Chá de curcuma: o segredo da Ásia

A curcuma é utilizada há milhares de anos na Ásia e, hoje em dia, é cada vez mais conhecida por todo o Mundo. Aprenda a fazer chá de curcuma e como este o pode ajudar.

Chá de curcuma: o segredo da Ásia
Descubra o chá de curcuma e todos os seus benefícios

A curcuma é o sabor exótico proveniente da Ásia que tem de experimentar.

Também conhecida como açafrão-da-terra, a curcuma é tem um sabor característico, numa mistura de picante e amargo, assim como uma fragrância suave semelhante a laranja e gengibre.

Esta planta possui um grande poder anti-inflamatório, eficaz no tratamento e prevenção de várias doenças, como a artrite reumatoide, o Alzheimer, o cancro e a diabetes.

Os chineses usam o chá de curcuma e a própria planta nos seus tratamentos medicinais há mais de quatro mil anos e seu consumo é bastante seguro, se conhecer a dose recomendada e as suas contraindicações.

Quer saber mais? Então não pare de ler!

O que é a curcuma?


curcuma

A curcuma (Curcuma Longa) é uma planta herbácea rizomatosa da família do gengibre, e tanto a sua folhagem como a raiz são bastante parecidas, diferenciando-se apenas pela coloração interna.

Calcule o seu IMC
Descubra o seu peso ideal e como atingir o seu objetivo! Calcular já.

A curcuma utilizada mais regularmente provém da raiz da planta que lhe deu o nome, sendo que a sua cor pode levar à confusão com o caril, que, por sua vez, é apenas uma mistura de diversas especiarias. Esta “prima” do gengibre, também chamada turmérico, raiz-de-sol ou açafrão-da-terra, é usada há mais de 2500 anos na Índia, começando por ser conhecida pelo seu uso como corante amarelo. Hoje em dia, a curcuma é utilizada como uma deliciosa especiaria na culinária do sul da Ásia e um pouco por todo o mundo.

O rizoma, a raiz da curcuma, é muito utilizado como anti-inflamatório na medicina chinesa e indiana e, por causa de sua cor amarela alaranjada, tem também sido utilizado ao longo da história como complemento da dieta e corante têxtil.

O rizoma pode ser consumido fresco ou na forma de extrato. Para se preparar o extrato, os rizomas são fervidos e secos em forno quente. Seguidamente, são moídos e obtém-se o pó que é normalmente utilizado como especiaria. Contudo, para além da forma de pó, a curcuma também pode ser utilizada ralada em cru, ou como suplemento na forma de cápsulas, extrato ou gotas.

Adicionalmente, o chá de curcuma também é uma ótima forma de adicionar esta planta à sua dieta.

A Curcumina

O principal ingrediente ativo da curcuma é a curcumina. A curcumina é um pigmento fenólico que tem um sabor ligeiramente amargo e picante e um cheiro característico semelhante à mostarda.

É a curcumina que dá à curcuma a propriedade anti-inflamatória e seu caráter preventivo em relação ao cancro e a outras doenças.

Perfil nutricional

A curcuma é uma excelente fonte de ferro e manganês, vitamina B6, fibras e potássio. Veja todos os valores de referência na tabela a seguir:

Os valores apresentados na tabela abaixo representam a percentagem da recomendação para consumo diário de cada nutriente fornecida por duas colheres de chá de curcuma ralada:

Energia total: 16kcal
Nutrientes %
Manganês 17
Ferro 10
Vitamina B6 5
Fibras 4
Cobre 3
Potássio 3

 

Benefícios do chá de curcuma


Os benefícios associados ao chá de curcuma são diversos, visto que este possui uma grande quantidade de nutrientes essenciais para saúde geral do corpo.

As propriedades anti-inflamatórias associadas à curcuma fazem deste chá um “medicamento” caseiro eficaz no alívio de sintomas e dores causadas por problemas de saúde e na melhoria do funcionamento geral do organismo.

Aqui estão alguns benefícios que irá sentir ao ingerir o chá de curcuma:

1. Melhora a digestão

melhora a digestao

A curcuma é considerada por muitos como uma especiaria digestiva, uma vez que estimula a secreção dos fluídos gástricos e promove uma melhor digestão dos alimentos.

Efetivamente, algumas pesquisas demonstraram que o consumo diário de 2-3g de curcuma por um período de dois meses melhorou consideravelmente as úlceras estomacais em até 75% dos indivíduos tratados.

O Instituto Nacional de Saúde do Estados Unidos afirmou também que a curcuma tem a capacidade de aumentar a produção da bílis, diminuindo assim a sensação de azia e indigestão.

Adicionalmente, o chá de curcuma é utilizado com frequência como auxílio no tratamento de úlceras gástricas e cálculos biliares e na diminuição do refluxo gastroesofágico, espasmos do cólon, inchaço, gases e indigestão.

2. Protege o fígado

Uma das vantagens do chá de curcuma é a sua capacidade de desintoxicação do corpo, proveniente das suas propriedades hepatoprotetoras.

Os componentes antioxidantes da curcuma atuam como um tónico biliar e facilitam a limpeza do fígado para garantir o seu bom funcionamento.

A curcumina, composto ativo da curcuma, poderá ajudar a reduzir a inflamação e auxiliar no processo de digestão das gorduras.

3. Efeito anti-depressivo

efeito anti depressivo

Na Medicina Tradicional Chinesa, o chá de curcuma tem sido utilizado como complemento ao tratamento contra a depressão e outros transtornos do sistema nervoso.

Os princípios ativos da raiz estimulam o sistema nervoso e melhoram o humor, através do aumento dos níveis de serotonina do organismo.

4. Fortalece o sistema imunitário

A curcuma é uma excelente fonte de vitaminas e minerais que fortalecem o sistema imunitário e aumentam as defesas contra os vírus e bactérias causadores de infeções.

5. Anti-inflamatório natural

propriedades anti inflamatorias

Uma das principais vantagens da curcuma para saúde é o seu efeito sobre a inflamação.

As propriedades anti-inflamatórias do chá de curcuma ajudam a aliviar os sintomas de doenças tais como a artrite reumatoide, osteoartrite, colite ulcerosa, dor de articulações ou dores de costas. Também é útil para aliviar o acne, eczema ou psoríase.

Adicionalmente, o chá de curcuma incentiva a cicatrização de cortes e feridas e diminui a probabilidade de infeção.

6. Poder antioxidante

Acredita-se que a oxidação das células e tecidos é um dos mecanismos que leva ao envelhecimento do corpo e desenvolvimento de algumas doenças. A oxidação é causada por radicais livres, moléculas que tendem a reagir com substâncias orgânicas, tais como os ácidos gordos e as proteínas.

A curcumina é um potente antioxidante da curcuma que tem a capacidade de neutralizar os radicais livres, devido à sua estrutura química.

Adicionalmente, a curcumina também aumenta a atividade de enzimas antioxidantes já existentes no corpo. Dessa forma, a curcumina age duplamente contra os radicais livres: primeiro, bloqueando-os diretamente e, em seguida, estimulando os mecanismos antioxidantes do próprio organismo.

7. Reduz o risco de doença cardiovascular

reduz o risco de doenca cardiovascular

As doenças cardíacas geralmente são causadas pela acumulação de placas de gordura nas artérias, obstruindo a circulação sanguínea normal e causando um problema de saúde chamado aterosclerose. As propriedades anti-inflamatórias da curcuma melhoram a circulação sanguínea, por manterem as artérias saudáveis e sem a formação dessas placas.

Assim, através da utilização da curcuma, é possível manter a circulação sanguínea saudável e possível diminuir os riscos de ataques cardíacos ou de um acidente vascular cerebral.

8. Diminui os níveis de colesterol

Pesquisas revelam que as moléculas de curcumina funcionam como mensageiras que comunicam com os genes das células hepáticas, direcionando-as para aumentar a produção de recetores para as lipoproteínas de baixa densidade (LDL, ou “mau colesterol”). Com mais recetores de LDL, as células do fígado são capazes de eliminar uma maior quantidade de colesterol do organismo do que naturalmente faria.

A curcumina estimula a produção de recetores de LDL em células hepáticas, sendo que quão maior é este número, maior é a quantidade de colesterol removida. Uma pesquisa mostrou que quando o fígado é frequentemente abordado com benefícios do chá de açafrão, os recetores de LDL aumentar muito mais.

9. Melhora a função cerebral e diminui o risco de doenças neurodegenerativas

melhoria da funcao cerebral

Os neurónios são células capazes de se dividir, multiplicar e formar novas ligações ao longo de toda a nossa vida. Têm surgido um grande número de estudos a sugerir que a curcumina ajuda a prevenir o aparecimento da doença de Alzheimer. Mas como?

Um dos principais fatores que promove uma boa função cerebral é o fator neurotrófico (ou BDNF – Brain-Derived Neurotrophic Factor), uma hormona de crescimento que funciona no cérebro. Muitos distúrbios cerebrais comuns, como a doença de Alzheimer, têm sido associados à diminuição dos níveis desta hormona.

A curcumina tem a capacidade de aumentar os níveis cerebrais de BDNF e com isso, retardar ou até mesmo estagnar a diminuição de funções cerebrais relacionadas à idade e promover uma boa função cerebral.

Através da ingestão do chá de curcuma, é possível acionar a produção de antioxidantes no cérebro e, de acordo com uma pesquisa realizada em 2013, quando tal sistema é acionado, este induz a produção dos antioxidantes que protegem o cérebro contra lesões oxidativas causadas por radicais livres. A oxidação é tida como um fator promotor do envelhecimento e responsável por doenças neurodegenerativas daí ser importante evitá-la sempre que possível.

10. Previne o aparecimento de cancro

O cancro é uma doença caracterizada pelo crescimento descontrolado de aglomerados de células no organismo. Pesquisas afirmam que a ingestão de curcuma pode interferir neste processo, bloqueando o crescimento, o desenvolvimento e a propagação do cancro a nível celular.

Embora não existam estudos conclusivos sobre o papel da curcuma na inibição do cancro, resultados preliminares indicam que esta pode retardar ou evitar o desenvolvimento de células cancerosas no cólon, na próstata e nos pulmões.

Acredita-se fortemente que as propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias da curcuma sejam as principais responsáveis por este benefício.

A curcumina também ajuda o corpo a destruir as células cancerosas que já sofreram mutação evitando que se espalhem através do corpo na forma de metástases. Efetivamente, um estudo americano de 2007 combinou a ingestão de curcumina com a quimioterapia no tratamento de cancro do intestino em células num laboratório. Os resultados mostraram que o tratamento combinado matou mais células cancerígenas do que a quimioterapia sozinha.

Novos estudos estão ainda a ser desenvolvidos para comprovar que doses elevadas de curcumina podem ajudar a tratar o cancro em seres humanos, no entanto, existem já evidências de que sua ingestão pode ajudar a prevenir a ocorrência de cancro, especialmente do sistema digestivo.

Contudo, é importante que não tente curar um cancro usando apenas suplementos naturais e ervas. Se estiver doente, procure o seu médico e um oncologista que o acompanhem e lhe façam as recomendações necessárias.

11. Previne o aparecimento de diabetes

previne o aparecimento da diabetes

Estudos preliminares sugerem que ingerir curcuma diariamente pode ser essencial para a redução de açúcar no sangue e para ajudar a reverter a resistência à insulina.

Além de prevenir as causas da diabetes, a curcuma também tem provado ajudar a reverter muitas das questões relacionadas com a resistência à insulina e a hiperglicemia, como, por exemplo, a retinopatia diabética.

Como preparar o chá de curcuma


A elaboração do chá de curcuma é tão fácil como qualquer outra infusão ou chá. A dose diária de curcuma aconselhada é de, em média, 5g.

Se quiser, pode misturar a planta com outras especiarias como a pimenta preta e o gengibre, por forma a potencializar os efeitos na saúde.

Chá de curcuma básico (1 dose)

cha de curcuma basico

– Ingredientes –

  • 1L de água
  • 1 colher de chá de curcuma (5 g)
  • Stevia a gosto (ideal é não utilizar qualquer tipo de adoçante)
  • Limão e canela a gosto (opcional)

– Modo de Preparação –

  1. Coloque a ferver a água até atingir o ponto de ebulição;
  2. Depois de fervida, acrescente a curcuma no recipiente, reduza o fogo e deixe durante 10 minutos com o recipiente parcialmente tapado;
  3. Coe o chá com o auxílio de um coador ou peneira;
  4. Adicione o resto dos ingredientes a gosto.

Chá de curcuma cremoso (2 doses)

cha de curcuma cremoso

– Ingredientes –

  • 2 colheres de chá de curcuma (10g)
  • 2 colheres de sopa de bebida de coco ou de amêndoas
  • 1 colher de chá de gengibre ralado
  • 2 chávenas de água
  • 1 colher de chá de mel
  • 1 colher de chá de canela em pó
  • Meia colher de chá de essência de baunilha

– Modo de Preparação –

  1. Coloque a ferver a água até atingir o ponto de ebulição;
  2. Depois de fervida, adicione a curcuma e o gengibre e cubra durante alguns minutos;
  3. Aqueça a bebida de coco ou de amêndoas à parte;
  4. Adicione a canela, baunilha e o mel;
  5. Misture as duas preparações.

 

Precauções e contra-indicações


Precauções com o chá de curcuma

nauseas

  • Controle as doses, é necessário não ultrapassar a dosagem recomendada – 5g.
  • Evite a curcuma se for diabético, pois esta pode diminuir os níveis de açúcar no sangue e interferir com a medicação que utiliza. Pergunte sempre primeiro ao seu médico.
  • O princípio ativo da curcuma pode interferir na ação de anticoagulantes como a aspirina e na absorção de medicamentos não esteroides, anti-inflamatórios e outros suplementos. Verifique sempre primeiro com o seu médico.

A curcuma, quando consumida em excesso, pode levar a:

  • Náuseas
  • Diarreias
  • Contrações da vesícula biliar
  • Hipotensão
  • Hipoglicemia
  • Dores no estômago
  • Diminuição na absorção de ferro

Deste modo, não ultrapasse a dose diária de 5g de curcuma por forma a não sofrer consequências negativas.

Contra-indicações do chá de curcuma

gravida

  • Grávida ou a amamentar;
  • Úlceras gástricas ou gastrite, devido às interações que pode existir com a medicação;
  • Se tiver retirado a vesícula;
  • Alergia à curcuma.

Calcule o seu IMC, descubra o seu peso ideal e a melhor forma de atingir os seus objetivos!

Veja também:

Ler mais