Como acelerar o trabalho de parto

Como acelerar o trabalho de parto

5 Dicas que a irão ajudar

Saber como acelerar o trabalho de parto, vai ajudá-la a ter um parto menos doloroso e mais tranquilo. Neste artigo vamos dar-lhe 5 dicas fundamentais.

Acelerar o trabalho de parto de forma natural é mais simples do que pode imaginar.

As dicas que se seguem são fáceis de manter e, na sua maioria, sem custos acrescidos para o orçamento familiar. Para além disso ainda a podem deixar mais tranquila.

Todas as dicas só funcionam se o colo do útero estiver já em processo de amadurecimento. Isto quer dizer que todas as elas são aconselhadas ao longo de uma gravidez saudável e normal.

Em caso de gravidez de risco, terá sempre de seguir à risca as indicações do médico que a acompanha.

5 Formas de acelerar o trabalho de parto


gravida a relaxar


1. Movimente-se

Seja em caminhadas, natação, ioga ou, mesmo, a fazer as tarefas de casa, é importante que se movimente. Ao exercitar os músculos em volta do útero, irá estimular o início das contrações e, desta forma, acelerar o trabalho de parto.

Tome nota:
A ligação que existe entre uma mãe e um filho é a mais poderosa! Receba já todas as dicas para si e o seu bebé.
Para além disso, o exercício físico é importante ao longo de toda a gravidez, pois permite que a mulher se mantenha ativa e também poderá ser uma excelente ajuda para a recuperação pós-parto.

É mais fácil recuperar a forma física se não estiver completamente parada durante nove meses.
 
 


2.  Tenha relações sexuais

As relações sexuais ajudam a acelerar o trabalho de parto de três formas:
 
  • os orgasmos provocam o estímulo uterino;
  • a libertação de ocitocina provocada pelo orgasmo irá permitir que as contrações comecem mais rapidamente, pois esta hormona esta hormona é responsável pela contração do útero;
  • a prostaglandina, hormona contida no sémen, quando associada ao esforço do ato sexual também é um forte estímulo à contração do útero, mas apenas nesta fase final da gravidez, em que o colo do útero se encontra já em processo de amadurecimento. 

No caso de já ter havido a rutura das águas, as relações sexuais são desaconselhadas pois poderão dar lugar a infeções.
 
 


3. Relaxe

A utilização de técnicas de relaxamento é importante para acelerar o trabalho de parto. A dor está naturalmente presente no parto, embora o grau de dor seja diferente de mulher para mulher, pois depende da capacidade de tolerância à dor de cada uma.

A reação natural da mulher será criar tensão no corpo, o que irá intensificar ainda mais a dor.

Ao aprender técnicas de relaxamento e, claro, ao aplicá-las no devido momento, irá não só ajudar o corpo a relaxar, como também a reduzir a dor que sente.
 
 


4. Aqueça-se

A medicina chinesa defende que a mulher, para entrar em trabalho de parto, precisa de estar rodeada de calor. Talvez por isso, haja quem aconselhe a mulher grávida a comer alimentos picantes para acelerar o trabalho do parto, mas isto não está cientificamente provado. 

Um banho quente, mas não excessivamente quente, irá permitir que os músculos relaxem, que a mulher descontraia e que a circulação sanguínea melhore. Todos estes fatores em conjunto, poderão permitir acelerar o trabalho de parto.
 
 


5. Faça acunpuntura

As técnicas de acunpuntura são reconhecidas como eficazes no tratamento de diversos problemas de saúde. Também na fase final da gravidez, é aconselhada.

As agulhas quando colocadas em pontos específicos do corpo da mulher grávida irão ajudar a reduzir o tempo do parto. No entanto, deve procurar um médico já com experiência com grávidas.

Naturalmente, no caso da mulher querer fazer acunpuntura ao longo de todo o tempo de gravidez, deverá consultar o seu médico, pois os pontos onde são colocadas as agulhas não serão os mesmo onde as colocarão para acelerar o trabalho de parto.

Ter em mente as dicas que aqui deixamos e colocá-las em prática, irá permitir que o trabalho de parto seja mais curto e não tão doloroso.

Receba aqui as melhores novidades para si e para o seu bebé

 

Veja também: