Creatina ou glutamina: qual a melhor opção?

Creatina ou glutamina são dos suplementos mais utilizados atualmente e os seus benefícios são já conhecidos. Saiba qual o mais adequado ao seu caso. 

Creatina ou glutamina: qual a melhor opção?
Venha descobrir a resposta.

Qual será a melhor opção se o seu objetivo é a construção e o desenvolvimento muscular, creatina ou glutamina

Hoje em dia, estes são dois dos mais conhecidos suplementos no mundo da nutrição desportiva. Os seus estudos mais antigos remontam aos anos 70, e por isso percebe-se que são conhecidos de todos principalmente os da área do fitness e da musculação. 

Muitos anos de estudos equivalem não só a conhecimento sobre os seus benefícios e utilidades, mas também a mitos associados ao seu consumo.

Temos 10% de desconto em TODOS os produtos Prozis!
Utilize o código VIDA-ATIVA e comece já a treinar como um profissional. Usufrua agora do desconto!
O mais importante é saber que tipo de suplementos ajudam a alcançar os objetivos estabelecidos e os resultados pretendidos.

Vamos tentar ajudar a perceber qual é o melhor suplemento tendo em consideração os objetivos.


Creatina ou glutamina?


Tanto a creatina como glutamina desempenham um papel importante na construção muscular uma vez que são aminoácidos, ou seja, constituintes das proteínas, que tal como a maioria das pessoas dentro deste mundo da musculação sabem, a proteína é um dos principais requisitos para os resultados desejados (normalmente hipertrofia).

Apesar do corpo produzir tanto a creatina como a glutamina, a ingestão de suplementos ajuda na recuperação e na promoção da construção muscular.


A creatina

É talvez o suplemento presente no mercado mais popular entre os desportistas e bodybuilders.

As suas principais funções prendem-se com o aumento da força em treino intenso, a melhoria do desempenho físico e o aumento da massa magra, apesar de haver alguma variabilidade de resultados entre pessoas. Além disso, é uma óptima fonte de energia na hora do treino, principalmente para indivíduos que treinam os músculos intensamente em treinos de força.


► Saiba mais aqui sobre este suplemento.

 


A glutamina

A glutamina é o mais abundante dos aminoácidos encontrados no organismo. A toma de glutamina em forma de suplemento reforça o sistema imunitário e promove uma melhor digestão. Também ajuda a melhorar a função cerebral.

Quando se realiza um treino mais prolongado ou quando o corpo é sujeito a um stress anormal e extremo, a produção de glutamina pode não ser suficiente, pelo que a toma de suplementos podem ser aliados destas condições, melhorando-as.

►​ Saiba mais aqui sobre este suplemento.

 


Qual escolher: creatina ou glutamina?

Ambos os suplementos parecem benefícios para os atletas cujo objetivo é o desenvolvimento muscular, e por isso pode surgir a pergunta: porque não tomá-los juntos?

Segundo indicam alguns especialistas, não é recomendado o consumo de creatina e glutamina ao mesmo tempo, porque os aminoácidos vão tentar competir uns com os outros para a a absorção e o transporte celular. Ambos são transportados para as células pelo sódio, e por isso ao tomá-los os dois vai fazer com que um seja mais absorvido que o outro.

Dizer qual é o melhor, no caso do bodybuilding, pode ser complexo, já que a informação existente é um pouco controversa.

Tal como vimos anteriormente, a creatina ajuda mais na construção muscular enquanto que a glutamina melhora o sistema imunitário e ajuda a aumentar a massa muscular.

Se ficar na duvida de qual será melhor e se quiser tomar ambos, pode fazê-lo. Será uma questão de programar as tomas em momentos diferentes.
 
 

A toma de creatina pode ser feita uma hora antes ou após o exercício físico para aumentar a eficácia:
 
  • Antes do treino: os músculos precisam de ter todos os nutrientes necessários para aguentar a força e resistência durante o treino
  • Depois do treino: toda a energia foi gasta e é preciso hidratar o organismo. Tudo isso pode ser obtido pela ingestão dos suplementos de creatina.
 

Já a glutamina pode ser tomada antes de ir dormir ou quando acordar:
 
  • Antes de ir dormir: de acordo com alguns estudos, a glutamina contem hormonas que funcionam melhor quando a pessoa está a dormir.
  • Depois de acordar: para nutrir os músculos mal acorda a ingestão destes suplementos pode ser uma opção. Os músculos absorbem os nutrientes de forma rápida, e consequentemente desenvolvem melhor e o seu tempo de recuperação é mais reduzido. 


Nota


Todos os suplementos devem ser aconselhados por um profissional competente para o efeito. Cada individuo é diferente e por isso deve conhecer qual o suplemento mais indicado. 

Usufrua de um desconto de 10% em TODOS os produtos Prozis com o código VIDA-ATIVA

 

Veja também:

Ler mais