Cristaloterapia: a força dos cristais

A cristaloterapia, também conhecida por gemoterapia, ou terapia dos cristais, trabalha com cristais, gemas e pedras semipreciosas. Saiba mais neste artigo.

Cristaloterapia: a força dos cristais
Reequilibre corpo, mente e espírito

A cristaloterapia é uma terapia complementar que trabalha com cristais, gemas e pedras semipreciosas.

Pode também ser designada por gemoterapia ou terapia dos cristais.

Já nas culturas antigas os cristais eram usados para potenciar outros tratamentos e auxiliar na medicina, promovendo a cura em muitas pessoas.


Cristaloterapia: como funciona?


Normalmente, a cristaloterapia é usada em conjunto com outras terapias, pois ajuda a potenciar os seus resultados, apesar de ter uma maior afinidade com a cromoterapia.

Plano de Saúde Grátis
Cuide da sua saúde. Obtenha consultas de clínica geral, medicina dentária e especialidade médicas gratuitas.Peça aqui o seu plano grátis.
A cristaloterapia pode naturalmente ser utilizada de forma isolada e para diversos fins. Isoladamente, os cristais podem ser usados para equilibrar ou reativar os chacras e limpar a aura, favorecendo, desta forma, o equilíbrio natural do corpo e das emoções.

A energia que sai dos cristais é composta pelos elementos da natureza e dos raios vibracionais que, em conjunto, transmitem um raio que é absorvido pelo organismo.

Ao serem absorvidos pelo oganismo, estes raios desbloqueiam e alinham os chacras, que são os sete centros de energia que todos possuímos.


Cristaloterapia: quando e como usar?


ametista
Os cristais podem ser usados para diversos fins, de acordo com as suas catacterístícas.

Podemos usar cristais para proteção, como é o caso da turbalina negra, para meditação e visualizações, como é o caso da ametista, para limpeza da energias dos ambientes, como é o caso da drusa e, mesmo, para limpar todos os outros cristais, como acontece com a selenita.

Como visto, os cristais podem ser usados para diversos fins:
 
  • Banhos: para potenciar o seu banho de forma a que fique com mais energia, escolha os seus cristais preferidos e coloque-os na banheira. No fundo, para limpá-los e energiza-los novamente.
  • Plantas: os cristais podem também ser usados em plantas. Escolha o cristal da sua preferência e coloque próximo da raíz da planta a ser energizada.
  • Ambientes: se precisa de energizar o ambiente de um espaço, escolha os cristais e coloque-nos num frasco. Um dos cristais tem de ser quartzo. Coloque água de forma a que fiquem submersos. Consoante a água for mudando de cor, troque-a e aproveite esse momento para lavar os cristais e energizá-los.
Se sente necessidade de fazer terapia com cristais, deve então começar por entrar em contato com um terapeuta com formação na área, pois o uso incorreto dos cristais pode trazer resultados muito aquém dos esperados.

Pode também fazer formação em cristaloterapia e aprender a trabalhar com cristais, gemas e pedras semi-preciosas.


Cristaloterapia: como escolher o seu primeiro cristal?


qual o cristal a escolher
Se quer ter sempre consigo um cristal para proteção, mas ainda não sabe o suficiente sobre as propriedades dos cristais e em que situações podem ser aplicados, deve então começar por comprar um cristal simples, como é o caso do quartzo transparente.

Se é uma pessoa já com alguma sensibilidade, olhe para os cristais de quartzo transparente, pegue naquele que, por algum motivo, lhe chama mais a atenção e segure-o nas suas mãos.

Deve, então, tentar sentir a vibração que cada cristal emite. Pode ser por uma mudança na temperatura das suas mãos ou mesmo até um tipo de formigueiro... sentiu? Então esse é o seu cristal.


Cristaloterapia: limpeza das pedras e cristais


incenso
Os cristais devem sempre ser limpos, mas essa limpeza é especialmente importante após a sua aquisição.

Lembre-se que pode já ter passado pelas mãos de muitas outras pessoas e ter absorvido energias e vibrações que não vai querer ter por perto.

Assim, quando comprar o seu primeiro cristal deve limpá-lo e isso pode ser feito de várias formas:


1. Água e sal grosso

Colocá-lo numa bacia com de vidro ou plástico com água e sal grosso e deixar o seu cristal submerso por 24h.

 


2. Chuva forte

Colocar o cristal sob chuvas fortes de forma a descarregarem as energias negativas para a terra.

 


3. Incenso

Acender um pau de incenso e colocar o cristal na direção do fumo. Repita este processo três vezes.

 


4. Selenita

Coloque os cristais a serem limpos junto da selenita durante uma noite ou um dia.


Cristaloterapia: como energizar os cristais?


rio
Há várias formas de energizar os cristais. É importante que após cada limpeza, volte a energiza-los.


1. Água de rios ou riachos

Se mora próximo de um rio ou riacho, aproveite esta localização de excelência para energizar os seus cristais. Coloque-nos sob a corrente e deixe que a água passe sobre os cristais por alguns minutos.

 


2. Luz do sol ou luz da lua

Exponha os cristais sob a luz solar pelo menos durante 6 horas ou, em alternativa, deixe-os ficar durante toda a noite expostos à luz da lua.

 


3. Terra

Uma boa forma de energizar cristais é enterrá-los e deixá-los sob a terra por 24 horas.

 


4. Drusa

Coloque os cristais junto a uma drusa de quartzo transparente durante algumas horas.

 


5. Selenita

A selenita tem a capacidade de limpar e energizar cristais. Coloque os seus cristais junto a uma selenita durante algumas horas.

 


6. Visualização

Se preferir pode pegar nos cristais a serem energizados e, um de cada vez, segure-o na mão e coloque sob água corrente. 

Visualize uma imensa luz dourada a penetrar o cristal. Mantenha o cristal submerso e a visualização durante pelo menos dois minutos.

Cuide da sua saúde. Consiga aqui consultas de clínica geral, medicina dentária e especialidade médica gratuitas!


Veja também: