Artrose: causas, sintomas e tratamento

Apesar de não ter cura, a artrose é uma uma doença que pode ser controlada através de medicamentos e exercícios diários de estimulação.

Artrose: causas, sintomas e tratamento
Doença relacionada principalmente com o desgaste das articulações.

A artrose é uma doença que se caracteriza por uma degenaração nas articulações, provocando sintomas tais como rigidez e dor nas articulações e inchaço, assim como dificuldade dos movimentos.

Apesar de ser uma doença degenerativa crónica e de não ter uma cura, a artrose pode ser tratada e controlada através de medicamentos que são capazes de aliviar a dor e inflamação, e também através de exercícios diários de estimulação.

Como diagnosticar uma artrose? Quais os sintomas comuns?


dor na articulacao

O diagnóstico, que deve ser feito por um reumatologista ou ortopedista, consiste numa primeira fase por validar os sintomas habituais:

  • Dor na articulação;
  • Dificuldade na realização de movimentos;
  • Inchaço na articulação;
  • Rigidez na articulação.

Tendo validado estes sintomas, o médico faz o pedido de um exame de raio-x, podendo ser acompanhado por uma ressonância magnética para ajudar a confirmar o diagnóstico.

Causas do aparecimento de artrose


desgaste das articulacoes

Existem diversos fatores que podem levar ao aparecimento de artrose. Os mais comuns são:

  • Desgaste natural das articulações devido à idade;
  • Fraqueza no aparelho locomotor, mais concretamente na parte superior das pernas;
  • Desportos que sobrecarreguem certas articulações de uma forma repetitiva ou que exijam muitos movimentos de torção;
  • Trabalhos com esforço recorrente de algumas articulações;
  • Fraturas, torções ou outro tipo de traumatismo que afetem articulações;
  • Excesso de peso, pois provoca um maior desgaste nas articulações (principalmente nas pernas e coluna).

 

Como tratar uma artrose


analgesico e anti-inflamatorios

A artrose é um doença para a qual não existe atualmente uma cura. O seu tratamento consiste na utilização de medicamentos anti-inflamatórios e analgésicos, de forma a reduzir a dor e inflamação das articulações, e na prática exercícios e realização de fisioterapia e hidroterapia.

A fisioterapia e a prática de exercício devem ser realizados, na maioria dos casos, diariamente de forma a movimentar frequentemente a articulação em tratamento, melhorar o seu movimente e fortalecê-la. Nas sessões de fisioterapia também poderão ser usados aparelhos eletroestimuladores e ultra-sons de forma a estimular a articulação. diminuir a inflamação e consequentemente diminuir a dor.

Estando relacionada com o excesso de peso, os doentes deverão ser acompanhados de uma dieta dedicada de forma a que haja a redução do mesmo, pois este é um fator que contribui bastante para piorar a situação.

No caso de ser uma questão de postura(s) incorreta(s), deve ser feita uma correção (educando o doente a manter uma postura correta) de forma a melhorar significativamente a dor e contribuindo para uma melhora da qualidade de vida.

Como prevenir a artrose


boa postura

Como a melhor forma de tratamento é a prevenção, seguem algumas dicas do que pode fazer para evitar ou reduzir a probabilidade de vir a ter artrose:

  • Evitar o excesso de peso, pois todo o peso a mais estará a fazer com que force as suas articulações;
  • Manter sempre a postura mais correta;
  • Tentar evitar o levantamente excessivo de pesos;
  • Evitar exercícios muito repetitivos, especialmente se exigirem forças repentinas e torções;
  • Evitar trabalhos forçados.

 

Conclusão


Apesar de ser uma doença degenerativa crónica, não havendo uma cura para tal, existem medicamentos que ajudam a reduzir a inflamação, dor e mau estar, contribuindo assim para uma melhor qualidade de vida.

Ainda assim, a melhor forma de retardar ou evitar esta doença e através da prevenção. Excesso de peso e posturas incorretas, principalmente posições de longa duração (tal como trabalhar no computador) devem ser seriamente evitáveis, pois elas têm uma grande contribuição para o aparecimentos de artroses.

Veja também:

Enfª Isabel Silva Enfª Isabel Silva

Isabel Silva é enfermeira por paixão, licenciada pela Escola Superior de Enfermagem do Porto. Sempre quis seguir a área da saúde e acredita que a informação é uma ferramenta essencial para a saúde da população, e que cabe aos profissionais de saúde transmiti-la de forma relevante e fidedigna para que cada indivíduo seja capaz de tomar decisões importantes relativamente à sua saúde e ao seu bem-estar.