Carboxiterapia: CO2 para acabar com celulite e estrias

Carboxiterapia: CO2 para acabar com celulite e estrias

Diga adeus às gorduras localizadas!

A carboxiterapia chegou para eliminar de uma vez por todas a celulite. Saiba mais sobre este tratamento revolucionário. 

A carboxiterapia é um revolucionário procedimento estético que usa o dióxido de carbono para tratar estrias, rugas, olheiras, varizes e celulite mas também cicatrizes e psoríase. O tratamento com carboxiterapia pode ser feito em várias partes do corpo, nomeadamente, barriga, braços, nádegas, pernas, pescoço e no rosto. Apesar de ser uma nova técnica no tratamento estético, já é usada desde 1920, em França, para o tratamento de várias patologias, especialmente problemas circulatórios.

Tome nota:
O IMC é uma forma simples e eficaz de perceber se o seu peso é o ideal. Faça o teste agora.

Como funciona a carboxiterapia?


A carboxiterapia não implica cirurgia, sedação ou internamento, no entanto, deve ser realizada apenas por profissionais especializados, como cirurgiões plásticos ou dermatologistas. O tratamento é feito pela infiltração do dióxido de carbono com o recurso a agulhas muito finas, com apenas 3 mm de diâmetro. 

O dióxido de carbono (CO2) é naturalmente produzido pelo nosso organismo pelo que é seguro e eficaz. O dióxido de carbono usado na carboxiterapia elimina as células gordas, favorece a formação de colagénio, de elastina e provoca uma vasodilatação que permite um maior fluxo sanguíneo nos tecidos. Resultado: mais oxigénio na zona tratada, menos células gordas, uma pele rejuvenescida e mais firme. 

Na maioria dos casos, os resultados da carboxiterapia são mais visíveis em estados iniciais, especialmente, quando se trata da celulite. No caso das estrias, apenas quando estas ainda têm um tom rosado, permitindo a regeneração dos tecidos. 

E dói? Ainda que os prestadores deste tratamento garantam que é indolor e pode, apenas, sentir uma leve picada e ardor, a verdade é que quem já fez carboxiterapia afirma que a dor não é nada meiga, por isso, esteja preparado. 
 

Quanto tempo demora o tratamento?


Cada sessão de carboxiterapia pode demorar entre 10 a 30 minutos, sendo que, para eliminar a celulite, pode precisar entre 10 a 15 sessões, dependendo da extensão, mas os resultados começam a notar-se logo após a quinta sessão. Regra geral, os resultados mantêm-se por seis meses, no entanto, tudo depende do cuidado que tem com o seu corpo. 
 

Quais são as contraindicações?


Podem acontecer pequenos hematomas, resultantes da picada, que desaparecem em poucos dias. De resto, não são conhecidas outras contraindicações, uma vez que o dióxido de carbono é um gás seguro, produzido pelo nosso organismo, logo não provoca alergias e o tratamento é seguro. 

Contudo, reforçamos que é fundamental que seja realizado por profissionais especializados. Qualquer complicação apenas acontece se a técnica for mal feita e atinja, por exemplo, um vaso sanguíneo.

Por fim, um conselho: de nada lhe serve investir tempo e dinheiro num tratamento de carboxiterapia se, depois, não alterar drasticamente os seus hábitos alimentares. A única forma de não recuperar a flacidez é através de uma alimentação saudável e exercício físico diário.

 

Veja também: