Ashwagandha: o elemento chave para mais saúde

A Ashwagandha está entre as 10 ervas mais benéficas para o ser humano. Leia o nosso artigo e fique a conhecer melhor esta planta medicinal indiana.

Ashwagandha: o elemento chave para mais saúde
Fortalecimento do sistema imunitário, melhoria do rendimento físico e mental e adaptação ao stress são alguns deles.

A Ashwagandha, é uma planta originária das montanhas altas dos Himalaias, que tem sido utilizada há milhares de anos na medicina Ayuvérdica.

Também conhecida pelo seu nome indiano “Withania somnifera”, é uma das plantas medicinais indianas mais utilizadas, sendo as suas raízes extremamente benéficas a diversos níveis da saúde.

O nome ashwagandha traduz-se como “sopro de um cavalo”, uma denominação que faz referência tanto o ao seu cheiro forte como à virilidade característica de um cavalo, a qual está associada ao uso tradicional desta planta para o sistema reprodutor masculino.

Devido às suas características extraordinárias é considerada uma das melhores plantas medicinais. A sua utilização é segura e bem tolerada pelo organismo humano.

Composição da Ashwagandha


ASHWAGANDHA

A Ashwagandha possui na sua constituição mais de 35 compostos biológicos, nomeadamente, os alcaloides, lactonas esteroidais, saponinas, whitanolideos, ferro, entre outros.

De facto, esta sua vasta e rica composição despoleta vários mecanismos fisiológicos benéficos para a nossa saúde, o que contribui para melhorar a vitalidade e aumentar a longevidade.

Benefícios da Ashwagandha para a saúde


1. Reduz o stress e a fadiga

reduz o stress e a fadiga

A Ashwagandha é um poderoso tranquilizante do sistema nervoso central, devido à sua composição em alcaloides, o que ajuda também a evitar insónias e a melhorar a qualidade do sono.

Troque uma caipirinha por uma ida ao ginásio
Treine no Solinca por apenas 3,99€ por semana e volte a ficar em forma. Aproveite já!

Seja qual for a razão, a reação ao stress leva o organismo a sofrer uma série de alterações fisiológicas que o prepara para lidar com o fator stressante, voltando depois a alcançar o equilíbrio anterior.

A curto prazo, a resposta ao stress é um fator positivo, mas se uma pessoa é exposta ao stress de forma crónica, o corpo perde gradualmente a capacidade de se adaptar e retornar ao equilíbrio, o que leva a uma diminuição da saúde e o bem-estar.

A Ashwagandha tem a capacidade de aliviar os sintomas de stress crónico e devolver ao organismo o seu equilíbrio natural, principalmente através da redução dos níveis de cortisol, a qual promove uma diminuição significativa da irritabilidade, ansiedade, insónia, dificuldade de concentração, fadiga e dor de cabeça.

Este retorno ao equilíbrio melhora também a qualidade do sono, estimulando o funcionamento normal dos ritmos circadianos de produção de melatonina.

Além disso, tem propriedades anti-convulsionantes, podendo ser utilizada para tratar crises convulsivas e minimizar ataques de epilepsia.

2. Melhora o rendimento cognitivo

Esta planta é capaz de melhorar a atenção, a capacidade cognitiva e a memória, parecendo aumentar o desempenho mental e proporcionar uma maior clareza mental e mais concentração através dos seguintes mecanismos:

1. À medida que envelhecemos ou sofremos de stress crónico, aumenta a atividade da acetilcolinesterase, uma enzima que degrada a acetilcolina, um neurotransmissor que desempenha um papel crucial na comunicação entre neurónios.

A Ashwagandha melhora o rendimento mental devido à ação dos seus compostos withanolides bioativos, que inibem a atividade da acetilcolinesterase, possibilitando a existência de uma maior quantidade de acetilcolina e a melhoria da atividade cerebral.

2. Adicionalmente, a Ashwagandha reduz os níveis de cortisol, uma hormona que quando está em contrações muito elevadas pode prejudicar o rendimento mental e afetar as conexões entre neurónios, levando à degeneração e à perda de concentração, atenção e memória.

3. Por fim, esta plana aumenta também a concentração de enzimas antioxidantes do cérebro e protege os neurónios contra a ação e destruição pelos radicais livres.

3. Aumenta os níveis de hormona tiroideia T4

hipotiroidismo

Devido à sua capacidade de aumentar os níveis de hormona T4, a Ashwagandha pode ser eficaz no tratamento de hipotiroidismo. Exerce também um estímulo indireto à glândula tiroidea, por se tratar de um poderoso antioxidante.

4. Fortalece o sistema imunitário

Vários estudos demonstraram que o extrato da raiz de Ashwagandha aumentou a quantidade de leucócitos (glóbulos brancos) e a atividade dos fagócitos, o que conduziu a uma melhor resposta do sistema imunitário.

5. Previne a dislipidemia

previne doenças cardiovasculares

Esta planta parece reduzir os níveis de triglicerídeos e de colesterol LDL (mau colesterol), aumentando simultaneamente a síntese de HDL (bom colesterol).

Ao favorecer estes marcadores, ajuda a prevenir doenças cardiovasculares.

6. Ação Anti-cancerígena

Os whitanolideos que constituem a Ashwagandha demonstraram uma melhoria da sensibilidade das células vivas à ação nociva das radiações, favorecendo o combate a tumores malignos.

Estes compostos parecem ainda possuir a capacidade de retardar o desenvolvimento do carcinoma da faringe, da mama e de outras neoplasias, através da redução da glutationa que protege as células malignas da ação dos radicais livres.

7. Aumenta os níveis de hemoglobina

hemoglobina

O consumo de Ashwagandha elevou os níveis de hemoglobina (proteína responsável pelo transporte de oxigénio no sangue) e de eritrócitos (glóbulos vermelhos).

8. Propriedades Anti-inflamatórias

A ingestão de Ashwagandha parece reduzir consideravelmente a inflamação e atenuar todos os processos inflamatórios.

Devido ao seu poder anti-inflamatório esta planta é também utilizada no tratamento de doenças inflamatórias das articulações.

9. Reduz a gordura corporal

reduz massa corporal

Devido às propriedades anti-stress da Ashwagandha, a compulsão alimentar associada ao stress parece diminuir.

Além disso, este composto acelera o metabolismo e, consequentemente, a queima de massa gorda, assim como reduz os níveis de açúcar no sangue (glicemia).

10. Melhora o rendimento desportivo

A Ashwagandha aumenta a energia necessária para o aumento do rendimento físico e muscular. Além disso, pelo facto de aumentar o fornecimento de oxigénio aos tecidos, estimula a síntese e a atividade da óxido nítrico sintase, a enzima que produz óxido nítrico, um composto que promove a dilatação dos vasos.

Esta vasodilatação resultante melhora o fluxo sanguíneo e a oxigenação dos tecidos, levando a um aumento do rendimento.

Por outro lado, como a Ashwagandha reduz os níveis de cortisol, promove o aumento da testosterona, uma hormona importante para o aumento de massa muscular e rendimento, e que pode aliviar os sintomas de overtraining.

Por último, a Ashwagandha aumenta ainda a síntese de ATP, que é responsável pela produção de energia no organismo.

Dose diária recomendada


Recomenda-se uma ingestão de cerca de 300-600mg de extrato de Ashwagandha por dia, divididos em 2 tomas, antes do pequeno-almoço e antes do jantar.

Troque uma saída à noite por uma ida ao ginásio. Inscreva-se já no Solinca por apenas 3,99€ por semana!

Veja também:

Ler mais
Rita Lima Rita Lima

Rita Lima é nutricionista e trabalha, atualmente, nos ginásios Urban Fit de Ermesinde, Antas Prime Fitness e CulturaFit Club no Porto. Durante 2 anos colaborou no projeto Dragon Force do Futebol Clube do Porto e com o Boavista Futebol Clube. É licenciada em Ciências da Nutrição pela Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto e frequentou o Curso de Nutrição no Desporto na mesma faculdade.