Alcachofra: benefícios nutricionais

Alcachofra: benefícios nutricionais

Os benefícios da alcachofra estão a revolucionar o mundo da medicina natural.

Descubra quais são os benefícios da alcachofra e como esta o pode ajudar a diminuir de peso e a tratar alguns problemas de saúde.

A alcachofra é uma planta europeia das regiões do mediterrâneo, sendo cultivada também um pouco por todo o Mundo, como na Ásia menor e na América do Sul.

Os benefícios da alcachofra são muitos e variados, sendo que esta possui excelentes propriedades nutritivas e já adquiriu uma boa fama na área da medicina natural.

A alcachofra pode ser usada em problemas hepáticos, como forma de promover o emagrecimento e como prevenção do cancro.

É também possível encontrar na alcachofra grandes quantidades de vitaminas A, B, C, e minerais como o cobre, enxofre, iodo, cálcio, ferro, fósforo, potássio, sódio, zinco e manganês.

Tudo para manter a forma
Tenha acesso às melhores dicas de nutrição! Receba já conteúdo exclusivo!

A forma mais comum de encontrar a alcachofra é ao natural. Para ter a certeza de que a alcachofra está boa para o consumo, deve segurá-la pelo talo e sacudi-la suavemente.

Se esta estiver flexível, significa que já está madura, se as folhas estiverem abertas ou se a parte interna das folhas estiver com uma cor acastanhada, indica que já passou da altura de consumo.
 
 

Benefícios da alcachofra


emagrecer


1. Emagrecimento

A alcachofra não possui nenhuma propriedade específica que faça emagrecer, mas participa de forma indireta no processo de emagrecimento de diferentes formas.

Ao favorecer o bom funcionamento dos órgãos digestivos e excretores, a alcachofra auxilia nos regimes de perda de peso.

Adicionalmente, ao aumentar a secreção gástrica e a formação e escoamento da bílis, que faz parte do processo de metabolização da gordura, a alcachofra permite que a gordura seja metabolizada mais eficientemente, diminuindo a sua acumulação.

A capacidade de desintoxicação da alcachofra não só auxilia no bom funcionamento do organismo, como também acelera o metabolismo.
 
 


2. Diurética

Um dos principais benefícios da alcachofra é a sua propriedade diurética. Esta leva a uma eliminação dos líquidos em excesso, o que, por sua vez, diminui o inchaço e, consequentemente, reduz as medidas.

A ação diurética auxilia também na eliminação de ureia e de substâncias tóxicas decorrentes do metabolismo celular, conferindo assim à alcachofra uma ação depurativa também associada.

Todo este processo estimula o funcionamento dos rins, daí ser essencial ter a função renal intacta aquando da toma qualquer suplemento alimentar com efeito diurético.
 
 


3. Rica em antioxidantes

Um estudo feito pelo USDA descobriu que as alcachofras têm mais antioxidantes do que qualquer outro vegetal.

Adicionalmente, em outro estudo que avalia os níveis antioxidantes de 1000 alimentos diferentes, a alcachofra aparece no sétimo lugar da lista. Alguns dos poderosos antioxidantes presente nas alcachofras são as antocianinas e a silimarina.
 
 


4. Prevenção do cancro

Resultados de estudos feitos com extrato da folha a alcachofra refere que esta induz a apoptose (morte celular) e reduz a proliferação celular em muitas formas diferentes de cancro, incluindo cancro da próstata, leucemia e cancro de mama.

Um estudo italiano também descobriu que uma dieta rica em flavonoides, um composto presente na alcachofra, reduz o risco de cancro de mama.
 
 


5. Benéfica para o fígado

Desde a antiguidade que as alcachofras têm sido muito utilizadas na medicina alternativa para o tratamento de problemas hepáticos.

Os benefícios da alcachofra para o fígado são conhecidos e existem graças a antioxidantes como a cinarina e a silimarina.

Alguns estudos relatam que estes antioxidantes conseguem até regenerar o tecido hepático.

Efetivamente, não existem dúvidas que a cinarina diminui significativamente o colesterol e apresenta propriedades hepatoprotetoras.

Adiconalmente, estes também promovem o efeito colerético e colagogo, ou seja, a produção e libertação de bílis.
 
 


6. Melhora a digestão

As alcachofras contêm a cinaropicrina, o componente responsável pelo seu sabor amargo e que ajuda o funcionamento do sistema digestivo, uma vez que aumenta a secreção gástrica.
 
 


7. Rico em fibras

Uma grande alcachofra contém um quarto da ingestão diária recomendada de fibras. A alcachofra pequena tem mais fibra do que uma chávena de ameixas.

Deste modo, além de proporcionar a sensação de saciedade, a fibra ajuda a regularizar a função intestinal, devido ao efeito laxante natural, sem irritar a mucosa intestinal.
 


Como pode ser ingerida?


cha de alcachofra
Encontrada fresca ou em conserva, a alcachofra apresenta um sabor amargo e pode ser servida fria ou quente, com as folhas ou apenas o coração.

Esta pode ser cozida, grelhada, assada ou preparada ao vapor após retirar a parte espinhosa superior e as pontas das folhas. A alcachofra também pode ser consumida como aperitivo, em saladas, em massas e chá.

Deste modo, existem muitas formas de aproveitar os benefícios da alcachofra. Contudo, enquanto a parte favorita de muitas pessoas é o coração, são as folhas que contêm a maior parte das suas poderosas propriedades para a saúde.

O chá de alcachofra (Cynara scolymus) é um chá de efeito diurético, estimulante da vesícula biliar e ativador da digestão.



Preparação de Chá de alcachofra:

  1. Uma colher de sobremesa (2g) de folhas de alcachofra;
  2. 150ml (uma chávena de chá) de água;
  3. Ferva a água e desligue o fogo. Adicione as folhas de alcachofra e deixe descansar por alguns minutos, até obter uma infusão. Pode adicional mel, se assim o desejar.
As folhas de alcachofra podem ser encontradas à venda em casas de chás e lojas de produtos naturais.

A alcachofra também pode ser consumida em forma de cápsula. Segundo especialistas, as cápsulas apresentam propriedades semelhantes às da alcachofra em natureza. Podem ser encontradas em farmácias e em lojas de produtos naturais.

A posologia usual é duas cápsulas, três vezes por dia, após as refeições principais.

É importante lembrar que para fazer qualquer tratamento com suplementos alimentares é aconselhável consultar um nutricionista ou dietista para receber orientações específicas para o seu caso.

 

Contraindicações


Apesar de todos os benefícios citados acima, a alcachofra não deve ser ingerida sem consultar um profissional de nutrição, para averiguar se não tem nenhuma contraindicação ao seu consumo.

Quem possuir alguma obstrução no ducto biliar ou for propenso a desenvolver alergias não deve ingerir alcachofra. Já as grávidas e lactantes também devem evitar este alimento, pois pode levar à redução da secreção láctea.

Adicionalmente, quem sofre de azia ou tem problemas de hiperacidez estomacal também deve evitar a alcachofra.

Saiba as melhores dicas para ficar em forma !

 

Veja também: