Artrite reumatoide: conheça melhor esta doença

A artrite reumatoide é uma doença crónica e progressiva que acarreta várias limitações. Conheça as suas manifestações e previna os seus efeitos o mais cedo possível.

Artrite reumatoide: conheça melhor esta doença
Estima-se que em Portugal existam cerca de 40 000 casos diagnosticados com esta doença.

A artrite reumatoide é uma doença autoimune que causa inflamação crónica das articulações. Doenças autoimunes são doenças que ocorrem quando os tecidos do corpo são erradamente atacados pelo próprio sistema imunitário. Este sistema contém uma organização complexa de células e anticorpos desenhados para procurar e destruir invasores do corpo, como vírus e bactérias. Pessoas com doenças autoimunes têm anticorpos que visam os seus próprios tecidos corporais, desencadeando processos inflamatórios.

As pequenas articulações das mãos e pés são geralmente as mais afetadas, mas a artrite reumatoide também pode afetar outros órgãos como os olhos, pele, pulmões, coração e vasos sanguíneos. À medida que a doença progride, outras articulações serão igualmente acometidas, como os pulsos, joelhos, tornozelo, cotovelos, ancas e ombros. Na maioria dos casos, os sintomas ocorrem nas mesmas articulações em ambos os lados do corpo, mas um padrão assimétrico poderá igualmente estar presente.

A causa da artrite reumatoide não é conhecida, mas pensa-se que as condições autoimunes têm uma influência familiar. No seu código genético podem estar presentes determinados genes que o tornam mais suscetível a fatores ambientais – como certos vírus e bactérias – que podem desencadear posteriormente a doença.

Artrite reumatoide: sinais e sintomas


artrite reumatoide sinais e sintomas

Os sinais e sintomas da artrite reumatoide podem variar de gravidade, podendo existir períodos de aumento da atividade da doença alternados com períodos de remissão relativa.

Plano de Saúde Grátis
Cuide da sua saúde. Obtenha consultas de clínica geral, medicina dentária e especialidade médicas gratuitas.Peça aqui o seu plano grátis.

A artrite reumatoide provoca dor articular, rigidez, inchaço e diminuição dos movimentos articulares. A rigidez na artrite reumatoide geralmente é mais severa durante a manhã, podendo durar uma ou duas horas (ou mesmo durante todo o dia). A rigidez prolongada pela manhã representa uma pista de que poderá sofrer desta doença, pois isso não é comum noutras condições, como por exemplo na osteoartrose.

Os sintomas precoces da artrite reumatoide podem ser subtis. Pode começar a notar, por exemplo, dificuldades nas tarefas simples da vida diária, como abrir portas e abrir frascos, dor ao caminhar, sobretudo depois de sair da cama.

Especificamente a artrite reumatoide ataca a membrana sinovial – uma fina membrana formada por tecido conjuntivo que reveste certas articulações e produz o líquido sinovial, responsável por manter a lubrificação das articulações. A inflamação constante endurecerá esta membrana, resultando eventualmente na destruição da cartilagem e erosão do osso dentro da articulação.

Os tendões e ligamentos que suportam a articulação, consequentemente, também enfraquecerão o que contribuirá para os danos e deformidades articulares. Tipicamente estes danos não podem ser revertidos.

Outros sintomas da artrite reumatoide podem incluir:

  • Febre;
  • Mancar;
  • Fadiga;
  • Anemia;
  • Perda de função articular;
  • Nódulos reumatoides;
  • Rubor e calor nas articulações;
  • Perda de apetite;
  • Perda de peso;
  • Perda de energia

 

Artrite reumatoide: tratamento


artrite reumatoide tratamento

Não existe cura para a artrite reumatoide. Os objetivos do tratamento passam essencialmente por reduzir a inflamação e a dor das articulações, maximizando a função e prevenindo a deformidade das mesmas. Dessa forma, a artrite reumatoide apresenta um melhor prognóstico quando diagnosticada precocemente, pois é possível iniciar de imediato o tratamento mais adequado.

O tratamento geralmente envolve uma combinação entre medicamentos, repouso, exercícios de fortalecimento articular, proteção articular e educação dos pacientes (e familiares). O tratamento é igualmente personalizado tendo em conta alguns fatores, como a atividade da doença, as articulações envolvidas, a saúde geral, idade e ocupação.

A terapia ocupacional irá também ajudá-lo a manter a independência nas atividades da vida diária através, por exemplo, do uso de dispositivos de tecnologia assistida que o ajudam a proteger e a evitar o stress nas articulações.

Em certos casos considera-se a realização de cirurgias. Se o dano já se encontra muito extenso existem cirurgias pensadas especificamente na reparação das articulações danificadas. A cirurgia pode ajudar a restaurar a sua capacidade de usar a articulação em questão, bem como reduzir a dor e corrigir deformidades.

Recomendações para aliviar os sintomas da artrite reumatoide


recomendacoes para aliviar os sintomas da artrite reumatoide

É importante ser fisicamente ativo na maioria das vezes, mas saiba dosear o nível de atividade, sobretudo quando a doença se encontra mais ativa. Repouse quando uma articulação está inflamada ou quando se sente cansado. Nesta fase concentre-se mais na realização de exercícios de movimento suave e alongamentos, pois ajudará na manutenção da flexibilidade das articulações.

Quando se sente melhor o ideal é praticar exercícios de baixo impacto, como por exemplo caminhar, hidroginástica e pilates. Para além de aumentar a força muscular, e assim reduzir a pressão sobre as articulações, isso melhorará a sua saúde em geral.

O Tai-Chi é uma terapia alternativa que pode ajudá-lo a gerir esta doença, pois envolve exercícios suaves e alongamentos combinados com uma respiração profunda. Procure um instrutor experiente, mas não faça movimentos que causem dor.

Descobrir que tem uma doença crónica também pode deixá-lo psicologicamente enfraquecido, com sentimentos depressivos ou de isolamento. Não hesite em procurar ajuda de um profissional na área da saúde mental, pois ele irá ajudá-lo a aceitar e a gerir a sua nova situação.

Cuide da sua saúde. Consiga aqui consultas de clínica geral, medicina dentária e especialidade médica gratuitas!

Veja também:

Ler mais
Ana Vicente Ana Vicente

Ana Vicente é fisioterapeuta, instrutora de pilates clínico e pós graduada em terapia assistida por animais no papel. Na realidade é apaixonada por pessoas, animais, palavras e pelas maravilhas da natureza. Motivada a deixar uma marca positiva no seu mundo e no dos outros, compromete-se a contribuir para o conhecimento e bem-estar das pessoas.