Como escolher um personal trainer

Como escolher um personal trainer

Falta-lhe motivação? Procure um personal trainer.

Um personal trainer pode ser a ajuda que precisa para se comprometer, de verdade, com o exercício físico. Conheça as nossas dicas para o ajudar a escolher.

Os personal trainers podem ajudá-lo a alcançar os seus objetivos de saúde e fitness. Se lhe falta motivação para sair de casa e treinar, talvez esteja na hora de contratar um personal trainer. Este não é um investimento para todas as carteiras mas esta é só mais uma razão para não faltar aos treinos. Até porque, se for cumpridor, os resultados são aparecem mais cedo do que espera. Antes de tomar uma decisão há alguns aspetos que deve considerar. 
 

6 Dicas para o ajudar a escolher um personal trainer


1. Requisitos

Que personal trainer é que procura? Alguém que o treine para uma competição ou apenas que o deixe em forma? Um especialista em corrida ou em musculação? Alguém simpático e compreensivo ou acha que precisa de um estilo mais militar? Procure um personal treinar que se ajuste às suas expectativas. É a única forma de funcionar.


Antes de iniciar o seu treino é importante fazer um diagnóstico. Calcule aqui o seu IMC e comece já a ficar em forma.
Já tem o seu plano de treinos?
Obtenha já o seu plano de treinos personalizado e atinja os seus objectivos! Fale com o nosso personal trainer e receba o seu plano de treinos.

2. Formação

Agora, procure um personal trainer que se enquadre nos seus requisitos, que tenha formação em Educação Física e seja credenciado pelo Instituto do Desporto de Portugal. Além disso, peça referências aos atuais e antigos alunos sobre o seu estilo de treino e resultados.

3. Entrevista

Encare a seleção como uma entrevista de emprego. É importante fazer as perguntas certas para perceber se é a pessoa ideal para si. Não tenha receio de perguntar sobre a sua filosofia de treino, como o vai ajudar a alcançar os objetivos, como avalia o desempenho, qual é a experiência que tem, que técnicas usa, qual o plano de treino, quantas vezes o vai alterar, etc.

4. Objetivos

Deixe bem claro quais são os seus objetivos. Um personal trainer, por muito bom que seja, não o vai conseguir ajudar se não for honesto com ele. Fale-lhe dos seus limites, das suas preguiças, daquilo que pretende alcançar e o que se propõe fazer (seja realista!). Só assim o personal trainer pode traçar o plano de treino mais adequado ao seu perfil.

5. Teste

Antes de se comprometer, proponha algumas sessões de teste para perceber se é o tipo de treino ou de pessoa que procura. Uma semana de treino pode ser suficiente para perceber o seu método e a personalidade e, assim, melhor decidir.

6. Online

Se sempre fez exercício, é motivado quanto baste e apenas precisa de ajuda para cumprir determinado objetivo, considere contratar um personal trainer online. Os casos de sucesso não faltam e são mesmo surpreendentes. 

Última dica: agora que já tem um personal trainer, se não chegar ao final do treino a transpirar e os exercícios forem relativamente fáceis, está na hora de mudar!




Veja também: