Alimentos que não devem ser misturados

Alimentos que não devem ser misturados

Saiba quais e porquê!

Uma pista: não tem nada a ver com o sabor. Estes alimentos não devem ser misturados devido às suas características químicas. Curioso?
 

Da próxima vez que preparar uma refeição certamente vai estar mais atento. É que ao contrário do que muito provavelmente pensava há alimentos que não devem ser misturados. E não tem nada a ver com o sabor ou com o facto de “ligarem” ou não bem entre si. Confuso? Nós explicamos.

Se em certos casos, ao combinar certos alimentos vai estar a potenciar as suas qualidades e benefícios para o organismo; noutros, quando mistura determinados alimentos, por mais nutritivos que possam ser, se combinados acabam por anular as suas propriedades.

Cada alimento tem as suas propriedades e diferentes componentes. Esses componentes podem, quando combinados, anular-se mutuamente, podendo causar, por exemplo, dificuldades na digestão ou dificuldade na absorção de nutrientes. Se quer tirar todo o partido dos seus alimentos aqui ficam algumas misturas que vai querer evitar.


3 Combinações a evitar


 

1. Bebidas alcoólicas e alimentos ricos em vitaminas A, D, E

Tudo para manter a forma
Tenha acesso às melhores dicas de nutrição! Receba já conteúdo exclusivo!
Os efeitos do excesso de consumo de bebidas alcoólicas são bem conhecidos e um deles está relacionado com a dificuldade de absorção de certos nutrientes, nomeadamente de vitaminas A, D e E.

A ingestão excessiva de álcool inibe a absorção de gorduras, que por sua vez são essenciais no processo de absorção de vitaminas lipossolúveis (A, D e E). 

Os alimentos ricos em vitamina A incluem vegetais de folha escura, brócolos, pêssego e kiwi, por exemplo; a vitamina D está presente na gema do ovo e peixes gordos; óleos vegetais, sementes e frutos secos são exemplos de alimentos ricos em vitamina E.

Claro que não significa que não possa beber um copo de vinho a acompanhar a sua refeição, mas deve ter cuidado com os excessos e, se possível, evitar a sua combinação com estes alimentos.
 
 


2. Cálcio e alimentos ricos em oxalatos  

Se é amante de massas recheadas com espinafres e queijo, saiba que esta pode não ser a melhor opção. Tudo porque os espinafres são ricos em oxalato, uma substância que reduz a absorção intestinal de cálcio pelo organismo, devendo por isso, evitar misturar-se com queijo, por exemplo.

Mas quem diz espinafres, diz também acelgas, agrião ou beterraba, também eles ricos em oxalato, que devem evitar ser consumidos na mesma refeição em que ingira leite ou derivados.
 
 


3. Alimentos ricos em ferro com chás ou café

Chás (como a camomila ou menta, ricos em tanina) ou café não devem ser misturados com alimentos ricos em ferro (como carne, frutos secos ou leguminosas, por exemplo). Isto porque as bebidas mencionadas possuem polifenóis antioxidantes que interferem com a absorção do ferro. 
 
Saiba as melhores dicas para ficar em forma !



Veja também: