • Manter animais de estimação longe dos alimentos, pratos e utensílios de cozinha e superfícies onde é realizada a preparação e confecção de alimentos;
  • Evitar utilizar toalhas. Estas devem estar limpas, ser lavadas regularmente a elevadas temperaturas e devidamente secas antes da sua utilização.

3. Armazenamento de alimentos e bebidas

armazenamento no frigorifico de alimentos e cuidados alimentares na quimioterapia

  • A temperatura do frigorífico deve ser entre os 0°C e os 5°C;
  • Sempre que comprar alimentos refrigerados ou congelados, devem ser armazenados nos respetivos sítios em casa o mais rápido possível;
  • Prepare e armazene alimentos cozinhados e crus em sítios diferentes;
  • Mantenha carne e peixe cru na prateleira mais baixa do frigorífico longe de toda a comida cozinhada;
  • Preparação de alimentos e bebidas;
  • Lavar sempre bem as mãos, as superfícies de trabalho e os utensílios antes de manusear alimentos crus e cozinhados;
  • Verificar sempre a data de validade dos produtos, consumindo apenas antes da data recomendada;
  • Certificar que os alimentos estão devidamente cozinhados. Seguir sempre as instruções na embalagem dos produtos;
  • Servir os alimentos imediatamente após serem cozinhados. Manter os alimentos quentes a uma temperatura elevada e os frios a uma temperatura baixa, evitando reaquecer.

Cuidados alimentares na quimioterapia: o permitido e o perigoso


Como já foi mencionado, os cuidados alimentares na quimioterapia residem fundamentalmente em questões de higiene e segurança alimentar.

Deste modo, a maior parte dos alimentos são permitidos, desde que tenham sido armazenados e preparados corretamente.

Contudo, alguns devem ser evitados e alguns onde são necessários cuidados extra no momento de compra e/ou preparação.

Alimentos a evitar durante a quimioterapia

sushi e cuidados alimentares na quimioterapia

  • Leite e derivados não pasteurizados;
  • Queijo não pasteurizado ou azul, nomeadamente queijo Brie, Stilton e parmesão;
  • Produtos com bactérias vivas, nomeadamente iogurtes biológicos;
  • Gelados de máquinas de rua e “comida rápida” de vendedores ambulantes;
  • Salada pré-lavada e pré-preparada;
  • Carne e peixe mal cozinhado, como por exemplo bife mal passado ou sushi;
  • Marisco;
  • Patés;
  • Arroz e carne de aves reaquecidos, a não ser que façam parte de uma refeição pré-preparada que tenha sido corretamente armazenada e cujas instruções de reaquecimento tenham sido seguidas.

Alimentos a ter especial cuidado durante a quimioterapia


1. Ovos

ovos e cuidados alimentares na quimioterapia

Cozinhar muito bem os ovos, como por exemplo ovos cozidos.

Evitar sobremesas com ovos crus, nomeadamente mousse de chocolate caseira (as industriais normalmente são feitas com ovos pasteurizados)

2. Frutas, saladas e vegetais

fruta e cuidados alimentares na quimitorerapia

Devem ser muito bem lavados antes de comer.

Evitar consumir frutas de casca fina por serem mais susceptíveis à contaminação por microorganismos.

Quanto descascar a fruta de casca mais grossa, tentar cortar o mais profundo possível.

3. Comida “take away”

comida take away e cuidados alimentares na quimioterapia

Deve ser comida quente e nunca reaquecida.

Para considerar…


Note que estes cuidados alimentares na quimioterapia são apenas recomendações generalizadas.

Durante a quimioterapia, ou outro tipo de tratamento oncológico, podem surgir vários efeitos secundários que podem afetar a ingestão alimentar, nomeadamente perda de apetite, enjoos, náuseas, aftas, mudanças de paladar ou alterações do trânsito intestinal, entre outros.

Nesse caso, e especialmente se o seu peso corporal diminuir de forma intencional, pode precisar de outro tipo de aconselhamento/intervenção nutricional, pelo que deve procurar um profissional de saúde para que possa ter um aconselhamento alimentar personalizado e adaptado às suas necessidades e condições pessoais.

Troque uma saída à noite por uma ida ao ginásio. Inscreva-se já no Solinca por apenas 3,99€ por semana!

Veja também:

Ler mais