Ceia de Natal Portuguesa: da origem à tradição

Ceia de Natal Portuguesa: da origem à tradição

Está quase a chegar a época mais mágica do ano

É sempre especial onde quer que estejamos, mas a ceia de Natal portuguesa traz delícias e tradições muito especiais. Reconhece-as?

A ceia de Natal portuguesa reúne a família à volta de uma mesa farta em delícias, amor, sorrisos, confidências e partilha.

Mas como surgiu esta tradição que se refere não só à ceia em si, mas também à entrega de presentes, como demonstração de carinho e amizade pelas pessoas que nos são especiais? 


História e tradição


A tradição da consoada surgiu na Roma antiga e tem por base costumes pré cristãos: em dezembro, durante as festas de homenagem ao deus Saturno, em Roma, as pessoas trocavam entre si oferendas tais como, estatuetas ou velas de cera.

Tudo para manter a forma
Tenha acesso às melhores dicas de nutrição! Receba já conteúdo exclusivo!
Foi a partir do séc. VII, com o Papa Bonifácio, que a consoada e a entrega de presentes se tornaram numa tradição cristã, com o próprio Papa a distribuir pão entre o povo e recebendo presentes variados.

A ceia de Natal ou chamada consoada, apesar de estar assim associada a uma tradição cristã, é realizada hoje em dia em quase todo o mundo e por muitos não cristãos.

Os pratos confecionados são diversos e dependem da região onde se celebra, mas o objetivo é sempre o mesmo: unir a família à volta da mesa de jantar para confraternizar e celebrar um tempo de paz e amor.


Ceia de Natal portuguesa: os pratos típicos


polvo
Hoje em dia, o bacalhau com batata e couve cozida é um dos pratos tradicionais da ceia de Natal portuguesa, fazendo também parte da tradição o peru, o cabrito assado ou o polvo. Para a sobremesa não faltam opções: pão de ló, bolo rei, frutos secos, leite creme, rabanadas, sonhos, filhoses, aletria, chocolates…

A cozinha tradicional portuguesa é considerada uma das mais sugestivas e saborosas, contando com uma variedade de receitas e ingredientes regionais que lhe dão um colorido e paladar únicos.

Cada região tem as suas tradições gastronómicas e, no Natal, os pratos típicos de cada região ganham especial relevo e importância, também por ser uma festa de família, em que se reavivam costumes antigos.

O cabrito assado é um dos pratos tradicionalmente servidos, especialmente nas regiões do Norte e Beiras, em que a paisagem natural serrana é propícia à criação deste tipo de animais.

O bacalhau e o polvo continuam a ser atores principais, havendo terras que mantêm tradições próprias, como o capão em Freamunde, o litão (um peixe da família do tubarão) em Olhão, o borrego no ribatejo e as sandes de carne em vinha de alhos na Madeira.


Ceia de Natal portuguesa: por que comemos bacalhau?


bacalhau
Na ceia de Natal portuguesa manda a tradição que se coma bacalhau com batatas e couves cozidas, regado com um bom azeite.

Esta tradição surgiu na Idade Média, com o calendário cristão, onde as pessoas faziam jejum, na altura das principais festas católicas: o Natal e a páscoa.

Como não se podia comer carne nestas alturas, e o bacalhau era o peixe mais barato, banalizou-se esse costume. A tradição do jejum foi desaparecendo, mas o bacalhau na mesa da ceia de Natal portuguesa é coisa que não pode faltar.  


Ceia de Natal portuguesa mais saudável


Já sonha com a mesa cheia de sonhos, filhoses, rabanadas, bolos, arroz-doce, chocolates e o tronco com fios de ovos? Para muitos, o Natal é época de perdição numa mesa repleta de coisas boas que raramente se comem ao longo do ano.

Para não cometer grandes exageros siga algumas dicas para atenuar um pouco os efeitos das comidas de Natal:
 
  • Consuma menos doces e fritos; 
  • Reduza a quantidade de carne ou peixe consumido - em vez de um peru com quatro quilos, opte por um de três, por exemplo;
  • Corte também nos hidratos (batatas ou arroz), privilegiando o consumo de legumes;
  • Tenha sempre fruta disponível para a sobremesa;
  • Opte por produtos integrais; 
  • Prefira os assados com pouca gordura;
  • Faça refogados em cru.

Feliz Natal!

Saiba as melhores dicas para ficar em forma !

 

Veja também: