Chá de boldo: benefícios e precauções

O chá de boldo é ideal para o fígado e ainda ameniza os efeitos desagradáveis causados pela ingestão de bebidas alcoólicas ou gorduras em excesso.

Chá de boldo: benefícios e precauções
Saiba por que deve consumir este chá.

Boldo é uma planta que cresce nas montanhas dos Andes, na América do Sul, e possui um aroma intenso e parecido ao da hortelã.

Esta planta é usualmente ingerida na forma de chá de boldo, oferecendo diversos benefícios a quem o consome, e vão desde o combate ao crescimento bacteriano na urina até à redução dos efeitos da ingestão de bebidas alcoólicas.

Diferentes tipos de boldo


O boldo original é o boldo-do-Chile, com o nome científico Peumus boldus, que cresce apenas em regiões montanhosas da América Central.

O boldo-da-terra, por exemplo, é originário do Brasil, pertence à família Lamiaceae (Coleus barbatus ou Plectranthus barbatus) e, embora também seja usado para distúrbios hepáticos, este possui composição química e propriedades diferentes.

Adicionalmente, ainda existe o boldo-miúdo, o boldo chinês e o boldo-baiano, entre outros. Veja alguns diferentes tipos de boldo e as suas características principais:

Boldo-do-chile (Peumus boldus)

boldo do chile

  • Origem no Chile;
  • Alcança de 12 a 15 metros em altura;
  • Possui propriedades diuréticas, hepáticas e estomacais;
  • Efeitos colaterais: pode provocar o aborto e gerar hemorróidas internas. Se utilizado durante grandes períodos de tempo, pode gerar irritação gástrica.

Boldo-da-terra (Coleus barbatus ou Plectranthus barbatus)

bolbo da terra

  • Origem em África;
  • Alcança de 1 a 2 metros em altura;
  • Possui folhas aveludadas e tem produção de flores em azul;
  • Possui propriedades analgésicas, combate a azia e estimula a digestão;
  • Efeitos colaterais: ao ser utilizado por grandes períodos de tempo, pode gerar irritação gástrica.

Boldo-baiano (Vernonia condensata)

boldo baiano

  • Origem em África;
  • Alcança de 2 a 5 metros em altura;
  • Possui efeito carminativo, com alívio de sintomas da gastrite e úlcera;
  • Sem efeitos colaterais confirmados.

 

Características nutricionais do boldo


boldo

O boldo possui lactona, substância de sabor amargo que é bastante eficaz a digerir gorduras.

As folhas do boldo apresentam ainda vários fitoquímicos, que se caracterizam por compostos antioxidantes presentes de modo natural nas plantas, que auxiliam a prevenção e o tratamento de diversos problemas no organismo. 

Benefícios do consumo de chá de boldo


combater a azia e cha de boldo

A utilização desta planta para fins medicinais parece ser longa, assim como a sua introdução na alimentação dos povos sul-americanos.

Troque uma caipirinha por uma ida ao ginásio
Treine no Solinca por apenas 3,99€ por semana e volte a ficar em forma. Aproveite já!

1. Melhora o funcionamento do fígado

O chá de boldo é uma excelente planta que vai ajudar a melhorar o funcionamento do fígado. Isto deve-se à presença de lactona, uma aliada na digestão de gorduras. Também devido à própria capacidade de estimular a produção de bílis, pelo seu efeito hepatoprotetor e pela presença da boldina, um alcalóide presente no boldo, que se caracteriza pela sua capacidade de desintoxicação.

Com propriedades anti-inflamatórias, o boldo pode também diminuir a inflamação do fígado, protegendo e promovendo a capacidade de regeneração das células hepáticas que se encontram sobrecarregadas depois de uma época de exageros.

O chá de boldo protege também as células do fígado de danos provocadas por toxinas acumuladas, além de reparar os danos dos radicais livres, graças à sua capacidade antioxidante.

2. Ajuda na desintoxicação do organismo

Esta bebida é muito conhecida devido à sua capacidade de acalmar o organismo após exageros na dieta, principalmente quando a ingestão de lípidos é superior ao habitual.

3. Atenua sintomas do consumo excessivo de álcool

Tem o poder de acalmar os sintomas da ingestão excessiva de álcool no organismo, nomeadamente dores de cabeça, enjoos, dores abdominais, tontura e mal-estar.

4. Ajuda a reduzir o inchaço da barriga

Quem procura reduzir o inchaço da barriga, pode encontrar aqui uma boa solução, pois esta infusão ajuda a combater a formação de gases e os problemas de prisão de ventre.

As substâncias tóxicas absorvidas pelo organismo alcançam o fígado por via linfática. Pelo fígado, são metabolizadas e neutralizadas e, posteriormente, expelidas.

Alguns estudos têm demonstrado que o boldo pode contribuir para a remoção dos resíduos e toxinas do fígado, antes que os mesmos sejam acumulados, através de um aumento da diurese. Assim, é possível proteger as células hepáticas.

5. Diminui flatulência

O boldo diminui a flatulência por facilitar o processo da digestão, reduzindo o número de resíduos alimentares não digeridos no intestino.

Estes resíduos, em circunstâncias normais, sofreriam fermentação pelas bactérias intestinais, formando assim os gases. Ao reduzi-los, este efeito também é reduzido.

6. Melhora o funcionamento biliar

Ao aumentar a quantidade de bílis libertada, o chá boldo ajuda a vesícula biliar a ser esvaziada mais frequentemente, eliminando com facilidade os cálculos biliares antes do seu tamanho se tornar problemático.

7. Auxilia na digestão

A boldina é conhecida pelas suas propriedades estimulantes do fluxo biliar e do funcionamento do fígado.

A bílis possui uma função essencial na digestão de gorduras, logo o seu estímulo vai promover uma melhor digestão e, assim, redução da sensação de inchaço, azia e mau-estar.

8. Benéfico para imunidade

Uma pesquisa demonstrou que o facto do boldo possuir agentes antibacterianos e antimicrobianas naturais pode ajudar os mecanismos de defesa a reduzir os agentes infecciosos dentro de seu corpo.

Como um agente anti-inflamatório, o chá de boldo pode ajudar a aliviar a inflamação excessiva, fazendo com que os mecanismos de defesa sejam mais eficazes na proteção do corpo, sem ser impedido pela inflamação.

Adicionalmente, o boldo é rico em antioxidantes, que irão manter os radicais livres longe de danificar as células que, caso contrário, iriam tornar o corpo mais suscetível à infecção.

9. Promove o bom funcionamento intestinal

O boldo pode ser utilizado como um laxante suave, para além de ter capacidades antiespasmódicas que diminuem as cólicas intestinais.

No entanto, deve ser ingerido moderadamente, já que em grandes quantidades ou durante longos períodos de tempo, pode gerar irritação gástrica e diarreias graves.

Outros benefícios do consumo de chá de boldo:

Mas existem muitos mais benefícios do consumo deste tipo de chá. Além de ajudar no bom funcionamento do fígado e promover a melhoria da digestão, o chá de boldo possui outros poderes terapêuticas:

  • Alivia os sintomas de quem sofre de intolerância alimentar;
  • É antioxidante, antibacteriano e antifúngico;
  • Tem efeito calmante, aliviando o stress e promovendo a melhor qualidade do sono.
  • Combate problemas de prisão de ventre.

 

O chá de boldo emagrece


perda de peso e cha de boldo

Então, a boa notícia é que se deseja perder peso, pode ter o chá de boldo como um grande aliado, visto que ele melhora o funcionamento do seu sistema digestivo.

Deste modo, o seu metabolismo irá funcionar muito mais rapidamente e colaborar para um gasto acelerado de gorduras acumuladas, além de ajudar também no controlo do apetite.

A má notícia é que o chá de boldo não é milagroso e se quiser efetivamente atingir bons e duradouros resultados, deve procurar um profissional de nutrição e iniciar uma dieta saudável e equilibrada.

Com que frequência e a que altura do dia deve o chá de boldo ser ingerido?


Os estudos realizados sugerem que a dose recomendada é de 2,5 g das folhas secas de boldo diariamente. Esta dose é equivalente a 3 colheres de chá, que devem ser distribuídas ao longo do dia.

Deste modo, o chá de boldo pode ser consumido até três vezes ao dia, sendo que este será mais eficaz após as refeições principais.

Contudo, se tomar uma chávena de chá de boldo antes de se deitar, também pode ser uma excelente forma de ter uma noite de sono tranquila e prevenir indisposições no dia seguinte.

Não exceda as quantidades aconselhadas e não ingira o chá de boldo durante um período longo de tempo.

Como fazer chá de boldo?


 como fazer cha de boldo

Para fazer chá de boldo:

  1. Coloque água a ferver e prepare folhas secas;
  2. Quando tiver a água a ferver, adicione as folhas da planta e deixe repousar cerca de 10 ou 15 minutos;
  3. Após, esse período, pode beber.

É importante saber ainda que para obter mais dos benefícios do chá, deve consumi-lo mais do que uma vez por dia, não ultrapassando as 3 tomas diárias.

Prefira a ingestão do chá sem açúcar, principalmente se estiver a seguir um plano alimentar, pois assim a infusão não terá nenhum valor calórico e desfruta igualmente dos benefícios.

Precauções importantes


gravidez e cha de boldo

O chá de boldo não deve ser consumido com uma dose acima da recomendada ou num período de tempo superior a 4 semanas, na possibilidade de causar diarreia, vómitos e problemas relacionados com o sistema nervoso, como convulsões.

Apesar de trazer diversos benefícios à saúde, o chá de boldo é contra-indicado para quem sofre de obstrução da vesícula biliar.

As mulheres grávidas e a amamentar também não devem consumir a infusão de boldo, pois é um agente causador de abortos e malformações no feto.

Pessoas com doenças do fígado não devem consumir este tipo de chá pois o mesmo pode danificar ainda mais o órgão.

Qualquer pessoa que tenha uma cirurgia marcada deve igualmente ter precaução no consumo desta planta. O ideal é não consumir durante as duas semanas que antecedem a intervenção cirúrgica, uma vez que o boldo pode aumentar a chance de hemorragia.

No que diz respeito às interações medicamentosas, já foi relatada a interação do chá de boldo com a varfarina, um fármaco anticoagulante, cujo objetivo é tornar o sangue mais fino.

A interação boldo/varfarina potencializa o efeito anticoagulante e aumenta o risco de hemorragias.

Deste modo, indivíduos que utilizam a varfarina não devem ingerir o chá de boldo sem o conhecimento do seu médico.

Como plantar boldo em sua casa


plantar boldo

O boldo é uma planta que gosta muito de sol e por isso é recomendado que o coloque sempre num local onde possa solarengo a qualquer hora do dia.

Embora se adapte a qualquer clima, o boldo não gosta de muito frio, mas não precisa de muitos cuidados, nem de ser podado constantemente.

No quintal

Para plantar o boldo no seu quintal, apenas precisa de um ramo de boldo com folhas e um pedaço do ramo principal da árvore.

Depois, é necessário cavar um buraco de aproximadamente 15 cm de profundidade onde o irá colocar e cobrir posteriormente com terra.

É possível que as folhas caiam, mas se o ramo continuar verde é sinal de que o boldo irá florescer.

Num vaso de plantas

O boldo também pode ser plantado num vaso, desde que esse tenha pelo menos 30 cm de altura, para conseguir suportar o crescimento da planta.

É possível plantar no vaso exatamente da mesma forma que no quintal, mas também é possível comprar uma muda do boldo ou suas sementes para enterrar na terra húmida.

Em ambos os casos

Não é necessário regar o boldo diariamente, mas deve fazê-lo sempre que achar que a terra está demasiado seca.

Para colher as folhas para preparação de chás e infusões, basta cortar a parte final das folhas do boldo e usá-las ainda frescas ou deixá-las secar ao sol durante alguns dias. Depois de secas, as folhas devem ser guardadas enroladas num jornal ou colocadas num recipiente de vidro, devidamente tapado.

Nota importante…


O boldo pode ser utilizado em dietas de emagrecimento e em casos de reeducação alimentar.

No entanto, é sempre importante ter acompanhamento de um nutricionista que possa equilibrar a dieta tendo em consideração cada individuo para manter o organismo saudável.

Troque uma saída à noite por uma ida ao ginásio. Inscreva-se já no Solinca por apenas 3,99€ por semana!

Veja também:

Ler mais