7 Passos para uma amamentação bem sucedida

Para uma amamentação bem sucedida, existem alguns passos fundamentais que a encorajam neste momento tão especial mas tão temido por algumas recém-mamãs.

7 Passos para uma amamentação bem sucedida
Saiba como pode enfrentar o medo da amamentação.

Qualquer mãe a amamentar ir-lhe-á dizer que a amamentação é uma das pedras angulares da recém-maternidade. Não se trata apenas de uma forma de alimentar o seu bebé com um dos alimentos mais nutritivos e milagrosos da natureza, também ajuda a si e ao seu bebé a unir-se física e emocionalmente e a continuar a relação simbiótica que começou durante a sua gravidez.

Embora nós, seres humanos, amamentemos os nossos bebés desde o início da humanidade, é uma habilidade que aprendemos e reaprendemos com cada bebé a que damos à luz.

7 Passos para uma amamentação bem sucedida


1. Gaste tempo com mães que amamentam

amamentacao bem sucedida e maes a amamentar

Nunca é muito cedo para aprender sobre a amamentação. Idealmente, enquanto crianças, teremos tido contacto regular com as nossas próprias mães, tias, familiares e amigas amamentando os seus bebés, embora este não seja sempre o caso.

Novidades Vertbaudet
Aproveite os melhores preços em roupas para pré-mamãs, bebés e crianças, brinquedos, puericultura e muito mais! Espreite já esta oportunidade.

Em adultos, antes de conceber e durante a gravidez, será útil observar outras mães segurando e alimentando os seus bebés para que ganhe a sensação de como o processo se desenrola.

Nas primeiras semanas, meses e anos da vida do seu filho, ter uma rede de apoio de outras mães que compartilhem ideias e abordagens semelhantes às suas pode ser inestimável.

2. Valorize o contacto pele-com-pele

contato bebe com mae

Hoje em dia, é sabido que o contacto pele-com-pele imediatamente após o nascimento e durante as primeiras horas e dias da vida do seu bebé traz numerosos benefícios para a saúde, o bem-estar e a ligação da mãe e da criança.

Além de ajudar a regular a temperatura e a respiração do bebé, a pele-com-pele estimula os reflexos de alimentação instintiva do bebé, ajudando-o a familiarizar-se com o cheiro e as formas da mãe. Este contacto próximo com o bebé serve de alavanca para que a mãe produza ocitocina e prolactina – as principais hormonas envolvidas nas produção e ejecção do leite materno.

Idealmente, assim que um bebé nascer, ele deve ser colocado no peito nu ou no abdómen da mãe. Aqui, o bebé ouvirá os batimentos cardíacos da mãe, ouvirá a voz que o acompanhava dentro do útero e, instintivamente, começará a procurar o mamilo. A sensação da pele da mãe contra a sua bochecha encorajará o bebé a abrir a boca, estender a língua para lamber, provar e explorar, segurando o peito para tomar a sua primeira refeição, o colostro – o líquido altamente nutritivo que a mãe produz nos primeiros dias após o nascimento.

Nos dias e semanas que seguem o parto, você e o seu bebé poderão passar o máximo de tempo em contacto pele-com-pele, como desejar. Na verdade, quanto mais for, melhor, dado que se trata de uma contribuição fundamental para estabelecer e consolidar a amamentação.

Coloque cobertores ao seu redor e do seu bebé para se manter confortável e quente Este contacto íntimo desempenha um papel importante no processo de ligação e pode ajudar a prevenir a depressão pós-parto ao promover a produção de ocitocina e prolactina no corpo da mãe.

3. Obtenha apoio na fase inicial

apoio na amamentacao

Embora a amamentação seja a atividade mais natural e comum a toda a vida dos mamíferos, pode requerer prática para se transformar numa sensação confortável e fácil.

Muitas mulheres desistem porque não recebem a informação e o apoio adequados no início do período, quando os desafios poderão surgir.

Você pode obter esse apoio da sua parteira ou organização local de amamentação (os chamados “Cantinhos de Amamentação”). Pode ser útil ter esses contactos em mãos antes de dar à luz para que a quem pode pedir ajuda.

Os amigos e a família também podem oferecer apoio emocional e prático, mas muitas vezes é útil obter informações ou orientações baseadas em evidências de alguém que tenha conhecimentos específicos nesta área.

Há também muitos recursos on-line, incluindo vídeos, que mostram como encorajar um bebé a sugar corretamente, o que pode ser um recurso importante ao qual poderá recorrer.

4. Siga os sinais do seu bebé

bebe a chorar com fome

A amamentação é sobre estabelecer um relacionamento receptivo e nutritivo com o seu bebé. Isso exige ficar atento às necessidades do seu bebé, observando os sinais e percebendo a sua comunicação.

Os bebés recém-nascidos passam a maior parte do tempo a dormir e só irão despertar principalmente para se alimentar, fazer xixi ou cocó, estando acordados por curtos períodos, os quais vão aumentando de duração à medida que crescem.

Você não precisa esperar pelo choro do seu bebé para saber que está com fome. Na verdade, é muito mais fácil alimentar um bebé descontraído do que aquele que está a chorar ou angustiado.

Pode perceber quando o seu bebé virar a cabeça, abrir a boca, mostrar a língua, sugar o punho ou, quando você o segura, balancear a cabeça para cima e para baixo à procura do peito. Todos estes são sinais de que o seu bebé poderá estar com fome. Ofereça-lhe o peito em qualquer momento quando se aperceber deste tipo de comportamento.

O estômago do seu bebé é aproximadamente do tamanho de uma noz ao nascer e o leite materno é a substância mais facilmente digerível para o sistema digestivo sensível e novo de um bebé. Será de esperar que irá dar mama pelo menos 8 a 12 vezes em cada período de 24 horas nos estágios iniciais da vida do seu bebé.

As mamadas noturnas são particularmente importantes pois, é durante estas horas que os seus níveis de prolactina são mais altos. Esta “hormona materna” é impulsionada cada vez que o seu bebé se alimenta durante a noite,  durante as primeiras semanas e ajuda a estabelecer o seu suprimento de leite a longo prazo.

Então, quando está aconchegada, a alimentar o seu bebé a meio da noite, lembre-se de que você não está a beneficiar o seu pequeno apenas nesse momento, mas também nos meses e anos vindouros.

Os bebés amamentados em livre demanda, ou seja, seguindo as suas necessidades e não de acordo com um horário pré-estabelecido, aprendem a auto-regular a sua ingestão. Através da sua alimentação, eles podem controlar a quantidade de leite que consomem e beneficiarão das diferentes qualidades do leite à medida que aumenta o teor de gordura ao longo da mamada.

Ao contrário de um regime em que oferece leite artificial de um biberão, durante a mamada você não poderá medir a quantidade que o seu bebé está a beber. O seu bebé ir-lhe-á mostrar que está obtendo o suficiente pelas suas fraldas húmidas e sujas e mostrando um ar de satisfação após cada maminha.

5. Procure encaixe e posicionamento

mae a posicionar o bebe para amamentar

Quando você e o seu bebé estão a aprender a amamentar, a chave para uma mamada eficaz e divertida é fazer com que o bebé se posicione e encaixe bem. Como ponto de partida, deverá encorajar o bebé a deitar-se com a barriga a tocar-lhe (de frente para si com todo o seu corpo e sem se torcer) e de frente para o seu mamilo, para que ele quase que o toque.

Alguns bebés vão encontrar o seu caminho facilmente e abrirão as suas bocas e sugarão de imediato. Outros precisarão de mais apoio e incentivo. Se o seu bebé necessitar de um pouco mais de ajuda, você pode fazer o seguinte:

Apoie o bebé atrás dos ombros com a mão oposta do peito que você está a oferecer. Não segure a cabeça ou o pescoço do bebé pois estes devem manter-se livres para que o bebé os possa mover.

Segure o bebé perto de si, com o nariz perto do seu mamilo. Assim que o bebé sentir o mamilo nos nariz e lábio superior, ele provavelmente começará instintivamente a abrir a boca. Quando você vir a boca aberta, puxe o bebé para muito perto do seu corpo. É bom que o queixo do bebé entre em contacto com o tecido mamário primeiro e, em seguida, o lábio superior se aproxime do mamilo. O bebé tomará uma grande parte do tecido mamário. Apenas uma pequena parte da auréola (área escura ao redor do mamilo) deverá permanecer visível.

No início provavelmente verá o seu bebé fazer movimentos rápidos e vibrantes com a boca, isto é, para estimular o fornecimento de leite.
Uma vez que o seu leite começar a fluir mais rapidamente, o bebé irá começar a fazer movimentos maiores, mais lentos e estáveis com a mandíbula. As orelhas vão-se mover um pouco enquanto você o vê a engolir.

Note que, durante os primeiros dias pós-parto, você poderá não ver o seu bebé a efetuar movimentos de engolir notáveis, pois, o colostro é produzido apenas em pequenas quantidades.

Se você sentir dor ou desconforto quando o seu bebé estiver a mamar e tal não se acalmar durante a mamada, tente novamente. Liberte-se da sucção, inserindo o seu dedo mindinho no canto da boca do bebé e reposicionando-se, para que o bebé possa começar novamente.

Vale a pena tentar algumas vezes até que ele se sinta confortável e aprenda a alimentar-se eficazmente.

6. Arranje apoio dos amigos e familiares

pai a apoiar mae a amamentar

Ter o apoio emocional e prático de seus amigos e familiares íntimos poderá realmente ajudar, principalmente enquanto você e o seu bebé estão a conectar-se nesta nova habilidade.

Os primeiros dias da maternidade são um momento vulnerável para qualquer mãe recente e, embora de modo bem intencionado, a família e os amigos podem questionar as suas abordagens e escolhas.

Como tal, é essencial estar bem informada sobre os benefícios da amamentação para que você possa responder positivamente a qualquer atitude negativa ou desatualizada que possa prejudicar a sua decisão de amamentar.

Você e o seu parceiro poderão aplicar algum tempo durante a sua gravidez a desenvolver a sua compreensão em relação ao valor incomensurável da amamentação para si e o seu bebé.

7. Desfrute este tempo precioso

mae desfruta do seu bebe

O período da infância é curto e muito doce. Desfrute do seu tempo para segurar, acariciar e olhar para o seu bebé e aproveitar ao máximo esse momento incrível na sua vida juntos.

Segurar o seu bebé nos seus braços e vê-lo a alimentar-se, é uma experiência maravilhosa e inigualável. Esteja presente e desfrute de cada mamada com o seu filho, tomando consciência de que você está a oferecer-lhe o alimento mais natural para o seu corpo em crescimento.

Novidades Vertbaudet: roupinhas pré-mamã, bebé e criança aos melhores preços. Veja tudo aqui!

Veja também:

Ler mais
Roshnii Rose Roshnii Rose

Mãe de 3 filhos nascidos em casa, os quais ensina em regime doméstico. É apaixonada por gravidez consciente, parto, amamentação e a viagem evolutiva de parentalidade. Originalmente do Reino Unido, Roshnii trabalha como doula em Portugal e juntou-se ao movimento de ativismo do nascimento, Uma Mãe Nasceu, para ajudar a conscientizar os direitos das mulheres no parto e compartilhar informações sobre o nascimento fisiológico.