Descubra 8 caminhadas para fazer em 2016

Descubra 8 caminhadas para fazer em 2016

Caminhar em grupo com cenários deslumbrantes.

As caminhadas em grupo na natureza podem revelar-se o escape do stress que, por vezes, tanto necessitamos. Conheça 8 caminhadas que pode fazer em 2016.

Preparar a mochila e partir à aventu¬ra, desfrutando em pleno do contacto com a natureza é o irresistível apelo das caminhadas, igualmente conhecidas por trekking, ou pedestrianismo. 

Quem embarca nesta viagem acaba quase sempre por repetir a experiência.

E a razão é simples: a aventura não se encontra no desafio ou ultrapassagem de dificuldades, mas no simples desfrutar de um percurso a pé, acompanhado por guias da especialidade ou em trilhos previamente estabelecidos e identificados em cartas topográficas.
 

Aventure-se nestes trilhos


Quer receber um plano de treinos?
Obtenha já o seu plano de treinos personalizado e atinja os seus objectivos! Fale com o nosso personal trainer e receba o seu plano de treinos.
Durante horas de caminhadas, seguindo trilhos um pouco por todo o país, atreva-se a alcançar lugares recônditos, onde só a pé se pode chegar, ao mesmo tempo que contacta diretamente com a natureza. 

Descubra 8 trilhos que pode percorrer em grupo em Portugal, e aproveite esta pequena viagem para abrandar o ritmo e encontrar a passada certa na sua vida.



1. Trilho de Vilar do Monte, Alto Minho

Imagem: borealis.pt
Por entre socalcos e bosques, a Borealis convida-o a descobrir o Trilho de Vilar do Monte ao Corno do Bico, por terras limianas, integrado na paisagem protegida de Corno do Bico. Esta caminhada de 15 Km vai proporcionar-lhe um dia repleto de beleza e ruralidade enquanto desfruta de deslumbrantes paisagens do Alto Minho e fica em perfeita harmonia com a natureza.

Por entre densos e verdejantes carvalhais vai ter a oportunidade de caminhar num terreno único e inigualável, rico em património natural e cultural, do qual se destaca os tradicionais moinhos e espigueiros, símbolos icónicos da região.

Data: 10 de julho 
Duração: 1 dia
Preço: 10 € por pessoa


► Para mais informações

 
 



2. Trilho Aldeias Típicas, Gerês


O Gerês é um território de excelência para a prática de caminhadas. Desenvolvido ao longo de 7 km de deslumbrantes paisagens, e com a Serra Amarela como pano de fundo, o trilho das Aldeias Típicas é um convite à contemplação da beleza e ruralidade das aldeias de Brufe, Cutelo e Cortinhas. 

Por entre as típicas casas de granito, espigueiros, calçada antiga e outras caraterísticas destas pitorescas aldeias, este trilho leva-nos aos caminhos antigamente utilizados para conduzir os animais pelos pastores até à montanha da Serra Amarela.

Datas: 21 de maio; 5 de julho; 9 de agosto e 20 novembro
Duração: aproximadamente 4 horas


► Para mais informações


 



3. Rota das Tradições do Xisto – Penedos de Góis – Serra da Lousã


Percorra as Aldeias do Xisto da Serra da Lousã e contacte com características e tradições únicas do território do xisto. Visite as aldeias de Aigra Nova, Aigra Velha, Comareira e Pena e conheça as hortas e culturas serranas, o forno e moinho comunitários, entre outros elementos tradicionais. 

Nesta rota terá ainda oportunidade de observar os fósseis marinhos no Penedo de Góis e o sistema defensivo da aldeia de Aigra Velha, apenas visto nas aldeias e vilas medievais mais antigas do nosso país. Com alguma probabilidade será possível avistar uma rapina ou uma manada de veados ao longo dos 12 Km que perfazem esta rota.

Datas: Ao longo do ano
Duração: 5 a 6 horas.
Preço: 10€ por pessoa


► Para mais informações

 
 



4. Trilho da Água, Mata do Buçaco 

Imagem: fmb.pt
Visite Portugal ao melhor preço!
E na hora de dormir, desfrute do melhor hotel sem pensar na carteira. Pronto para acordar noutra cama? Encontre aqui o hotel certo para uma estadia inesquecível
A Mata do Buçaco encontra-se inserida no extremo noroeste da Serra do Buçaco, um local onde habita uma floresta exuberante, pontuada com vários lagos e fontes que fascinam quem a visita. 

Ao longo de um percurso que totaliza 3 Km e 295m terá a oportunidade de passar por pontos como Vale dos Fetos, Fonte Fria, Fonte de Santa Teresa, Fonte de Santo Elias, Fonte de S. Silvestre e Cascata e deslumbrar-se com a sua beleza natural.

Datas: Ao longo do ano
Duração aproximada: 2 horas
Preço: 7€ por pessoa


► Para mais informações

 
 



5. Pôr-do-sol Atlântico, Sintra

Imagem: sintraspots.com Tendo como ponto de partida o Cabo da Roca, aventure-se por aldeias de outro tempo, como Ulgueira e Almoçageme. Ao longo de 10 km vai poder percorrer trilhos que o levam à descoberta de praias paradisíacas, das suas lendas e histórias, tendo sempre o Atlântico por companhia.

E como não haveria melhor forma de terminar estas caminhadas, acabe este passeio a assistir ao derradeiro pôr-do-sol da Europa.

Data: disponível brevemente
Duração: 3 a 4 horas
Preço: 10€ por pessoa


► Para mais informações


 



6. Topo da Serra da Arrábida - Formosinho


Se gosta de caminhadas, mas receia aventurar-se em trilhos muito distantes, esta opção é a ideal. 

Com apenas 3 km de distância, os participantes desta caminhada têm a oportunidade de ir ao cimo da serra da Arrábida (Formosinho) e avistar toda a zona envolvente. A sul, o Atlântico e a península de Troia. A este, o Sado, a cidade de Setúbal e Palmela. A norte, o Tejo, Lisboa, toda a linha de Cascais, incluindo a serra de Sintra. A oeste, a serra do Risco. 

O início do trajeto começa na zona sul da Arrábida, junto ao Convento, e através de trilhos definidos os participantes podem observar a flora e fauna que envolve a região.

Data: 16 de outubro
Duração: aproximadamente 3 horas


► Para mais informações


 



7. Rota Vicentina de Almograve a Odeceixe


Sempre junto ao mar, seguindo os caminhos usados pelas gentes locais para acesso às praias e pesqueiros, o grupo de participantes vai percorrer cerca de 40 km, divididos em duas etapas de dois dias, no Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina. 

Considerado por muitos como o pedaço de costa mais selvagem da Europa, esta região alberga uma fauna e flora únicas, bem como paisagens de cortar a respiração. Praias selvagens, altas falésias, pequenos portos de pesca artesanal e o mítico Cabo Sardão são alguns dos pontos que poderá observar nesta caminhada e que lhe irão transmitir sensações únicas de liberdade.

Datas: 11 e 12 de junho
Duração: 2 dias


► Para mais informações


 



8. Trilho da Lagoa das Furnas, Açores

Imagem: facebook.com/amigosdosacores
Por entre socalcos e bosques, a Borealis convida-o a descobrir o Trilho de Vilar do Monte ao Corno do Bico, por terras limianas, integrado na paisagem protegida de Corno do Bico. Esta caminhada de 15 Km vai proporcionar-lhe um dia repleto de beleza e ruralidade enquanto desfruta de deslumbrantes paisagens do Alto Minho e fica em perfeita harmonia com a natureza.

O percurso começa nas Três Bicas, na freguesia das Furnas, e segue em direção à Lagoa das Furnas. Mas antes de lá chegarem, os caminhantes vão passar pelas Caldeiras da Lagoa, onde se encontram frequentemente turistas a observar os habitantes locais que aproveitam a elevada temperatura do solo para fazerem cozinhados tradicionais.

A caminhada continua sempre junto à Margem da Lagoa, onde se pode observar a sua vegetação e a riqueza de fauna e flora que a habita. Com a extensão de 9,5 km, o percurso termina exatamente onde começou. 

Data: 8 de outubro
Duração: 4 horas


► Para mais informações

 

Receba aqui o seu plano de treinos!
 

Veja também: