Cuidados a ter com um recém-nascido

Cuidados a ter com um recém-nascido

Lembre-se: o seu bebé precisa, essencialmente, de amor.

Agora que tem um recém-nascido em casa, há alguns cuidados a ter quanto ao banho, ao sono e à alimentação. Tome nota das nossas dicas. 

Nas primeiras semanas de um recém-nascido não há tempo para nada e o seu bebé vai precisar muito de si. É tempo de esquecer o resto e focar-se no que importa: o seu bebé.

Agora que saiu da barriga da mãe, o recém-nascido está num mundo diferente, novo, que pode ser até um pouco assustador. Nesta fase, o contacto com os pais é essencial iniciar os processos físicos e neurológicos vitais para um começo de vida sem sobressaltos.

Nos primeiros dias de vida, as rotinas são fundamentais para o seu bebé se sentir calmo e seguro, como já lhe dissemos várias vezes, os recém-nascidos precisam de previsibilidade para se sentirem protegidos, logo, tranquilos.

É importante que os pais também se mantenham calmos para não passarem ansiedade ao bebé, para isso, basta alguma organização. Para ajudar nos primeiros dias com o seu bebé, tome nota dos cuidados a ter com um recém-nascido.
 

Os primeiros dias do seu bebé: o que saber


1. Em casa

Tome nota:
A ligação que existe entre uma mãe e um filho é a mais poderosa! Receba já todas as dicas para si e o seu bebé.

A ideia não é fazer dos pais reféns dos bebés, no entanto, estes primeiros meses são, naturalmente, muito focados no seu bebé, por isso, a sua casa deve ser preparada para que o recém-nascido se sinta num ambiente tranquilo e seguro, sem grande confusão. 

Tenha sons e cheiros suaves pela casa, evite grandes ruídos e balbúrdia, por isso, procure controlar as visitas. A quem quiser conhecer o seu bebé, envie fotografias e vídeos, e espere que o pequeno e os pais estejam mais ambientados a este mundo novo, para começar o "entra e sai" de visitas.
 
 



2. Amamentação


A Organização Mundial de Saúde recomenda que o bebé seja amamentado apenas com leite materno até aos seis meses de idade. Contudo, cada família deve fazer o que for mais indicado para o seu bebé e para a mãe. Por exemplo, se amamentar é doloroso ou se não tem leite materno suficiente, talvez o melhor seja considerar outras opções.

À partida, quando o seu bebé acordar vai querer comer, por isso, o intervalo será entre de cerca de 2h a 2h30 e, nos primeiros meses, é normal que este ritmo se mantenha durante a noite. Se está a amamentar, a cada quinze minutos, ou quando perceber que já não tem leite, troque a mama.

A dada altura já não vai saber a quantas anda, há apps que a podem ajudar ou, então, coloque uma fita na alça do soutien que deve trocar sempre que trocar de mama. Depois de comer, é essencial que confirme que o bebé arrotou, até para evitar que mais tarde sofra com cólicas.
 
 
 

3. O banho do recém-nascido


Não é obrigatório que dê banho ao seu bebé, porém, fazê-lo pode ajudar na rotina de sono do recém-nascido. Não importa a que horas o faz, no entanto, depois de definir um horário que agrade a si e ao seu bebé, mantenha-o.

Dê banho numa divisão com um temperatura ambiente acima dos 26 graus e confirme que não existem correntes de ar. Livre-se de colares, anéis, pulseiras ou qualquer objeto que posso magoar a criança. Certifique-se que a banheira está numa superfície estável e que tem todas as condições para dar banho ao seu bebé sem prender os movimentos. 

Antes de dar banho, tenha junto à banheira tudo o que vai precisar: produtos de higiene, produtos para desinfetar o coto umbilical (não tenha receio, o seu bebé não sente dor), toalha de banho com gorro, fraldas e roupa. Primeiro coloque água fria e só depois a quente: pode usar um termómetro para avaliar a temperatura da água ou então o seu cotovelo. Não precisa encher muito a banheira, mais ou menos pela altura do umbigo do bebé será suficiente. 

Nunca deixe o bebé sozinho! Lembre-se que, quando muito pequenaas, as crianças podem afogar-se num palmo de água. Evite usar esponjas porque podem criar bactérias e provocar alergias. Evite colocar produtos de higiene diretamente na pele do bebé, coloque primeiro um pouco na sua mão e lave primeiro as zonas mais limpas e só depois a zona da fralda.

Na hora de limpar, tenha especial atenção a todas as dobrinhas do corpo do recém-nascido para evitar assaduras. Não use cotonetes para limpar os ouvidos do recém-nascido, faça-o apenas com a ponta da toalha. Desinfete o coto umbilical (deve estar sempre seco e limpo), coloque o creme hidratante e a fralda. Procure vestir o seu bebé com roupa prática e fácil de vestir.

 
 



4. Aprender a dormir


Quando recém-nascido, o bebé dorme entre 16 a 18 horas por dia mas desperta, mais ou menos, de 3 em 3 horas para comer, assim que come e é feita a higiene, o recém-nascido volta a dormir. É assim durante largas semanas mas importa saber que, se o bebé acordar nos primeiros 20 minutos do sono, é provável que não volte a adormecer. 

Quem é que gosta de ser acordado? Procure respeitar o sono do seu bebé, não permita que seja acordado, pelo seu bem-estar (e dos pais também!). Se o seu bebé não dorme o que precisa, essa privação do sono vai começar a notar-se na sua disposição mas não só, nomeadamente, em forma de cólicas.

Para dormir, por uma questão de conforto e de segurança, o bebé deve ficar na sua alcofa (só até aos 3 meses), berço ou cama e sempre deitado de barriga para cima, sem almofada (sem brinquedos, sem fraldas ou outros objetos que possam asfixiar o bebé), com os pés a tocar o fundo da cama. A roupa da cama (linho ou algodão) deve estar ao nível do tronco (nunca tapar a cabeça do bebé!) e bem presa debaixo do colchão.

Nos primeiros meses, a proximidade com os pais é importante porque transmite segurança aos pais e também facilita a alimentação do bebé, por isso, é recomendado que a alcofa e/ou berço fique no quarto dos pais.
 
 
 

5. Outros cuidados

 
  • O seu bebé quer amor, por isso, converse muito com ele,  mime-o e tenha-o por perto sempre que possível. 
     
  • Fome, calor, frio, sono, roupas apertadas, barulho, fraldas sujas, saudades dos pais podem ser algumas das causas do choro do seu bebé, não se preocupe, como tempo vai saber traduzir os seus lamentos com facilidade.
     
  • Limpe o quarto do bebé com um pano húmido para evitar que levantar pó que pode prejudicar o bebé.
     
  • No carrro, coloque a cadeira no sentido contrário ao da marcha para minimizar qualquer impacto da condução.
     
  • Confirme se toda a mobília é segura para o seu bebé, tenha atenção às medidas das grades, parafusos ou outros materiais soltos.
     
  • Nunca coloque o berço, a alcofa ou a cadeira em cima de mesas, sofás, aparadores, camas ou cadeiras. É preferível colocar o chão.
     
  • É recomendado que o bebé apenas saia de casa depois de tomar as primeiras vacinas.
 
Receba aqui mais dicas para si e para o seu bebé !
 

Veja também: