4 Formas de começar a dieta paleolítica

4 Formas de começar a dieta paleolítica

Conheça algumas dicas de introdução a esta dieta.

A dieta paleo é considerada uma boa opção para desportistas. 
 

Ouviu falar na dieta paleolítica (ou dieta paleo) e ficou curioso ou com vontade de experimentar para ver se obtém os resultados que tanto ambiciona? Pois bem, se é esse o caso saiba que esta dieta tem feito sucesso entre celebridades, atletas e não só. É o caso da dieta paleolítica da qual já aqui falamos. A dieta lançada por Loren Cordain, professor de Ciências da Saúde e Exercício na Colorado State University, tem como base os hábitos alimentares comuns desta era pré-histórica e promete aos seguidores uma boa ajuda para emagrecer sem cortes radicais na alimentação. Aliás, o fundador da dieta paleo, diz mesmo que adotar os hábitos alimentares dos “homens das cavernas” não só permite perder peso, como ainda ajuda a prevenir várias doenças. Mas há mais. Esta dieta está ainda associada ao desempenho desportivo. Como sabe, uma boa dieta alimentar tem uma forte (e direta) influência sobre o seu rendimento desportivo e ainda ajuda a perder esse peso a mais. E há quem defenda que determinadas dietas podem ajudar a potenciar os resultados. Interessado? Pois então, se é novo nestas andanças aqui ficam alguns passos que o podem ajudar a iniciar-se na dieta paleo.

Consulta Gratuita de Nutrição
Perca peso de forma saudável e não o volte a ganhar! Fale já com a nutricionista online!

4 Dicas para se iniciar na dieta Paleo

 

1. Introduza vegetais na sua alimentação

Se o conceito da dieta paleo é que a alimentação não inclua alimentos industrializados ou processados, privilegiando os alimentos provenientes da natureza, como carnes, peixes, frutas, legumes, por exemplo, os vegetais são um bom ponto de entrada. As opções são mais que muitas e pode consumi-los de variadíssimas formas.
 

2. Consuma gorduras saudáveis

Falamos de alimentos como abacate, azeite, óleo de coco, frutos secos ou salmão, por exemplo, que são ricos em gorduras saudáveis, os famosos ómegas, que têm inúmeros benefícios para a saúde e ainda ajudam a manter bons níveis de energia.
 

3. Coma mais vezes e de forma equilibrada

Se quer fazer uma boa alimentação deve fazê-lo de forma equilibrada, isso implica fazer refeições completas (com as doses certas de hidratos de carbono, proteínas, minerais, etc.) que o vão ajudar a suportar o dia e o desgaste energético a que vai estar sujeito; mas implica também cumprir a regra do comer mais vezes. Aliás, se bem se lembra esse é uma das regras básicas para quem quer perder ou controlar o peso e nem a dieta paleo foge à regra.
 

4. Tempere a sua comida

Como sabe, um dos princípios da dieta paleo é que os alimentos devem ser consumidos, preferencialmente, crus, mas isso não inibe que dê mais sabor à sua comida. Como? Simples. Use ervas aromáticas e especiarias. Muitas delas até ajudam a acelerar o metabolismo, logo, além de desenvolverem os sabores dos seus pratos ainda o podem ajudar a perder peso. Melhor impossível, certo?

 

Veja também: