As melhores dicas de depilação

As melhores dicas de depilação

6 Dicas uma depilação eficaz.

Saiba como conseguir uma depilação perfeita seguindo apenas 6 dicas simples! 

Seja qual for o método de depilação que prefere, há algumas dicas básicas que deve seguir para conseguir livrar-se dos pelos de forma eficaz e sem traumas para a sua pele. Ao cumprir estes cuidados, não só protege a sua pele do risco de alergias, manchas ou pelos encravados como simplifica o processo. 

6 Dicas para uma depilação sem falhas

 

1. Cuidados básicos

Antes de fazer a depilação, limpe a pele e, para evitar irritações, não exponha a pele a perfumes ou água do mar até 24 horas após a depilação. Se tem a pele com feridas, alergias, verrugas, inflamada  ou qualquer outra lesão, não faça a depilação nessas zonas.
 

2. Tomar um banho quente

A água quente ajuda a enfraquecer os folículos, amacia e relaxa a pele e os pelos. É uma boa ideia tomar um banho com água quente, cerca de 10 minutos antes de se depilar, para ajudar a extrair os pelos. Se o método de depilação permitir, o melhor será mesmo fazê-lo durante o banho. 
 

3. Esfoliar antes de depilar

A esfoliação é a melhor amiga da pele. Recomenda-se que esfolie a pele uma a duas vezes por semana, para remover células mortas, impurezas e assim conseguir uma pele mais luminosa e suave. Logo de seguida deve passar um hidratante. Por prevenir o aparecimento de pelos encravados, é recomendado que esfolie a pele no dia anterior à depilação.
 

4. Hidratar, hidratar, hidratar!

Independentemente do método de depilação da sua preferência, seja depilação com cera, creme, máquina depiladora ou lâmina, é essencial que hidrate bem a sua pele, porém, opte por hidratante sem álcool para não magoar a pele, causar manchas na zona depilada ou provocar alergias. Além disto, não é preciso lembrar que deve hidratar a pele diariamente, certo?
 

5. Cuidado com as partes íntimas!

A depilação total na zona genital tem cada vez mais adeptas, contudo, confirme com o médico se, no seu caso, é aconselhável. A mulheres mais sensíveis a infeções, pode não ser indicada a depilação total por perder a proteção contra fungos e bactérias que os pelos asseguram. Ademais, é preciso especial cuidado com os produtos e materiais usados, para prevenir doenças sexualmente transmissíveis ou alergias graves. 
 

6. Atenção às alergias

No que diz respeito aos cremes depilatórios, é preciso ter especial cuidado e seguir à risca as indicações da embalagem. Faça sempre um teste numa zona pequena e só depois use no resto do corpo.  Nunca, em circunstância alguma, deixe o creme na pele por mais tempo do que o indicado.

 

Veja também: